Coletiva-Inauguração do Sistema de Esgotos Sanitários do Jardim Emília-20120202

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva de Inauguração do Sistema de Esgostos Sanitários no Jardim Emília - Arujá

Local: Arujá - Data: 02/02/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, uma alegria hoje nós assinarmos o convênio para liberar R$ 16,5 milhões para duplicação da Avenida Mário Covas. Ela vai ser importante para Arujá, porque duplica a Avenida Mário Covas, chegando até o Rodoanel; importante também para Guarulhos, porque ela poderá continuar e chegar até o Terceiro Terminal do Aeroporto de Cumbica. Então uma obra muito importante para Arujá, para Guarulhos e para a região. Então através do Fumefi, R$ 16,5 milhões. A segunda é esgoto. Arujá tinha uma baixa coleta de esgoto, ainda tem; 50% só. E hoje com a inauguração das obras aqui no Centro Industrial, Jordanópolis, e aqui na região, nós já vamos para 56%; e chegaremos depois com o Projeto Tietê 3 a 98,6% de esgoto coletado e 100% do esgoto tratado. Então Arujá vai ser uma cidade 300% em termos de saneamento básico. Inclusive parte do esgoto aqui coletado vai para estação de tratamento de esgoto Novo Mundo, em São Paulo. A terceira é a ETEC. Nós estamos ampliando a rede de ETECs e de FATECs. E nós teremos uma ETEC só aqui para Arujá. E a quarta, as casas, os apartamentos. Assinamos com a presidenta Dilma a construção de 100 mil unidades para famílias de menor renda, um salário mínimo, dois salários mínimos, três salários mínimos. E o governo vai complementar com R$ 20 mil. E onde nós tivermos terreno, nós vamos dar o terreno. Então aqui em Arujá, nós temos a Fazenda [ininteligível], e lá cabem 893 apartamentos. Então a CDHU já vai disponibilizar esse terreno para o Programa Casa Paulista e Minha Casa, Minha Vida.


REPÓRTER: Governador, [ininteligível] duplicação da Mário Covas, mas tem a duplicação do trecho da [ininteligível] temos mais alguma novidade [ininteligível] obras?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, nós temos aqui três obras importantes para região: Mogi/Guararema, Mogi/Dutra e Mogi/Bertioga. Mogi/Guararema as obras já começam agora em abril. Então, já teremos o início das obras de duplicação. Mogi-Dutra já abrimos a licitação e já vamos contratar o projeto executivo. Terminado o projeto executivo já começa a duplicação da Mogi-Dutra. E Mogi-Bertioga, nós ainda vamos fazer o projeto, licenciamento, é um pouco mais demorada. Então, o Mogi-Guararema começa agora, a Mogi-Dutra já o projeto executivo pronto, a obra já começa, e Mogi-Bertioga iniciam-se os estudos.


REPÓRTER: O AME já tem uma data para [ininteligível]?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Para?


REPÓRTER: Para o AME, a inauguração do AME em Mogi.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Ah, é questão de 30 dias praticamente nós já vamos inaugurar o AME e, também, vamos liberar os recursos para a Prefeitura de Mogi, para o Hospital Brás Cubas, vamos ajudar a Prefeitura.


REPÓRTER: Governador, vamos falar agora de Santa Marcelina?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Primeiro as damas.


REPÓRTER: Governador, e o Santa Marcelina [ininteligível]?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Como?


REPÓRTER: [ininteligível]?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não, o Hospital de Itaquaquecetuba tinha o ano passado R$ 72 milhões. O dinheiro foi aumentado para R$ 74 milhões esse ano. Então, não há nenhuma redução, até um recurso maior. Agora, o hospital é para atender média e alta complexidade, a região não pode perder o hospital, nós precisamos dar foco no hospital. Então, está sendo feito um trabalho junto com o secretário da saúde e as prefeituras, para o atendimento básico, emergência, ser feito pelos municípios, e o hospital poder se dedicar melhor ao atendimento da média e alta complexidade.


REPÓRTER: Governador, em relação ao descredenciamento do Hospital do Câncer, como é que vai ficar a situação, como é que fica?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, houve um problema de auditoria, que inclusive está sendo encaminhado ao Ministério Público, ninguém vai ser desassistido. A referência será o Instituto do Câncer, o ICESP - que é o melhor do Brasil - eleito pela população, e já determinei ao secretário que verifique para a região do Alto Tietê ter o seu serviço próprio: cirurgia, quimio e radioterapia. Enquanto isso, o Instituto do Câncer vai atender, que é o melhor hospital do Brasil.


REPÓRTER: Então vai ser descredenciado?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Então, nós vamos procurar resolver o máximo aqui na região, o máximo possível.


REPÓRTER: E o Poupatempo de Suzano?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Como?


REPÓRTER: O Poupatempo de Suzano?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O Poupatempo de Suzano já está autorizado, já inauguramos...


REPÓRTER: Já tem previsão?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Como?


REPÓRTER: Já tem previsão de...


REPÓRTER: Segundo semestre.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Ele pode... Eu acho que segundo semestre já deve estar inaugurando.


REPÓRTER: Governador, então vai ser descredenciado o hospital, é isso?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não, eu não sei se vai ser descredenciado, isso é a secretaria que pode responder. Foi verificado uma série de irregularidades da questão da prestação de contas, o Governo tem o dever de tomar providência, e, ao mesmo tempo, atender a população.


REPÓRTER: A extensão [ininteligível] até Guarulhos?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O que nós estamos liberando agora é o trecho até a divisa, que é esse primeiro trecho. Aí nós estamos estudando o Parque do Baquirivu, que é uma obra grande, enorme, que envolve a pista, envolve drenagem, envolve piscinões, envolve área de parque. Então uma grande obra, aí no trecho de Guarulhos, é o Parque do Baquirivu.


REPÓRTER: Governador, mais uma pergunta. O Hospital Luzia, a quebra do aparelho de tomografia, que faz duas semanas já?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O mamógrafo já foi consertado, e o tomógrafo já vai ser também.


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Gente, obrigado viu. Obrigado.