Coletiva - Agenda em Campinas 20162406

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Agenda em Campinas

Local: [[]] - Data:Junho 24/06/2016

REPÓRTER: Governador, como é que o senhor vê a importância da discussão de soluções criativas sustentáveis para a cidade?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, necessária, né? Primeiro, porque nós vivemos num mundo muito rápido, muito dinâmico, onde a característica é a mudança e a velocidade da mudança. Então as cidades precisam a cada dia se renovar, no sentido de criar alternativas de emprego, geração de renda, inovação. E nada melhor do que Campinas, essa que é das melhores cidades brasileiras com recursos humanos, né, mais bem preparados. Polo, maior polo tecnológico da América Latina. Pra poder dar um exemplo para o Brasil. Uma cidade criativa, né? Com novas alternativas, agregação de valor, nichos de mercado extremamente importantes. Tanto é que...

REPÓRTER: Ainda é um sonho ou o senhor acredita que já tem muita coisa que está caminhando a curto e a médio prazo que a gente vê resultados?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Não, eu acredito que já está ocorrendo, mas pode ter uma velocidade ainda maior. Então, vamos dar exemplo, design, moda. Nós temos aqui uma grande indústrias na área de têxtil, né? Você poder avançar com nichos de mercado, agregando valor, marca, melhorando renda. Toda área tecnológica em termos de inovação. Eu dei um exemplo da cana de açúcar. Você tinha o cortador de cana, desapareceu, hoje é tudo mecanizado, mas você tem um tecnólogo em mecânica de agricultura de precisão. Então, empregos desaparecem e empregos surgem a cada momento. Então eu vejo como... Que vai esse seminário, esse encontro pode trazer bons caminhos para melhorar a qualidade de vida e promover ainda mais desenvolvimento pra população.

REPÓRTER: Governador, mudando um pouquinho de pauta. A Unicamp está me greve a mais de 40 dias. Hoje, teve um problema lá que os alunos não deixaram as pessoas entrarem. Como é que está essa questão da reintegração? O que o governo está fazendo pra poder liberar e voltar as aulas ali?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, a universidade, ela tem total autonomia, né? Autonomia financeira, pedagógica e administrativa. Então, é ela que... Nós não interferimos na vida da universidade. Agora, hoje parece que tem uma reunião marcada e nós esperamos que isso se resolva. Não tem nenhum sentido você proibir quem quer dar aula de dar aula, proibir quem quer estudar de estudar. Então é preciso respeitar o direito do outro. E a universidade vai decidir se ela pede ou não reintegração de posse.

REPÓRTER: Governador, tem alguma novidade com relação ao anel viário de Campinas?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Anel viário eu falei agora vindo pra cá. Nós vamos fazer agora, no comecinho de julho, a audiência pública, que é obrigatória, pra fazer a ligação da Bandeirantes até a SP-75, será feita agora audiência pública. Em seguida, o pedido do licenciamento ambiental. E esperamos ainda no segundo semestre, este ano, iniciar a obra. A obra é importante para ligar até o aeroporto de Viracopos.

REPÓRTER: Governador, ontem nós tivemos a prisão do prefeito de Indaiatuba, Renato Nogueira. O que você pode comentar, fazer uma declaração pra gente a respeito disso?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, eu não vou comentar porque eu não sei as razões do processo, da investigação. Vamos aguardar aí o trabalho, tá bom?

REPÓRTER: Obrigada, gente.

REPÓRTER: Tenho uma dúvida.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: A última.

REPÓRTER: É. A gente teve aqui na região metropolitana de Campinas várias empresas com prejuízo pela recuperação da OI, né, judicial. E é um volume de dinheiro muito grande. Como o Estado pode ajudar essas empresas, se tem algum trabalho nesse sentido?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Nós temos uma agência de fomento chamada Desenvolve SP. Que é uma agência de fomento, é um banco de fomento, só para apoiar empresas, né? Então, se houver pleito, a agência é pra isso, é pra garantir emprego, preservar emprego, capital de giro, investimento. O governo tem um banco de fomento, a Desenvolve SP, o que a gente puder fazer o faremos.

REPÓRTER: Obrigada.

REPÓRTER: Obrigada. Categoria 24 de junho de 2016 [[]]