Coletiva - Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo 20121912

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo

Local: Capital - Data: 19/12/2012

REPÓRTER: Nós estamos aí para atingir dez concursos de Café Gourmet. É um setor que se expandiu nos últimos dez anos, e só tem de a evoluir ainda mais neste estado que alavanca o país?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Exatamente. O café está entre os dez produtos agrícolas mais importantes da agricultura de São Paulo. São Paulo é o terceiro maior produtor de café do Brasil. Já foi o maior produtor brasileiro, quando se dizia a política do café com leite, era o café de São Paulo e o leite de Minas. Hoje São Paulo não é o maior produtor, mas caminha para o café de qualidade. Para se ter uma ideia, a saca de café hoje está em torno de R$ 350, o café de qualidade acima de R$ 450 e o café campeão foi vendido a R$ 2,3 mil uma saca. Nós temos regiões aqui de café excepcional, Alta Mogiana, ali Caconde, São Sebastião da Grama, Serra da Mantiqueira, região lá da Franca. Geralmente regiões mais altas, 900m, 1,1 mil, 1,2 mil metros, café de excelente qualidade. Estamos trabalhando, a Secretaria da Agricultura através do Instituto Agronômico, novas modalidades, novos cultivares, através do biológico a certificação. A certificação é muito importante para se conquistar mercado, combate de pragas e crédito, FEAP. Café é uma boa alternativa pra pequena propriedade, quem tem 8 hectares, 6 hectares, 10 hectares, agrega bastante o valor, mão-de-obra intensiva. Então, tem importância econômica e social. E eu que sou um fã do café, tomo de 15 a 20 cafés por dia, o café é o momento de uma paradinha, do relax, de curtir um pouco a vida, conversar um pouquinho. E grandes decisões foram tomadas junto ao café. A independência dos Estados Unidos, a revolução francesa, todas elas foram ali no café, então...

REPÓRTER: No intervalo.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: No intervalo. O café faz bem para a saúde, melhora o humor das pessoas, torna a pessoa mais... Melhora a atividade cerebral. O café é muito bom e é importante economicamente. É uma das grandes cultivares do Estado de São Paulo, e socialmente, porque é uma boa alternativa pra pequena propriedade.

REPÓRTER: O senhor pode falar do café solidário, por favor?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Ah, queria agradecer aqui, porque o Fundo Social de Solidariedade recebeu 500 kg de café. E quero em nome da Maria Lúcia, da Lu e do Fundo Social de Solidariedade, agradecer, e o café campeão aqui, que é o café especial, ele vai ser servido lá no gabinete. Então vamos prestigiar...

REPÓRTER: É o santo grão?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: É o santo grão. Café campeão este ano é o santo grão. Então nós combinamos que todo ano o café campeão vai ser o café que o governador vai servir aqui nas audiências.

REPÓRTER: Agora vai comemorar cem milhões de pratos no Bom Prato. O que esse programa revitalizou aí essa questão da carência de quem não tem dinheiro para comer e que a um real consegue uma refeição?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, o que aconteceu hoje? Muita gente nas grandes cidades, especialmente São Paulo, come fora de casa porque a pessoa não tem jeito de sair cedo e voltar para almoçar, então a pessoa acaba tomando refeições fora de casa e às vezes não se alimenta adequadamente, além de gastar muito dinheiro. Então, nos locais de passagem, perto de metrô, trem, ponto de ônibus, pessoas desempregados perto de locais bastante populares nós estamos implantando o Restaurante Bom Prato que tem o controle do ITAL, que é o Instituto de Tecnologia de Alimentos, então é uma alimentação perfeita. O almoço do Bom Prato é igual do Fasano, ou seja, carboidrato, lipídios, proteínas, vitaminas. Ele é perfeito, é o arroz, o feijão, a verdura e uma carne, um frango, um peixe, uma carne, uma proteína, o pãozinho, o suco da época e uma fruta de sobremesa. Ele é perfeito. Então a gente garante uma alimentação equilibrada, perfeita, quente, bem feita sob o ponto de vista nutricional no restaurante, para a pessoa comer devagar, comer sentada, melhora a digestão, melhora a sua saúde, por um real. Hoje está custando praticamente R$ 3,80, então nós cobrimos R$ 2,80 de subsídio. E muito bem feita esse... E eu levei os chefes, os melhores chefes de São Paulo, Lohan, por exemplo, cozinha francesa, e eles ficaram admirados com a qualidade porque ele falou: “Olha, você fazer uma alimentação dessa qualidade para cem pessoas não é difícil, mas você fazer todo dia para mil e oitocentas pessoas - que é o que normalmente um Restaurante Bom Prato fornece - não é fácil”. E tem o café da manhã, cinquenta centavos, pão, manteiga, queijo, frios, fruta, achocolatado, café, leite. E tem internet gratuita, banda-larga o dia todo com monitor, quem precisar tem internet, e tem o Via Rápida Emprego voltado à gastronomia. Então nós damos aula, gratuitamente você forma cozinheiro, pizzaiolo, padeiro, confeiteiro, chapeiro, e que tem grande procura. Então as pessoas se formam, inclusive os melhores chefes de São Paulo, aqui do Restaurante Bom Prato de Paraisópolis, já foram contratados os primeiros formados no Via Rápida como estagiários das melhores cozinhas de São Paulo.

REPÓRTER: Há 35 unidades, o senhor pretende expandir?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Nós vamos expandindo, sempre com essa lógica de ser em local de grande movimento e de pessoas que passam, de menor renda para poder oferecer a um real quem está fora de casa garantir uma alimentação de qualidade. O melhor remédio que existe é um bom alimento, a pessoa se alimentar errado vai prejudicar a sua saúde, se alimentar bem ela vai melhorar a sua saúde. As células do corpo trocam a cada quatro meses, daqui quatro, cinco meses, o cabelo, a pele, a unha o sangue, os ossos, as mucosas trocou tudo, menos as células do cérebro. Como é que você refaz o corpo humano? Através do alimento, então o alimento é essencial para a saúde.