Centro de Referência do Idoso

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar
Atualizado em: 16 de julho de 2012

O que é: espaços de uso exclusivo para maiores de 60 anos, que oferecem atendimento médico ambulatorial e espaços de convivência. Visando promover a integração de quem chega à maturidade, os CRIs disponibilizam, além de atendimento médico, atividades culturais e educacionais que têm como objetivo reinserir o idoso e fortalecer sua rede de convívio social.

Parcerias: em parceria com a Congregação Santa Catarina e a comunidade, o Governo equipa e mantém os centros e oferece cursos e atendimento médico para os idosos. A meta é instalar outros quatro CRIs no Estado.

Como funciona: oferecem atendimento médico especializado, atividades culturais e socializantes. Os Centros de Referência do Idoso (CRIs) fazem parte do Sistema Único de Saúde, por esta razão, para ser atendido no CRI é preciso ter o encaminhamento prévio do clínico geral da Unidade Básica de Saúde (UBS). A partir deste encaminhamento é que a consulta é marcada e o paciente atendido no CRI. No dia da consulta é importante levar RG, CPF e comprovante de residência.

Participação nas atividades culturais: para participar das atividades recreativas e culturais do Centro de Convivência é preciso ir até o local ou se informar por telefone a respeito de vagas disponíveis e se inscrever.

Investimento: em 2013, o programa terá investimento de R$ 89,8 milhões em equipamentos de atendimento ao idoso em todo o Estado.

Unidades existentes - CRI

Atualizado em: 5 de dezembro de 2012

Nos dois CRI's existentes (em São Miguel Paulista e na Zona Norte, na Capital), além das ações tradicionais de atenção à saúde, estão disponíveis espaços destinados à assistência social, oficinas, lazer, apoio familiar e Infocentro. Todos os serviços oferecidos são gratuitos, sendo que a única exigência para acesso é ter 60 anos ou mais e ter acompanhamento prévio por médico da UBS mais próxima de residência.

  • CRI São Miguel Paulista: Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra (Praça do Forró), nº 34 - São Miguel Paulista (11) 2030-4000

Quando foi criado: outubro de 2001

Média de atendimentos/ano: 162 mil

Área de abrangência: Ponte Rasa, Ermelino Matarazzo, Vila Jacuí, São Miguel Paulista, Jd. Helena, Vila Curuça e Itaim Paulista.

O que oferece: na área médica é oferecido atendimento em: geriatria, ortopedia, oftalmologia, ginecologia, cardiologia, psiquiatria, urologia, neurologia, odontologia (colocação de prótese dentária), psicologia e audiometria, além de setores com terapia ocupacional e assistência social. Na área destinada ao lazer e à cultura o CRI conta com sala de leitura, coral, pintura, crochê, cursos e o tradicional baile da terceira idade, que acontece todas as sextas, às 14h. Horário de Funcionamento: de 2ª a 6ª, das 7h às 19h


Status: em 30/11/12, o governador Geraldo Alckmin liberou R$ 1,4 milhão para a ampliação do Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia, na zona leste da Capital.

O Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia, ou Centro de Referência do Idoso (CRI) da Zona Leste, irá dobrar sua capacidade de atendimento médico, de convivência e lazer para a população com 60 ou anos ou mais.

Os recursos extras para aquisição de dois terrenos vizinhos, com área total de 1,6 mil m², serão utilizados no projeto de ampliação física do IPGG.

- Haverá expansão do setor de convivência, construção de quadra poliesportiva, piscinas para reabilitação e prática de atividades físicas desenvolvidas para os idosos, salas de ginástica, ateliês para oficinas culturais e artesanato, além do aumento no número de consultórios e salas de atendimento.

Após a compra dos terrenos, será elaborado o projeto executivo para lançamento de edital.

Previsão de início das obras: 2º semestre/2013, com prazo de entrega de 12 meses.

O IPGG Leste conta com uma equipe com 243 funcionários, entre médicos, enfermeiros, dentistas, assistentes sociais, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, nutricionais e educadores físicos.

Por mês, são realizados 25 mil atendimentos, das quais 2,4 mil consultas médicas em especialidades como cardiologia, geriatria, ortopedia, clínica médica e psiquiatria, para os idosos moradores da zona leste da capital.

Outras 10,2 mil consultas não médicas (serviço social, enfermagem, psicologia) e 1,4 mil exames laboratoriais também são oferecidas mensalmente. Já no Centro de Convivência, são atendidos oito mil idosos participantes de atividades esportivas, sociais, recreativas e oficinas de geração de renda e promoção à saúde.

Custeio do IPGG Leste (2012): R$ 1,6 milhão


IPGG

O Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia “José Ermírio de Moraes” conta com 40 mil prontuários ativos de pacientes da região de Itaim Paulista, São Miguel Paulista e Ermelino Matarazzo.

Entre suas principais atividades estão o atendimento especializado ao idoso em diversas especialidades médicas, odontológicas, exames de imagem, reabilitação física e psicossocial, atendimento domiciliar, inclusão digital, alfabetização, educação física, esportes adaptados, oficinas culturais e de artesanato diversos, ações intergeracionais, bailes e passeios culturais.

O IPGG é bem avaliado pela população. Pesquisa de satisfação promovida entre seus usuários apontou que 95% dos entrevistados consideraram o serviço entre bom e ótimo.


Fonte: AI SES  


  • Centro de Convivência do Idoso da Zona Norte: Rua Voluntários da Pátria, 4301 – Mandaqui (11) 2972-9200

Média de atendimentos/ano: 156 mil.

Área de abrangência: atende a moradores dos bairros da zona norte de São Paulo.

O que oferece: na área médica é oferecido atendimento ambulatorial em: geriatria, cardiologia, neurologia, psiquiatria, endocrinologia, ortopedia, dermatologia, fisioterapia, urologia, odontologia, cirurgia vascular, gastroentologia, pneumologia, nutrição, otorrinolaringologia. Horário de Funcionamento: de 2ª a 6ª, das 7h as 17h

Fonte: Gabinete SES


Nova unidade do Centro de Referência do Idoso em Ribeirão Preto

Atualizado em: 17 de setembro de 2012

Status: em 16/9/12, o governador Geraldo Alckmin anunciou, em Ribeirão Preto, a construção de uma unidade do CRI (Centro de Referência do Idoso) ao lado do hospital estadual e do Centro de Referência de Álcool e Drogas.

De acordo com o governador, o novo CRI beneficiará não só Ribeirão Preto mas toda região. Serão investidos R$ 5 milhões na unidade e a previsão é que seja entregue em 2014.


Nova Unidade do Centro de Referência do Idoso em Santo André

CRI Santo André

Status: Edital para contratação do projeto publicado em 11 de outubro de 2013. Envelope deverá ser aberto em 29 de novembro de 2013.

Término (obras): 2014.

Valor: R$ 6,5 milhões.

Obs: será implantado ao lado do AME.

2016

Centro de Convivência do Idoso “Distrito Esmeralda”

Alckmin descerrou a placa do Centro de Convivência para Idosos na cidade, com capacidade para acolher até 200 pessoas. O espaço, localizado na Avenida Coronel Francisco Schimidt, 33, Distrito de Esmeralda, recebeu investimentos de R$ 250 mil do Governo do Estado. A prefeitura terá uma contrapartida de R$ 4.253,24 para a manutenção e acolhimento dos idosos da região. No CCI, os idosos com mais de 60 anos encontram uma opção para socializar e despertar novas habilidades por meios das diversas atividades socioeducativas desenvolvidas no espaço.


2017

  • 11/07/2017 - Em Santa Cruz da Conceição, Alckmin assina convênios para instalar academia e ampliar Centro do Idoso

“Assinamos um convênio para o Centro de Referência da 3ª idade, que será ampliado. Nós temos que promover boas políticas públicas para a melhor idade. O Brasil está passando por uma grande mudança demográfica. O país era jovem, hoje é uma nação madura e caminha para ser um país idoso, o que é muito bom”, enalteceu o governador Geraldo Alckmin, em cerimônia que marcou a entrega dos três benefícios à cidade.

O convênio que beneficia diretamente a população idosa estabelece o investimento de R$ 150 mil nas obras de ampliação do prédio onde funciona o Centro de Convivência do Idoso Erundina Gomes de Lira.


  • 22/08/2017 - GA autorizou que a Secretaria de Desenvolvimento Social siga os tramites para liberação de recurso para instalação do Centro de Convivência do Idoso no município. “Nós queremos que os 645 municípios tenha Centro de Convivência do Idoso, então está liberado o CCI de Vista Alegre do Alto”, afirmou."


  • 07/12/2017 - Alckmin nomeia novos médicos para Centro de Referência do Idoso

O governador Geraldo Alckmin nomeou nesta quinta-feira, 7 de dezembro, 10 novos médicos que fortalecerão a equipe do Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia, também conhecido como Centro de Referência do Idoso da Zona Leste (Cri Leste), localizado no bairro de São Miguel Paulista, na capital.

“Estamos nomeando, hoje, mais 20 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem para o Hospital de São Mateus, e mais 10 médicos especialistas para o CRI”, resumiu o governador.

Com as nomeações, será possível reforçar o atendimento ambulatorial em oito especialidades, por meio de dois novos geriatras, dois ortopedistas, cardiologista, oftalmologista, otorrinolaringologista, ginecologista, psiquiatra e radiologista.

O rol de especialidades também é composto por especialistas médicos na área de clínica médica e angiologia, além dos profissionais não médicos, como terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo, cirurgião dentista, nutricionista, farmacêutico, assistente social, enfermeiros e auxiliares de enfermagem, técnicos de radiologia e profissionais de Educação Física na Saúde.

O Governo do Estado deverá destinar R$ 1 milhão a mais de custeio para a ampliação do quadro clínico, com a chegada desses novos servidores, que foram aprovados em concursos públicos promovidos pela Secretaria.

Em 2017, o custeio da unidade foi de R$ 2,3 milhões. No decorrer do ano, foram realizadas 35.598 consultas médicas e não médicas, e 33.200 mil pessoas participaram das atividades especiais promovidas pelo Núcleo de Convivência, que incentiva a integração social através de ações culturais e sociais.

“Essas novas contratações reforçam o compromisso do governo paulista com a ampliação da assistência à população usuária do SUS e deve refletir diretamente na qualidade da assistência ao público idoso atendido por essa unidade, que é referência na promoção do envelhecimento saudável, de maneira humanizada”, diz o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

O IPGG foi criado em 2009, com foco na assistência às pessoas idosas. Foi o primeiro equipamento de saúde voltado a essa finalidade, sob gestão da Secretaria de Estado da Saúde.

Além das questões assistenciais, também se diferencia por potencializar as ações voltadas ao ensino e pesquisa na área do envelhecimento. Desde 2009, aproximadamente 34 mil pessoas foram capacitadas nessa área por meio de diversas atividades educacionais destinadas a serviços municipais e estaduais de SP e outros Estados. Além disso, nos últimos quatro anos, 520 pessoas receberam capacitação pelo curso de Gerontologia presencial e EAD (ensino à distância) ofertado pela unidade e chancelado pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.

2018

  • 03/07/2018 - Ambulatório do Idoso da Zona Norte realiza ‘Mostra de Talentos’

O AME CRI (Ambulatório Médico de Especialidades / Centro de Referência do Idoso) da Zona Norte, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo focada na assistência multidisciplinar à população idosa, realiza, entre 4 e 6 de julho, sua 15º Mostra de Talentos. O tradicional evento contará com apresentações artísticas, oficinas, atividades culturais e a Feira de Artesanato, com produtos feitos pelos próprios pacientes da unidade.

No dia 4 de julho, das 9h às 17h, a programação será diversificada, com atividades artísticas em diversas modalidades, tais como poesia, dança de salão, teatro, coral, flauta, violão, desfile de moda. Após as 14h, também ocorre a entrega dos certificados aos 52 alunos que concluíram o Curso de Informática oferecido pelo AME / CRI no último semestre (confira mais informações sobre os cursos de tecnologia oferecidos pela unidade).

O evento também contará com a participação especial do Mariama Canta, importante grupo de pessoas idosas formado em São Paulo para a valorização e preservação da cultura afro-brasileira.

A Feira de Artesanato ocorre nos dias 5 e 6, quinta e sexta-feira, das 9h às 16h, e tem como objetivo arrecadar fundos para o Centro de Convivência do AME CRI Zona Norte. A exposição das oficinas manuais e de geração de renda conta com produtos confeccionados pelos idosos aprendizes, com técnicas variadas de artesanato, tais como: macramê, tear, bordado em pedraria, origami, corte e costura, pintura em tecido, bijuteria, sacolas sustentáveis, bonecas de pano, esculturas e outras técnicas.

“A Mostra de Talentos é uma importante iniciativa de valorização da produção sociocultural pelas pessoas idosas inseridas no Centro de Convivência, um espaço de aprendizagem e de fortalecimento de vínculos afetivos por meio da prática de atividades de diversas linguagens”, afirma o gestor do local, Diego Miguel.

A mostra irá contar com a ajuda de 110 voluntários do Programa de Voluntariado do Centro de Convivência que desempenham um papel fundamental de educadores, ministrando as oficinas e favorecendo a educação continuada dos mais de 2.000 idosos que participam das atividades.

Ver também

Links externos