Bilhetes, cartões e tarifas - EMTU

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

BOM - Bilhete Ônibus Metropolitano

Bom.jpg

O que é: o BOM (Bilhete Ônibus Metropolitano) é um bilhete eletrônico que opera nas linhas de ônibus intermunicipais dos 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo.

Atuação: além de atender os clientes que utilizam os ônibus metropolitanos da Região Metropolitana de São Paulo, o BOM também atende os clientes urbanos de 8 cidades da RMSP (Cotia, Taboão da Serra, Ferraz de Vasconcelos, Poá, Mairiporã, São Caetano do Sul, Rio Grande da Serra e Carapicuíba).

Benefício: com o Cartão BOM, o cliente tem acesso, através de um cartão único, a toda uma grande operação, que envolve cerca de 5.000 ônibus intermunicipais em circulação diária na RMSP, o que representa o 3º maior sistema de transporte por ônibus do país, atrás apenas de cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

Números: existem cerca de 2 milhões de Cartões BOM em circulação.

Integração do Cartão BOM (Bilhete Ônibus Metropolitano) com a CPTM/Metrô

Atualizado em: 06 de novembro de 2014
Comum.jpg
Valetransporte.jpg

O que é: integração do cartão metropolitano BOM nas estações do Metrô e da CPTM.

Benefícios: a iniciativa da Secretaria dos Transportes Metropolitanos de permitir que o cartão BOM (Bilhete do Ônibus Metropolitano) seja utilizado nos trens da CPTM e no Metrô beneficiou cerca de 900 mil usuários desde dezembro de 2011. Essa integração garante aos usuários mais agilidade entre as viagens e faz com que aqueles que utilizam os ônibus da EMTU não precisem comprar bilhetes individuais do Metrô e da CPTM, evitando filas.

Investimento:foram aproximadamente R$ 38 milhões de investimentos em adaptação e adequação das estações e instalação hardware e software para integrar os sistemas da EMTU, CPTM e Metrô.

Estações: Todas as estações do Metrô e da CPTM estão integrados com o Cartão BOM.

Números alcançados: Existem 3,8 milhões de cartões Bom ativo, sendo que 2,7 milhões (VT+COMUM+EMPRESARIAL) de cartões têm a integração tarifária com ônibus intermunicipais, CPTM e Metrô. Desde a implantação (30/08/2014) até 16/11/2014, foram contabilizadas mais de 9 milhões de viagens utilizando a integração, o que representa 13,3% do total de viagens durante o período.


Cartão BOM Comum

Comum.jpg

O que é: é um cartão utilizado nas linhas intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo e nas linhas municipais que aderiram ao Sistema BOM. Em breve, estará também em funcionamento nos metrôs e nas estações da CPTM. No momento, a estação do metrô da Barra Funda e a estação de trem Grajaú iniciaram a integração com o cartão.

Como funciona: o cartão poderá ser utilizado em até 20 vezes, independente do tempo de reutilização e o valor da tarifa é variado conforme cada linha intermunicipal.

Cartão BOM Sênior

Senior.jpg

O que é: cartão concedido aos cidadãos com idade igual ou superior a 65 anos, que garante a gratuidade nas linhas intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo.

Como funciona: com esse cartão, o usuário realizará o embarque pela porta dianteira do ônibus e ao aproximar o cartão do validador passará pela catraca e desembarcará pela porta traseira do veículo, permitindo assim ao passageiro mais opções de lugares no ônibus.

Cartão BOM Empresarial

Empresarial.jpg

O que é: trata-se de um cartão destinado às empresas que demandam por um cartão que não esteja vinculado ao usuário. É ideal para situações definidas como "utilizações corporativas", incluindo mão de obra temporária, prestadores de serviços, mensageiros, equipes de vendas etc.

Benefício: com esse cartão, a empresa tem segurança e comodidade nos deslocamentos pela Região Metropolitana de São Paulo e tem à disposição o serviço de recarga a bordo.

Como funciona: toda pessoa jurídica poderá solicitar o cartão, através do site www.cartaobom.net. A emissão da primeira via é de R$ 9,00 por cartão e a empresa poderá acompanhar, através do site, o extrato de cada cartão, assim mantendo o controle de crédito em cada cartão. O valor mínimo de crédito é de R$ 50,00 e o máximo R$ 650,00.

Cartão BOM Vale – Transporte

Valetransporte.jpg

O que é: é o cartão concedido pelo empregador aos seus colaboradores que armazena créditos para utilização em linhas intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo, bem como em outros sistemas de transporte que tenham aderido as regras do Cartão BOM. Em breve, estará também em funcionamento nos metrôs e nas estações da CPTM. No momento, a estação do Metrô da Barra Funda e a estação de Grajaú iniciaram a integração com o cartão.

Como funciona: o empregador emite pedido de crédito a Autopass para seus colaboradores, que por sua vez farão a carga dos créditos em seus cartões no validador instalado junto à catraca dentro dos ônibus. Em caso de perda ou roubo do cartão, os créditos poderão ser recuperados após o cancelamento.

Cartão BOM – Escolar

Escolar.jpg

O que é: o cartão é destinado aos alunos e professores que utilizam as linhas intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo, com o desconto de 50% do valor da tarifa. Exceto nas Linhas ABD que utilizam somente bilhetes magnéticos.

Como funciona: a Instituição de Ensino cadastra os alunos e os professores interessados em adquirir o cartão no site www.emtu.sp.gov.br/passe. É preenchido o formulário de aquisição e pago uma taxa de R$ 13,65. O cartão é retirado na própria Instituição de Ensino.

Os alunos e os professores têm o direito a uma cota de 50 viagens nos meses de fevereiro a junho e agosto a novembro e de uma cota de 30 viagens no mês de dezembro.

Cartão BOM Especial

Especial.jpg

O que é: o cartão concedido às Pessoas com Deficiência Física, cuja gravidade comprometa sua capacidade de trabalho, bem como aos menores de 16 anos com deficiência, conforme legislação vigente, garantindo assim isenção do pagamento de tarifa nas linhas intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo.

Como funciona: com o BOM Especial o usuário realizará o embarque pela porta dianteira do ônibus e ao aproximar o cartão do validador, passará pela catraca e desembarcará pela porta traseira do veículo. O cadastro do Cartão BOM Especial é feito nos postos de cadastramento da EMTU, concedendo até dois acompanhantes com o mesmo benefício do titular do cartão - válido apenas para um acompanhante por vez.

Cartão BOM Municipal

Municipal.jpg

O que é: o cartão BOM Municipal é destinado aos municípios que aderiram ao Sistema do Cartão BOM, que demandam de um ou mais tipos de cartões onde as regras de utilização sejam diferentes dos tipos existentes. Ele garante mais mobilidade aos que efetuam o pagamento em dinheiro e que utilizam as linhas municipais da sua cidade.

  • Cartão BOM Municipal Escolar

O que é: o BOM Municipal Escolar é o cartão concedido aos alunos e professores dentro das regras para a concessão do benefício de acordo com a legislação vigente, que dá direito ao desconto de 50% no pagamento da tarifa nas linhas municipais de ônibus do município de Ribeirão Pires.

  • Cartão BOM Municipal Prefeitura

O que é:o BOM Municipal Prefeitura é o cartão concedido aos funcionários da prefeitura de Ribeirão Pires, que dá direito ao desconto de 50% no pagamento da tarifa nas linhas municipais de ônibus do município de Ribeirão Pires.

Bilhetes EMTU

Bilheteemtu.jpg
Bilheteemtu1.jpg
Bilheteemtu2.jpg

Concessionária Metra: os ônibus da concessionária Metra, que operam no Corredor ABD (São Mateus-Jabaquara) e na Extensão Diadema – São Paulo (Morumbi – Berrini) precisam de um bilhete especial para que o passageiro consiga embarcar, popularmente conhecido como Bilhete EMTU/SP. A partir do dia 02 de janeiro de 2012, a Concessionária Metra começou a aceitar o cartão BOM. O bilhete magnético continuará em funcionamento por tempo indeterminado.

Esse bilhete magnético é vendido em todos os Terminais Metropolitanos por onde os ônibus que circulam no Corredor ABD e na Extensão Diadema – São Paulo passam, além de pontos específicos de venda divulgados em todas os pontos de parada.

Bilhete Vale-Transporte na Região Metropolitana de Campinas

Vtcampinas.jpg

A EMTU emite e distribui o Vale-Transporte na Região Metropolitana de Campinas (RMC) para todo o Transporte Metropolitano Intermunicipal.

Como funciona: através do site da EMTU é efetuado o pedidos de vale-transporte e a retirada é feita diretamente na EMTU.

Carteira de Identificação do Passageiro Especial (CIPES)

O que é: é destinado às pessoas com deficiência que utilizam as linhas de ônibus intermunicipais, de característica comum, nas Regiões Metropolitanas de Campinas e da Baixada Santista.

Como funciona: para se cadastrar, o interessado deve procurar uma das Unidades de Saúde do SUS, devidamente credenciadas pelas Secretarias de Saúde dos municípios. Na Unidade de Saúde, o usuário será avaliado por equipe multiprofissional de saúde, que emitirá laudo médico conclusivo padronizado, com selo de autenticidade, regulamentado por Resolução Conjunta das Secretarias de Transportes Metropolitanos e Saúde.

A validade do benefício é de 24, 12 ou 6 meses, dependendo da Classificação Internacional de Doença – CID.

Ver também

Links externos