Coletiva - Convênio com a Prefeitura de Botucatu 20122612

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Convênio com a Prefeitura de Botucatu

Local: Botucatu - Data: 26/12/2012


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Hoje é um dia histórico. Nós temos uma das melhores pinacotecas da América Latina, que é a Pinacoteca do Estado, em São Paulo. Com um acervo de mais de 10 mil obras e será a primeira pinacoteca fora da capital, a Pinacoteca de Botucatu. Então, estamos iniciando hoje, já liberando 2 milhões, vamos restaurar o prédio do fórum, que é um prédio do Ramos de Azevedo, de 1925 aqui no centro de Botucatu e ele será então, a sede da Pinacoteca do Estado. Esperamos em 16 meses entregar tudo pronto, o restauro completo desta obra de Ramos de Azevedo e a implantação da Pinacoteca do Estado em Botucatu, a primeira fora da capital, num projeto de interiorização da cultura, das pessoas não terem que todas irem pra São Paulo, mas poderem no próprio interior ter obras de arte, literatura, quadros, exposições de arte contemporânea, exposições permanentes e exposições transitórias. Então, uma grande conquista para a região. Queria também destacar as obras aqui de saneamento básico. Botucatu até 2014 será uma cidade 300%: 100% de água tratada, 100% de esgoto sanitário e 100% de esgoto tratado. Mais três bairros foram inaugurados hoje, as obras de água e de esgoto. E temos 16 estações de tratamento de esgoto, aqui na região, em obras. Então, nós vamos... será uma das primeiras regiões do estado a conseguirmos a universalidade: ter 100% de agua tratada, 100% de esgoto coletado e 100% de esgoto tratado nos municípios operados pela Sabesp e nós estamos ajudando as prefeituras que não são operadas pela Sabesp. E transferimos o aeroporto de Botucatu, aqui está a fábrica da EMBRAER, uma das fábricas da EMBRAER, é um pólo importante da indústria aeronáutica, transferimos para o município. Então, vamos fazer uma boa parceria, tenho certeza que nós vamos ter um grande crescimento aqui, com o aeroporto regional.

REPÓRTER: Governador, Bauru é a cidade com mais números de homicídios no estado. Como mudar esta realidade preocupante?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, nós tivemos nos últimos meses, um enfrentamento maior na questão da criminalidade e um aumento de homicídios. Mas se a gente comparar o mês de novembro com o mês de outubro, já começa a ver uma redução no estado de São Paulo, e essas regiões onde houve um crescimento maior, o governo vai concentrar os esforços. Estamos terminando o ano com mais 960 policiais militares a mais, 184 delegados de polícia já tomaram posse, já estão trabalhando no estado e, 135 fazendo ACADEPOL, a Academia de Polícia. Então, a polícia toda integrada, inteligência por parte da Polícia Civil na investigação, na elucidação dos crimes e na prisão dos criminosos e a Polícia Militar ostensiva na rua, preventiva e repressiva

REPÓRTER: Governador, ainda sobre a cidade de Bauru, recentemente foi dada a[inteligível] hospital estadual atende mais eletivos. Qual vai ser o papel do centrinho que chegou a ser anunciado como hospital geral pelo estado?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, o centrinho ele já está funcionando, ele é da Universidade de São Paulo, ele já está funcionando. O que o estado, nós estamos fazendo. Nós temos o hospital estadual, que é um dos maiores do Estado de São Paulo. São 300 leitos, mais de 300 leitos, nós temos o hospital, temos o AME também em Bauru, nós temos hospital psiquiátrico também em Bauru, nós temos um dos principais centros de tratamento de Mal de Hansen, de moléstias infecto contagiosas também, dos mais importantes. Nós temos a maternidade Santa Izabel que entrou em crise e o governo assumiu, através da Famesp, 100% financiamento do Estado e agora o hospital de base. Então, a Famesp vai assumir nos próximos dias, e é bom que seja a mesma OS administrando Santa Izabel, o hospital de Base, o AME e o hospital estadual, a mesma, porque daí você tem uma integração de serviços melhor. Eu acho que nós vamos iniciar o ano com um grande salto na área de saúde.

REPÓRTER: A gente já pode falar em data para a faculdade de medicina?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não, ela já assinou. Eu tenho impressão que o pessoal da faculdade está aqui, eu acho que é primeira semana de janeiro, nós já assinamos o contrato, já liberamos os recursos e agora é...


REPÓRTER: Eu digo da criação do curso de medicina.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Ah não, o curso de medicina depende do conselho universitário. Eu sou totalmente favorável. Por que eu sou totalmente favorável? É difícil você ter uma cidade grande como Bauru que reúna tantas áreas de saúde. É difícil você ter cinco, seis hospitais, e hospitais de boa complexidade e excelência em muitas áreas. É difícil você ter uma cidade tão preparada para ter faculdade de medicina, agora hoje a universidade ela tem autonomia, então isso precisa ser aprovado no conselho universitário. Nós já transmitimos ao reitor Durigan nossa posição totalmente favorável e colocando à disposição os hospitais do Estado, como o Hospital Escola, e pedindo para que se comece o mais rápido possível a residência médica porque isso vai ajudar a trazer a faculdade de medicina.


REPÓRTER: O senhor tentou visitar o fórum hoje cedo Governador?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Como?


REPÓRTER: O senhor tentou visitar o novo fórum hoje cedo?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Fórum de Botucatu?


REPÓRTER: Isso.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Eu estive três vezes lá no fórum na fase de obra, de construção, mas agora já está pronto, agora é trabalhar.


REPÓRTER: [inteligível] As falas do deputado Pedro Tobias teve algum, alguma coisa [Inteligível]?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não, zero. Nada, nada. O fórum esta pronto, é um dos melhores fóruns do Estado de São Paulo e muito bem feito, agora é fazer a mudança e trabalho.


REPÓRTER: Mas pronto o senhor pretende ver?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Eu já conheço o fórum. Quando tiver oportunidade eu irei, mas hoje aqui é o fórum antigo que como foi o antigo cemitério e algumas pessoas no começo do século queriam uma igreja, então vai ser a catedral da cultura, com toda a área cultural. Está bom?

REPÓRTER: O Senhor está liberando o aeroporto aqui para a Prefeitura, para o município e também novos equipamentos na Saúde. Qual é a estratégia que o Governo tem para Botucatu, não é? Acredita-se nestes quatro anos, muitos convênios foram assinados... acho que você já perdeu até a conta de convênios assinados aqui para a cidade. Qual que é a estratégia do Governo do Estado para Botucatu, liberando aí o aeroporto Tancredo Neves e esses equipamentos da saúde: o AME, o Hospital Estadual... Parceria, esse é o bom caminho, não é? Trabalhar juntos, sermos parceiros, quem ganha com isso é a população. E a Prefeitura é uma boa parceira. O João Cury está com um bom time, uma boa equipe, é rápido, bons projetos. E beneficia a cidade, a população de Botucatu e a região. Porque, como Botucatu é um pólo importante, regional, acaba beneficiando toda a região que é muito bom: É trabalhar, é servir a população. Tomar um cafezinho...

REPÓRTER: Governador, eu queria cumprimentar...