Coletiva - Assinatura de Termo de Cooperação entre a Agência de Fomento Paulista e a Abest - 20122905

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva do evento de Assinatura de Termo de Cooperação entre a Agência de Fomento Paulista e a Abest

Local: Capital - Data: 29/05/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, cumprimentar a Abest pelo primeiro Salão +B. É uma oportunidade para a vanguarda, para expositores, negócios, criatividade, moda, que é a marca de São Paulo. Veja que, hoje, uma das empresas mais valiosas do mundo é o Facebook, não é? Força da economia criativa. Então, todo o apoio à economia criativa. Nós trouxemos aqui a nossa Agência de Fomento do Estado de São Paulo, que é o BNDES paulista, para financiar os empreendedores, para criarem oportunidades, negócios, criatividade, montarem empresas. Então, todo o apoio. O Centro Paula Souza, que veio aqui com 30 Etecs e 15 Fatecs, trazendo professores, alunos para também incentivarmos a economia criativa. Redução de impostos, o setor da moda compreende todo o setor da moda compreende todo setor coureiro, calçadista, então nós temos polos importantes de calçados, bolsas, da área de couro no Estado de São Paulo. Reduzimos o ICMS para 7% na indústria, 12% no atacado, além do outro estímulo de natureza de crédito. E conversei aqui com Marcelo Araújo que é secretário da Cultura e o Valdemar Iodice para nós estudarmos o Museu da Moda, ou seja, o Brasil é um país criativo, não é? O biquíni não foi inventado no Brasil, mas foi recriado no Brasil. Então, nós poderemos ter aqui um Museu para o Brasil inteiro de grande interesse para a cultura, para as transformações da sociedade, para os vários períodos da sociedade e os novos avanços em uma área importantíssima de vanguarda que é a moda aqui em São Paulo.


REPÓRTER: Governador, sobre o episódio que envolveu a ROTA e seis mortos em um bar na Penha. Houve excesso da Polícia? Isso está sendo apurado?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, toda a informação que nós temos é que havia um grupo de criminosos que se preparava para resgatar presos que iam ser transferidos no dia de hoje. Eles estavam fortemente armados; foram aprendidos armas, munições, metralhadoras, coletes, enfim, drogas, dinheiro, tudo isso. Agora, a ação da polícia evitou um resgate de criminosos, recuperou armamento, drogas, prendeu criminosos, tem três criminosos presos. Agora, de outro lado, nós não admitimos nenhum tipo de abuso policial. Por isso, inclusive, que todo tipo de confronto em que há morte, quem investiga é o DHPP, é a Polícia, é o Departamento de Homicídios do Estado. Então, já determinamos ao DHPP que verifique esse confronto, se houve qualquer tipo de excesso e não há nenhuma tolerância com abuso de natureza policial.


REPÓRTER: O secretário de Segurança pediu a prisão do policial já?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Já pediu e já foi preso. Vai ser detido até que a investigação seja conclusa.


REPÓRTER: Muito obrigada, governador.


REPÓRTER: No Salão +B também, o governador do Estado de São Paulo, senhor Geraldo Alckmin. Bom, qual a importância do Salão +B no que se refere à economia criativa?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, saudar aqui a Abest, em especial esse grande empreendedor, Valdemar Iódice, toda a sua equipe, por essa extraordinário iniciativa. É o primeiro Salão +B, trazendo aqui criadores, empresas, com point de negócios, de oportunidade em uma área da economia que mais vai crescer e agrega valor, tem tudo a ver com o Brasil, que o povo brasileiro tem uma enorme criatividade. Eu dizia que o Brasil não inventou o biquini, mas recriou, não é? Uma criatividade enorme, na vanguarda da moda. Hoje, uma referência mundial. E nós precisamos ter espaço para novos empreendedores. Por isso, a agência de fomento, Nossa Caixa de Desenvolvimento, está aqui presente para apoiar com capital de giro, investimentos, inovações. Tivemos agora em Franca, reduzimos o imposto para o setor do sapato, coureiro-calçadista. O Centro Paula Souza, com as Etecs e Fatecs também aqui presentes, para a gente poder nas escolas técnicas e tecnológicas estimular a todos os cursos ligados à economia criativa, esse é um bom caminho. Eu dizia aqui que uma das empresas de maior valor do mundo é o Facebook, então, essa iniciativa da Abest, que eu tenho certeza vai crescer com é o Salão +B, ela é vanguarda, e ela precisa ser apoiada, incentivada e é isso que nós vamos fazer.


REPÓRTER: Governador, enquanto a criação do Museu da Moda. O que o senhor acha?



GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Então, já é uma primeira proposta ótima aqui no Salão +B de todo setor da moda. Eu conversava com o secretário da Cultura, Marcelo Araújo, que nós poderemos ter aqui o museu de referência para o Brasil inteiro. A história da moda, os vários momentos da sociedade, da cultura; ela retrata o que ocorreu, ela projeta o futuro. Então, eu vejo sim que vai ser um sucesso. Nós já temos aqui os museus mais visitados do Brasil. O Museu do Futebol, o Museu da Língua Portuguesa, Pinacoteca do Estado e o Museu da Moda, eu tenho certeza, tem tudo para ser um grande projeto para nós trabalharmos juntos.



REPÓRTER: Obrigado.