Mudanças entre as edições de "Coletiva-Anúncio de obras de amplificação da Fatec Bragança-20122801"

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar
 
Linha 39: Linha 39:
 
   
 
   
  
REPÓRTER: Governador, Bragança Paulista tem sido uma das cidades, dos munícipios paulistas que mais tem que destacado, tanto em índice de desenvolvimento humano, quanto ao [[Sistema de avaliação e indicadores de qualidade|Ideb]], educação, segurança. O que o senhor tem a dizer a essa administração, a essa gestão do PSDB aqui na cidade?
+
REPÓRTER: Governador, Bragança Paulista tem sido uma das cidades, dos munícipios paulistas que mais tem que destacado, tanto em índice de desenvolvimento humano, quanto ao [[Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)|Ideb]], educação, segurança. O que o senhor tem a dizer a essa administração, a essa gestão do PSDB aqui na cidade?
  
 
   
 
   

Edição atual tal como às 11h35min de 14 de fevereiro de 2013

Transcrição da coletiva do Anúncio de obras de amplificação da Fatec Bragança

Local: Bragança Paulista - Data: 28/01/2012

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: ...Bragança Paulista, receber o título de cidadão bragantino. Quero agradecer essa honra, aumenta a nossa responsabilidade para trabalhar ainda mais junto com a população. Assinamos hoje aqui a transferência da área da fazenda da área da Austin para a prefeitura municipal. São 27 hectares de área, 4 mil metros quadrados de área construída, transferimos por decreto ao município. Autorizamos também o início das obras do novo prédio da Fatec. São R$ 14,7 milhões, 8 laboratórios, 14 salas de aula, biblioteca. Isso vai possibilitar atender toda a região, aumentar muito os cursos na área tecnológica, faculdade pública e gratuita para a região. E assinamos também os recursos do DADE de 2012: são 5,2 milhões de reais para desassoreamento do lago do Taboão, para obras de iluminação, sistema viário, recomposição das margens do lago. Enfim, o lago do Taboão é um dos mais bonitos do interior do São Paulo, uma belíssima estância turística como é Bragança. Então, uma alegria e também ter aqui o encontro com os prefeitos, os deputados aqui da região.


REPÓRTER: Governador, com relação a SP 008, o senhor já havia anunciando a duplicação desde Mairiporã até o município de Socorro, no Circuito das Águas. Alguma novidade em relação a essa importante obra?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha, deixa eu ler aqui. A SP 008 é a Rodovia Capitão Barduino, isso. Nós teremos duas grandes obras. O edital para o projeto da primeira obra vai ser lançado agora em fevereiro. Então, o primeiro trecho é Bragança Paulista-Atibaia, uma extensão de 23 quilômetros, R$ 35 milhões de investimentos. Nós estamos licitando o projeto executivo da obra. A outra é a SP 63, que é a Bragança-Piracaia. O projeto já está em elaboração. Ficou pronto, será imediatamente licitada a obra. Aí é questão de poucos meses e teremos aí investimentos de 32 milhões de reais.


REPÓRTER: Governador, o senhor recebeu hoje o título do presidente da Câmara, vereador João Carlos Carvalho. Já há uma boa fluidez aí entre Executivo, Legislativo e Governo do Estado. Isso aumenta a responsabilidade, governador? E o que o senhor tem a dizer ao presidente, autor do projeto?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha, agradecer ao presidente, ao vereador João Carlos Carvalho, em seu nome agradecer a todos os vereadores e vereadoras aqui do município. Os poderes, eles são independentes, mas eles devem ser harmônicos, porque no fundo os objetivos são os mesmos: é servir à população.


REPÓRTER: Com relação à Bragança-Piracaia, o senhor deu boas notícias hoje também, né?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Bragança-Piracaia, SP 63. O projeto já está sendo feito. Entregue o projeto executivo, imediatamente será licitada a obra.


REPÓRTER: Alguma novidade, governador, em relação ao acesso ao Pedra Bela, à Vargem Joanópolis e à Variante do Guaripocaba? São três obras importantes também que precisam de ação do Governo do Estado.


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: É, se for recapeamento, a nossa meta é recapear todas as SPs, mas o Felipe vai checar direitinho pra lhe dar a informação bem detalhada.


REPÓRTER: Governador, Bragança Paulista tem sido uma das cidades, dos munícipios paulistas que mais tem que destacado, tanto em índice de desenvolvimento humano, quanto ao Ideb, educação, segurança. O que o senhor tem a dizer a essa administração, a essa gestão do PSDB aqui na cidade?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha, cumprimentar o prefeito Jango, cumprimentar os vereadores, toda a população. Eu acho que isso retrata bem a qualidade de vida que Bragança, a boa administração pública, ter um índice de mortalidade infantil abaixo de 10, que é um índice europeu, ter um índice de qualidade da educação pública também é importante. Nós vamos avançar nas escolas em tempo integral então, exatamente com esse objetivo de melhorar a qualidade da escola pública, segurança é um trabalho permanente, é preciso vencer batalha todos os dias, mas os indicadores também eles respondem bem quando tem uma importante ação local, o município pode ajudar muito, iluminação, ocupação adequada do solo, políticas públicas sociais. Então fico feliz de poder dar, cumprimentar aqui Bragança, por essas conquistas.


REPÓRTER: Governador, Bragança Jornal Diário. Saúde pública, o projeto de repasse de verbas daquele programa Pró Santa Casa. O senhor tem uma perspectiva?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Nós temos ampliado o programa Pró Santa Casa. Nós temos um grande problema na saúde, que é o subfinanciamento. E isso a Emenda 29, que foi aprovada no Congresso Nacional não resolveu. Nós vamos continuar com o problema do subfinanciamento, porque os municípios já colocam muito mais de 15%, então não vai mudar nada. Os estados também, como São Paulo, já colocam mais de 12%. O problema é o Governo Federal, que vem diminuindo a sua participação no financiamento do SUS e a tabela do SUS não é corrigida. À medida que você não corrige a tabela do SUS por tantos anos, todo ano tem dissídio, aumenta salário, água, luz, remédio, comida, segurança, limpeza, equipamento, custeio, óbvio que as Santas Casas vão entrando em colapso. Então, o Estado tem procurado ajudar, nós subsidiamos aí com o Pró Santa Casa. Essas Santas Casas mais regionais, que atendem vários municípios. Isso nós já temos feito e vamos procurar aumentar.


REPÓRTER: Mas há a possibilidade da regionalização da saúde, uma parceria com o Hospital Universitário São Francisco?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: É sempre bom, né? Quanto mais a gente regionalizar, buscar eficiência, melhor.


REPÓRTER: Governador, em termos de habitação, o que Bragança pode esperar? O senhor citou 374 unidades, mas elas não começaram ainda na cidade...


PREFEITO: [ininteligível] e começa o ano que vem na cidade.


REPÓRTER: Aonde?


PREFEITO: [ininteligível]


REPÓRTER: Mas lá não são 374, são 290.


PREFEITO: São 290 e tem quatrocentas e pouco que [ininteligível] do Minha Casa Minha Vida, está dependendo de liberação.


REPÓRTER: Eu estou perguntando.


PREFEITO: Eu estou falando para você.


REPÓRTER: Calma, prefeito, calma. Foi só uma pergunta.


PREFEITO: Eu sei.


[pronunciamentos fora do microfone]