Coletiva - Apresentação de Policiais Militares - 20122307

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva na Apresentação de Policiais Militares

Local: Guarulhos - Data: 23/07/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, hoje é um dia importante para a Segurança Pública de Guarulhos e da região. A Região CPA/M7, aqui de Guarulhos está recebendo 155 novos soldados da formatura ocorrida agora na sexta-feira, e mais 25 por transferência, então são 180 Soldados Policiais Militares a mais a partir de hoje, aqui em Guarulhos e nos municípios. A Polícia Civil já tinham vindo para cá no mês passado mais de 80 investigadores, aqui para região, 87 com as transferências, 12 Bases Comunitárias também aqui para a região e teremos nos próximos dias a formatura... A nomeação de 200 delegados! A nomeação de 200 Delegados de Polícia, aí eles terão 90 dias de curso, então agosto, setembro, outubro, final de outubro começo de novembro já estarão também trabalhando, reforçando a Polícia Civil. O 2º Distrito Policial e o 7º Distrito de Policial de Guarulhos, também já está autorizado o Secretário de Segurança a construir aqui os novos prédios em terreno cedido pela prefeitura municipal. Então um reforço importante para a Segurança Pública seja na Polícia Civil com os investigadores que já estão trabalhando, seja com os novos delegados que virão nos próximos 90 dias e a partir de hoje com 180 Policiais Militares a mais para fortalecer aqui a segurança da região.


REPÓRTER: São Paulo... Os homicídios dolosos em São Paulo de junho desse ano, para junho do ano passado aumentaram 45% segundo o banco de dados da SSP, aqui se deve, onde que a Segurança Pública de São Paulo está falhando?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, os números só serão divulgados no dia 25! Então no dia...


REPÓRTER: Então esses números estão errados?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não, eles só serão divulgados no dia 25, São Paulo é o único estado que publica mensalmente os indicadores de segurança, todo dia 25, oi?


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Atende governador.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Alô, alô, pois não, quem quer falar? Paulo é Geraldo Alckmin, você está bem? A Laís, cadê a Laís? Está aqui, estou passando para Laís. Olha, nós vamos ter oficialmente os números divulgados no dia 25 de julho referente ao mês de junho, então publicado esses números, nós vamos comentar.


REPÓRTER: Governador sobre esse crime no Itaim Bibi, o do italiano, como que a polícia vai trabalhar?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, o Secretário da Segurança Pública e o Comandante Geral vão falar de casos mais específicos que envolvem investigação, que pode ser divulgado, enfim, dar aí as informações necessárias. O que eu quero deixar claro são duas coisas e, aliás, ambas tem haver uma com a outra: uma é o Poupatempo, o DETRAN... O novo DETRAN que nós inauguramos o CIRETRAN aqui em Guarulhos, ele está funcionando dentro do Poupatempo, nós já tivemos 500 policiais já voltando para a Segurança Pública, ou seja, eles estavam em atividades do DETRAN, atividades de carteira de habilitação, documentação de automóveis, atividade-meio e já voltaram para atividade-fim, ainda temos, ainda, mais de 800 que a gente espera nós próximos meses e rapidamente liberando, então um importante fortalecimento da Polícia Civil. Inauguramos, hoje, o novo CIRETRAN aqui de Guarulhos com 133 funcionários, 00h07min de espera para o atendimento, o primeiro prova... A primeira prova da Carteira Nacional da Habilitação informatizada, não tem mais papel, a pessoa faz na hora que chega a correção é automática procurando ganhar tempo. O novo portal, também já tem 3 milhões de cadastramentos, de cadastros, então vamos avançar ao máximo para a informatização, o DETRAN eletrônico e é o sexto prédio do novo DETRAN; temos dois em São Paulo: Interlagos e Armênia, Armênia vai ser inaugurada a primeira fase, ainda esse ano, São Bernardo, Americana, Aparecida e o sexto aqui em Guarulhos e o sétimo será Limeira. Isso também libera a polícia para fortalecer a Segurança Pública, 180 Policiais Militares a mais aqui para a região, também fortalecendo a Segurança Pública.


REPÓRTER: Governadores, dois jovens desapareceram aqui em Guarulhos...


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O Secretário da Segurança vai falar sobre casos específicos.


REPÓRTER: O senhor criou no seu primeiro mandato uma comissão para controlar a letalidade causada pela Polícia Militar, o senhor acha que dando certo? Não é caso de rever esses métodos, como é que está? O que o senhor acha?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O secretário vai dar uma palavrinha.


REPÓRTER: Governador na Zona Sul na sexta-feira à noite, um motoqueiro matou dois...


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O secretário vai falar!


REPÓRTER: O senhor não vai falar sobre isso?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não!


REPÓRTER: Sobre o Ministério Público que está investigando essa questão de propina de um bombeiro, um funcionário do DER e também um Policial Florestal?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha! Duas palavras sobre isso; primeiro: nenhuma tolerância com abusos, seja abuso de violência, seja abuso de corrupção, aliás, o Diário Oficial de hoje traz a demissão a bem do serviço público de um Delgado de Polícia, de seis Investigadores e dois Agentes Policiais, nove demitidos está no Diário Oficial de hoje. A investigação é imediata, o secretário vai falar sobre isso, teremos investigação imediata. E quero adiantar o seguinte, nós estamos preparando um projeto de lei para o servidor público, nós termos uma inversão do ônus da prova, ou seja, você... Quem tiver aumento patrimonial, tem que provar esse aumento patrimonial! Nós temos esse projeto de lei está na acessória jurídica lá, e na PGE, a gente espera em questão de dias ter equacionado a questão jurídica, e nós vamos ter uma lei de ponta aqui em São Paulo no combate a qualquer tipo de abuso, especialmente corrupção.


REPÓRTER: Isso vai valer para todos os servidores, governador?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Todos os servidores, todos, todos os servidores.


REPÓRTER: Governador, o senhor não comentar nenhum crime que aconteceu nesse final de semana?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O Secretário da Segurança vai falar.