Coletiva - Audiência com o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa - 20120111

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Audiência com o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa

Local: Capital - Data: 01/11/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Com muita alegria recebemos a visita do prefeito eleito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa. Demos a ele os parabéns, fez uma bela campanha, propositiva, para frente, falando de Santos, muito perto da população, muito próximo do povo. E reiterei aqui a nossa confiança de que vai fazer um bom trabalho. Vamos trabalhar juntos, defendendo os interesses da população de Santos, trabalhando em benefício da população. Então, foi uma conversa muito proveitosa, percorremos educação, desde creche até as universidades na Baixada, passando pelo ensino técnico, tecnológico, os novos prédios. Falamos de saúde, da integração dos serviços. Falamos de transporte e, principalmente, da entrada de Santos, com os projetos que vão ser desenvolvidos. Falamos do VLT, cuja compra dos trens nós deveremos assinar o contrato nos próximos dias, e a obra física também ainda este ano. Falamos de segurança, possibilidade da prefeitura também atuar em conjunto. Falamos de saneamento básico, que é muito importante para a Baixada, a questão de abastecimento de água e tratamento de esgoto. Enfim, foi uma conversa muito proveitosa, mas, especialmente, aguardar o Paulo montar a sua equipe e depois, quando estiver com a equipe montada, a gente faz o encontro aí das equipes para poder avançar mais.


REPÓRTER: Com relação à segurança, que é uma situação importante lá para Baixada Santista, para Santos, um policial em Santos foi morto no primeiro turno das eleições. De que forma o Governo do Estado pode ajudar?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, nós já estamos reforçando lá na Baixada o efetivo da Polícia Militar. Então, de um lado, ter mais polícia na região, fazendo o policiamento preventivo, e ostensivo e repressivo, e nós teremos agora em novembro, mais 200 delegados de polícia, que já terminam a Acadepol, academia. Então, de outro lado, reforçar a Polícia civil, investigativa, judiciária, e presença policial permanente. E a prefeitura é sempre uma parceira importante. Iluminação, urbanização, políticas públicas com jovens, políticas sociais nos bairros de maior vulnerabilidade, câmeras de vídeo... É a chamada prevenção primária. Mas quero dizer da alegria aqui de receber o Paulo Alexandre, e ouvi-lo aqui.


REPÓRTER: Govenador, só uma pergunta pro senhor. O governo federal ofereceu ajuda para o Governo do Estado, eu gostaria de saber se o senhor vai aceitar, inclusive, o presídio de segurança máxima para os líderes do PCC?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, toda ajuda é muito bem-vinda. Nós já temos uma colaboração permanente na área de informação. Então, a polícia Federal e a Secretaria de segurança Pública de São Paulo trabalham muito juntas, inteligência, informação, sinergia, no sentido de prender os criminosos. Então, toda ajuda, seja ela qual for, ela é sempre bem-vinda.


REPÓRTER: O senhor pensa na transferência desses presos do PCC então pra...


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Paulinho, vamos lá.


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: A Operação Verão... Tem definido o número de policiais para Operação Verão?