Coletiva-Lançamento do Edital de Licitação para Obras no Parque Tecnológico de Ribeirão Preto-20121502

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva do Lançamento do Edital de Licitação para Obras no Parque Tecnológico de Ribeirão Preto

Local: Ribeirão Preto - Data: 15/02/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Espera um minuto. Olha, uma grande alegria hoje junta com a Universidade de São Paulo, Prefeitura de Ribeirão Preto, Governo do Estado e as indústrias da região, lançarmos o Parque Tecnológico, em Ribeirão Preto, já a licitação das obras, da incubadora e do centro tecnológico. As empresas que forem para o Parque Tecnológico, elas terão o incentivo de crédito, incentivo fiscal, retirada de carga tributária e utilização de créditos de ICMS para os investimentos. A vocação do Parque Tecnológico do Ribeirão, voltada à biotecnologia, voltada a indústria farmacêutica, indústria química, a indústria de medicamentos, indústria hospitalar, odontológica, medica, área de tecnologia de informação e comunicação, enfim, um leque muito grande. A Universidade de São Paulo, o parque é dentro do Campus da USP, é um dos maiores Campings da universidade no país, 5,6 milhões de metros quadrados. Eu não tenho duvida que o parque vai atrair muitas empresas para poder fazer pesquisa, inovação e crescer em Ribeirão Preto. E também dar oportunidade as pequenas empresas, através da incubadora, para que elas possam desenvolver o seu trabalho.


REPÓRTER: Governador, de que maneira o Parque Tecnológico se beneficia com cargas do Aeroporto Leite Lopes em Ribeirão?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Muito. Porque o fato de nós termos armazém alfandegado no Aeroporto Internacional, terminal alfandegado, liga Ribeirão Preto com o mundo na área comercial. Esta ligada diretamente, não precisa mais passar por Viracopos e por Cumbica, você passa a ter uma ligação internacional sob o ponto de vista de comércio, e hoje no mundo globalizado as empresas que têm presença mundial, isso facilita as empresas para poderem instalar os seus centros de pesquisa e inovação tecnológica em Ribeirão.


REPÓRTER: Governador, o senhor já deve ter falado sobre isso de manhã, mas peço desculpas por voltar no tema que não tem a ver com o parque tecnológico. O senhor acredita que vai ser preciso mudar a data, ou o sistema das prévias do PSDB aqui na capital, hoje? Ou o senhor acha que do jeito que está, está bom e pode ficar assim?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, nós já falamos sobre esse tema, não há uma decisão, um fato concreto. Então vamos aguardar, não tem nenhum fato novo, vamos aguardar, se nós tivermos um fato novo, vamos discutir sobre ele. Mas queria destacar aqui a importância do Parque Tecnológico de Ribeirão Preto. Essa sinergia entre a Universidade de São Paulo, a USP, que tem um dos seus melhores e maiores camping em Ribeirão Preto, a força da economia da região que vai ser potencializada, o importante apoio da prefeitura através da Fibase, e o apoio do município, e os recursos do estado dentro do programa de parques tecnológicos de São Paulo. E a sua vocação para a área de saúde, a área de equipamentos hospitalares, odontológicos, Farmacologia, Biotecnologia, Química, e Tecnologia de Informação e Comunicação.


REPÓRTER: Governador, qual é a previsão para o início das obras?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Tem alguém da USP?


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: 2013 é o inicio das obras. A previsão, não é?


ORADORA NÃO IDENTIFICADA: É.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Mas licita agora?


ORADORA NÃO IDENTIFICADA: Licita já?


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Licita agora os primeiros prédios.


ORADORA NÃO IDENTIFICADA: São os dois primeiros.



GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O Reitor da universidade explica que a licitação é imediata, prazo de licitação para assinar contrato 60 a 90 dias, assinado o contrato, um ano de obra.


REPÓRTER: O senhor tem a expectativa de quanto pode movimentar o Parque Tecnológico?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, é difícil você ter essa avaliação, né, assim com antecedência, mas é muito grande, porque ali tem muita área, né? Tem bastante área. O mínimo pra nós credenciarmos como Parque Tecnológico são 200 mil metros quadrados. O Parque de Ribeirão Preto já começa com 300 mil metros quadrados. Então, é uma área grande lá que pode instalar muitas empresas. E pra pesquisa, desenvolvimento, enfim. E já começa com uma importante incubadora, porque eu tenho certeza vai ser muito disputada. Mas o pessoal pode complementar mais aqui pra vocês.


REPÓRTER: Obrigado!


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Depois o pessoal pode complementar mais aqui para vocês.