Coletiva - Desfile Cívico-Militar do Dia da Pátria em comemoração ao 190º aniversário da Independência do Brasil - 20120709

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva no Desfile Cívico-Militar do Dia da Pátria em comemoração ao 190º aniversário da Independência do Brasil

Local: Capital - Data: 07/09/2012

COLETIVA 1


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, uma grande... Hoje é o dia, o dia maior da nacionalidade brasileira, cento e noventa anos da Independência do Brasil, pra nós brasileiros de São Paulo essa honra ainda maior, porque a Independência do Brasil foi proclamada aqui em São Paulo, aqui na cidade de São Paulo, lá às margens do Rio Ipiranga por D. Pedro I, então pra nós é uma dupla comemoração. E de outro lado, reafirmar, né, que a melhor homenagem que nós podemos prestar a pátria é trabalhando com honestidade, com eficiência, pra melhorar a qualidade de vida dos brasileiros, ter mais emprego, mais salários, as pessoas poderem viver melhor. A obra-prima do estado é a felicidade das pessoas.


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Como é que o senhor vê essa manifestação, por favor, governador, de algumas pessoas ligadas à Polícia Militar, sobre os policiais que estão morrendo e quanto a Defensoria Pública [ininteligível].


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Nós vamos falar depois, tá bom?


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Está aqui no evento, no cronograma.


COLETIVA 2


ORADORA NÃO IDENTIFICADA: Governador, mais um 7 de setembro, sendo comemorado aqui, a expectativa pra esse evento.


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, cento e noventa anos da independência, pra nós brasileiros de São Paulo essa alegria, essa honra ainda... é ainda maior, porque foi aqui em São Paulo, aqui no bairro do Ipiranga, às margens do Rio Ipiranga, que D. Pedro I proclamou a Independência do Brasil. Então é um motivo de grande orgulho, de alegria, e a melhor homenagem que nós podemos fazer a pátria brasileira é trabalhar, né, trabalhar com honestidade, com eficiência, pra melhorar a vida da população. A qualidade de vida da população; emprego, renda, que as pessoas possam viver melhor. A obra-prima do estado é a felicidade das pessoas.


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Tá joia, gente, obrigado viu?


COLETIVA 3


ORADOR NÃO INDENTIFICADO: Pode ajudar o candidato Serra a reverter esse quadro?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Acho que falta um mês ainda, a campanha tá indo bem. Acho que a tendência do Serra daqui pra frente é de crescimento. Essas oscilações elas são normais, né? Mas acho que a tendência é de crescer.


ORADOR NÃO INDENTIFICADO: O senhor vai participar mais ativamente [ininteligível].


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Já gravei para a televisão, já tenho participado, permanentemente.


ORADOR NÃO INDENTIFICADO: E politicamente, governador...


COLETIVA 4


ORADORA NÃO INDENTIFICADA: O que o senhor achou do desfile?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, desfile bonito, desfile escolar, estudantil, os jovens, as crianças, os alunos adoram participar do desfile, tanto é que tem muitas escolas que querem participar. Aí precisa ter uma seleção senão fica muito longo o desfile. Desfile Militar também muito bonito, motorizado que é um verdadeiro...


ORADORA NÃO INDENTIFICADA: O que emocionou mais o senhor?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Eu gosto muito do desfile escolar porque me lembra do meu tempo de escola em Pindamonhangaba e do desfile motorizado, porque ali tá o museu do automóvel, né? Vai desde o fusquinha. Não é do seu tempo, né? O Opala, veraneio...


ORADORA NÃO INDENTIFICADA: O que o senhor fazia, participava da fanfarra ou saia marchando?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Não, não, eu saia marchando. E veraneio, então um desfile motorizado também é bacana. E a Cavalaria, né? E fiquei muito feliz com a presença da Revolução de 32, que esse ano fez 80 anos. Nós temos 39 heróis, né? Todas acima de 90 anos de idade. Mas queria destacar que para nós brasileiros de São Paulo, a data 190 anos da Independência é a data maior da nacionalidade. E a aclamação da Independência aqui em São Paulo, na cidade de São Paulo, às margens do Rio Ipiranga, com D. Pedro I, momento histórico. E entendo que a melhor maneira de nós homenagearmos a nação é trabalhando com honestidade, com eficiência para melhorar a vida da população, para melhorar a qualidade de vida, ter mais emprego, mais renda, melhorar a vida dos brasileiros. A obra prima do Estado é a felicidade das pessoas.


ORADORA NÃO INDENTIFICADA: E governador, vai dar para reverter à rejeição do candidato José Serra nas eleições?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Vai. O Serra vai para o segundo turno. Falta um mês, tá no segundo turno e vai crescer mais ainda. Nós estamos otimistas. Essas oscilações elas são normais. Temos o melhor candidato.


ORADORA NÃO INDENTIFICADA: O senhor acha que ele vai para o segundo turno com quem?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom aí...


ORADORA NÃO INDENTIFICADA: Não dá pra chutar?


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Nós já falamos... Bom trabalho.