Coletiva - Conheça os vencedores das Premiações da Cultura de São Paulo 2019 20203001

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Conheça os vencedores das Premiações da Cultura de São Paulo 2019

Local: Capital - Data: Janeiro 30/01/2020

Soundcloud

REPÓRTER: Metrópoles, TV Cultura, jornalismo da TV Cultura. O balanço dessa primeira parte, enfim, São Paulo está sendo cada vez mais reconhecido como estado, capital nacional da cultura, também?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bem, fico muito feliz, porque aqui em São Paulo cultura é prioridade, cultura é tratada com atenção, com carinho, e com respeito, como merece, ela é uma expressão de uma nação, é a expressão não apenas da arte, daquilo que ela representa na economia criativa, mas é uma expressão da democracia, dos valores de um país que respeita e aprecia a democracia. Em São Paulo, a cultura por parte do governo de São Paulo é respeitada dentro desse contexto. Eu devo muito ao Sérgio Sá Leitão, que está aqui ao meu lado, secretário de Cultura e Economia Criativa do estado de São Paulo, ex-ministro da Cultura do país, no governo Temer, devo muito ao trabalho que ele e toda a sua equipe vem realizando em São Paulo, pela cultura, pela defesa, e pela expansão dos projetos culturais aqui em São Paulo.

REPÓRTER: Governador, não é muito comum presidentes de empresas ganharem, serem reconhecidos, e hoje você chamou alguns deles, inclusive o presidente da IDP. Por que vocês fizeram esse tipo de ação, que não é tão comum a gente ver em eventos culturais?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Aliás, é incomum, que eu saiba, isso nunca foi feito, nessa dimensão do que fizemos aqui. Nós temos que reconhecer aqueles que são mecenas, que através das suas empresas, do seu bom sentimento apoiam a cultura, com, ou sem leis de incentivo, isso é muito importante. A cultura precisa agradecer à essas pessoas, à essas empresas e instituições que apoiam a cultura, porque ajudam a vitalizar o processo, e mostrar o respeito também que a livre iniciativa, que a atividade privada na sociedade civil tem pela cultura.

REPÓRTER: Governador, hoje a gente tem aí duas TVs abertas, a Cultura, a Band, [Ininteligível], com o Arte 1 participando. Acho que é bacana a gente vê que a cultura, que as TVs estão abertas a isso, e trazendo um conteúdo de qualidade também para as pessoas, né?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bem lembrado. Aliás, eu quero registro a isso, tanto à TV Cultura, como Fundação Padre Anchieta, é a sua história, é a sua alma, é parte da sua existência, e o canal Arte 1 da Band, agora com o acordo com a [Ininteligível] desde o ano passado. É uma demonstração de atenção e de valorização da cultura. E uma demonstração também de que é possível através de meios de comunicação na televisão, no rádio, além das mídias digitais, valorizar e ampliar a penetração daquilo que representa a cultura em todos os níveis socioeconômicos, e para todos os brasileiros, independentemente de onde estejam, e o que façam. Deu?

REPÓRTER: Governador, o diretor do Sesc de São Paulo recebeu uma homenagem hoje também. Eu queria que o senhor falasse um pouco sobre o trabalho do Sesc ir de encontro com a visão da importância da cultura para as pessoas.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço isso até com muita honra, e com muito carinho, o Danilo Santos que eu conheço há muitos anos, há mais de três décadas. É um grande nome da cultura brasileira, um nome também que atuou nos dois campos, apoiando a cultura, exposições, programas inéditos aqui em São Paulo, no âmbito cultural, reconhecido por todos indistintamente. Mas também um mecenas que ajudou com o trabalho no Sesc, com o apoio da Federação do Comércio, e do Abram Szajman, que também merece ser citado, para que muitas iniciativas pudessem ser realizadas aqui em São Paulo, fossem as nacionais, principalmente, mas também exposições internacionais de grande valor. São Paulo e o Brasil devem muito a Danilo. Deu?