Coletiva - Assembleia Legislativa: Comemoração dos 80 anos do Movimento Constitucionalista de 1932 - 20120907

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva da Assembleia Legislativa: Comemoração dos 80 anos do Movimento Constitucionalista de 1932

Local: Capital - Data: 09/07/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, hoje é a data maior de São Paulo, data de civismo. Nós estamos prestando a nossa homenagem aos 80 anos da Revolução Constitucionalista de 1932, aos nossos heróis, lembro aqui Paulo Virgínio, um modesto agricultor de Cunha que antes de morrer disse: “Eu morro, mas São Paulo vence.” Venceram os princípios da liberdade, da democracia, veio a Constituinte de 1934, as mulheres passaram a ter direito de votar e ser eleitas, a cabine devassável, a justiça eleitoral, o Brasil ganhou uma constituição. Nossa homenagem aos heróis, às suas famílias. Hoje nós estamos assinando o contrato para o projeto executivo do restauro de todo mausoléu dos heróis de 32, do obelisco aqui no Ibirapuera. O contrato é assinado hoje, são seis meses para o projeto executivo, no início do ano que vem começa a grande obra do restauro do mausoléu e do obelisco.


REPÓRTER: Qual o custo disso, governador?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Só vamos saber depois de concluído do projeto executivo, o projeto executivo R$ 287 mil. E também estamos encaminhando na Assembleia Legislativa agora em seguida um projeto de lei aumentando o valor da pensão para os heróis e as pensionistas, são poucos ainda, são lamentavelmente apenas dois mil, era R$ 450,00 a pensão, nós estamos colocando o piso do Estado de São Paulo que é R$ 720,00.


REPÓRTER: Governador, como será essa reforma, será por fora? Há um problema de infiltração no obelisco.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não. Esse obelisco ele é tombado, nós precisamos ter autorização do Condefat, mas será feita mais do que reforma, é o restauro. Nós faremos, contratamos escritórios especializados de projeto e será feito restauro completo do obelisco e do mausoléu. Inclusive aquelas placas que estão com infiltração foram super lavadas, mas não tem jeito, elas precisam ser substituídas, as placas. Isso tudo vai estar no restauro.


REPÓRTER: E qual a previsão de entrega, governador?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: A previsão do restauro seis meses de projeto, terminamos no fim do ano, comecinho do ano que vem começa a obra.


REPÓRTER: E é a primeira grande obra, não é?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Exatamente.


REPÓRTER: Estava precisando, não é?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Estava super precisando. É tombado, é um patrimônio tombado, portanto precisa ter um restauro com todos os cuidados e as exigências necessárias. Está bom? Não tem um café, viu?


REPÓRTER: Hoje não tem?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Todo dia tem um café.