Coletiva-Entrega de delegacia em Boituva-20120603

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva da Entrega de Delegacia em Boituva

Local: Boituva - Data: 06/03/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: ... mais sete ponto mais três. E deixamos já gestão das UTI’s com os Camilianos. Fizemos um contrato de gestão com uma organização social, para não ter risco de faltar médico, de recursos humanos. Então nós vamos ter 50 leitos de UTI no complexo hospitalar.


REPÓRTER: A partir de quando governador?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Os 30 a partir desse mês.


REPÓRTER: Esse é dos adultos, não é? E os das crianças?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Dos adultos! E das crianças até o meio do ano nós dobramos, passamos de dez para 20 leitos.


REPÓRTER: O senhor acredita que é possível então ter a liberação para a internação das crianças com essas novas vagas?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Acredito sim! Houve uma questão de infecção hospitalar, que já foi detectada, foi colocado todo o protocolo nesse caso, graças a Deus não houve nenhum óbito. E esperamos já em uma semana aí uma decisão médica, já estará normalizada.


REPÓRTER: Senhor governador, gostaria que o senhor falasse da importância da parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura para a realização de políticas públicas.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, é uma alegria hoje na área de Segurança Pública, nós estregarmos aqui o novo prédio da Delegacia de Polícia de Boituva, prédio novo, muito bem feito, Prefeitura nos deu o terreno, ajudou também na construção, o Governo investiu mais de meio milhão, e o principal, os indicadores de segurança de Boituva e da região em queda, está em redução, ou seja, homicídio, roubo, furto, enfim, todos eles em queda, estão verdes, a polícia está trabalhando e trabalhando com empenho. Depois na área de Saúde, a entrega da UBS, e autorizamos hoje os 178 apartamentos para a CDHU; o novo prédio do Fórum, porque a cidade está crescendo bastante e precisa ter todo o atendimento Judiciário; o frigorifico nós autorizamos três quilômetros de vicinal, e o trevo de acesso, que tem mais de 1300 trabalhadores, então para não ter risco de acidente. Então temos bons investimentos em Saneamento Básico, não é? Para a gente poder ter... Nós já temos 100% de agua tratada, mas chegarmos a 100% de esgoto coletado e tratado. Uma cidade 300%, 100% de agua trata, 100% de esgoto sanitário e coletado e 100% tratado.


REPÓRTER: Uma unidade nova como essa, grande e moderna e a valorização dos policiais. O senhor acredita que os índices de violência vão cair ainda mais.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não há dúvida, primeiro é valorizar a polícia, os policiais; carreira, salario, condições de trabalho. Depois tecnologia, equipamentos, viaturas, prédios e investir no sistema penitenciário, a polícia trabalha, prende mais quem comete crime, aí tem que investir no sistema penitenciário. Mas o fato é que São Paulo, que era o 5º estado mais violento do Brasil, 15 anos depois ele é o 25°. O Brasil tem 25 homicídios por 100 mil habitantes, São Paulo tem menos de dez, tem 9,8, alguns municípios e alguns estados são 60/ 70 por 100 mil habitantes. Claro que ninguém está satisfeito, nós queremos reduzir muito mais, mas é preciso reconhecer o esforço que a polícia está fazendo.


REPÓRTER: Governador, sobre a duplicação SP-79, o senhor saberia de quanto será o investimento?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Sei. SP-79 é a que vai Itu.


REPÓRTER: Sorocaba-Itu.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Então, de Sorocaba até o bairro Éden já está quase já bem adiantada a obra, do bairro Éden até Itu, é uma obra de R$ 119 milhões, que estará, já saiu a licença previa, a licença ambiental e será imediatamente licitada. De Itu até Salto também a obra está quase pronta. Então a SP-79 é o que se chama na minha terra de "macuco no borná”, está garantido.


REPÓRTER: A partir de quando?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Ela te passa os detalhes. Está bom?


REPÓRTER: Obrigada.