Coletiva - Convocação das distribuidoras de energia elétrica 20122012

De Infogov São Paulo
Revisão de 10h22min de 21 de dezembro de 2012 por Anapaulamarinho (discussão | contribs) (Criou página com ''''Coletiva - Convocação das distribuidoras de energia elétrica''' '''Local: Capital - Data: [http://infogov.imprensaoficial.com.br/index.php?title=2012#Dezembro 20/12/20…')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Convocação das distribuidoras de energia elétrica

Local: Capital - Data: 20/12/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, nós reunimos hoje aqui as 14 concessionárias de distribuição e transmissão de energia aqui do estado de São Paulo, com o secretário de energia, a Arsesp, a nossa agência reguladora. Secretário da Justiça, a Fundação PROCON e o compromisso de São Paulo com o atendimento, atendimento de qualidade a população e as empresas. Nós tivemos um investimento de importante no ano que se finda, R$ 2,2 bilhões investido pelas concessionários. Entrada em operação de mais cinco novas subestações, mais 2.800 equipes para o atendimento de emergência em dias críticos, mais de 1 milhão de podas de árvores, instalações de 6.500 chaves automáticas, modernização de subestações de energia, investimentos em transformadores, enfim, ampliação de Call Center. E São Paulo tem os melhores indicadores do país. Acabou de ser publicado pela ANEL, comparando o verão de 2010 com 2011, né, 2012, os dois últimos verões. O Brasil tem um DEC de 18,4 horas. É a duração equivalente de interrupção por consumidor. 18,4 horas. O Estado de São Paulo tem 8,14, menos da metade. E a FEC, que é a frequência equivalente de interrupção por consumidor, o Brasil, 11,15 vezes; São Paulo 5,06. E São Paulo do penúltimo verão para o último verão reduziu 10% a DEC, a duração equivalente de interrupção por consumidor e reduziu 9% a FEC, a frequência equivalente de interrupção por consumidor. Nós vamos entrar daqui a uns dias, senão acabar o mundo amanhã entraremos no verão, problema de raio e queda de árvore. Tá todo mundo preparado, mobilizado, equipes todas para a gente enfrentar o verão no estado inteiro, região metropolitana, litoral que tem muita gente nesse período. Coloquei a gravidade da questão, porque não fica só sem luz, fica sem água, para o abastecimento de água, problema de transporte, segurança, então um empenho total. A Secretaria de Energia, através da Arsesp, num acompanhamento permanente e fiscalização. Secretaria da Justiça, através da fundação PROCON, que na quinta-feira que vem, já abre, reabre, o canal direto de reclamação e queixas para os consumidores através da internet. E nós tivemos aqui também um ganho importante medido pela Fundação PROCON. Em 2010, as reclamações foram 2.407. Em 2011, 2.240 e este ano 2.006. Então, quinta-feira reabre esse canal direto com internet para possíveis queixas, também se discutiu aqui a questão do [ininteligível] que é a indenização no caso de algum aparelho que teve problema, enfim, para se ter um canal rápido também das concessionarias com os seus consumidores. E o empenho do estado no serviço público essencial como é a questão da energia para a população.

REPÓRTER: Governador, falando um pouquinho das sansões, as empresas que cumprirem o contrato...

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Isso tudo já é previsto, né? Você tem tanto as sansões por parte da agencia reguladora de energia quanto pela defasa do consumidor através do PROCON. Agora, o que é que nós estamos trabalhando, é trabalhar ao longo de todo o ano. Você tem que chegar no verão tudo preparado, então exigimos investimentos em novos [ininteligível], digitalização, sistemas de... Por exemplo, tem aqui um sistema novo, interessantes, que são os religadores automáticos, são 6.500 chaves automáticas. Se cair uma árvore, desliga tudo. Religa automaticamente 15 segundos depois. Se não houve o corte de energia, essa energia automaticamente vai se restabelecer, não fica tudo interrompido até chegar à equipe de emergência. Então...

REPÓRTER: Esse equipamento... [ininteligível] Que concessionaria que era quando [ininteligível]?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O Secretário de Energia pode... Está me dizendo que são todas! Mas ele pode detalhar melhor para vocês essas questões mais técnicas, mas a ação é sobre todas as concessionárias de distribuição e sobre a concessionária de transmissão.

REPÓRTER: Em 2010, o governo de São Paulo abriu investigação para apurar as responsabilidades sobre apagões em São Paulo, tal. Disseram na ocasião que poderia haver emissão de multa para a Eletropaulo, que era o alvo da investigação. O senhor sabe me dizer no que resultou essa investigação de 2010?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha está aqui, a diretora da ARSESP que é a Dra. Silvia, e ela vai poder detalhar aqui pra vocês. O que eu quero destacar é que nós tivemos este ano R$ 2,2 bilhões de investimento. Então São Paulo que já tem um índice que é dos melhores do país, e que vem melhorando ano a ano, com esses R$ 2,2 bilhões em todas as fases, né, do sistema até a ponta, nós estaremos mais preparados para enfrentar o verão, né, mais preparados! Sempre tem raio, tem queda de árvore, mas eles podem tecnicamente explicitar melhor, tá bom? Só um minutinho, ela já dá uma palavrinha.