Coletiva - Entrega de 40 casas da CDHU 20142311

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Entrega de 40 casas da CDHU

Local: Região de Araçatuba - Data:Outubro 23/10/2014

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha uma grande alegria vir aqui à região e quero aproveitar para agradecer a grande manifestação de confiança da população e de toda a região aqui, dizer do nosso compromisso, humildade, trabalho, eficiência, melhorar vida da nossa população. Hoje nós estivemos, chegamos ceder Penápolis, agora no mês que quem é vem já será entregue o Poupatempo lá de Penápolis, vamos ver também a recuperação da vicinal de Penápolis aqui para Glicério, aqui em Glicério estamos entregando 40 casas, no conjunto habitacional aqui no distrito em Juritis e autorizamos mais 70, autorizamos também dois quilômetros de recapeamento de vias públicas e a rotatória de acesso da cidade com a vicinal Avenida Osvaldo Xavier, com o acesso da cidade, que é uma rotatória importante. Todas as casas que nós estamos entregando e todas as casas que nós estamos construirmos terão aquecedor solar, energia solar, reduz a conta de luz em quase 30%, a conta de luz e a sustentabilidade, energia solar. Aqui em 60 dias será instalado o aquecedor solar. Daqui nós estamos indo à Clementina para entregar já a recuperação, o acostamentos, recapeamento de SP463, mais um mês, entregaremos de Clementina até Bilac e até Araçatuba. Em Araçatuba estamos fazendo a duplicação e os novos viadutos, aí teremos mais uns quatorze meses de obra e entregaremos até dezembro de Araçatuba até as Barrancas do Rio Tietê. Já estamos licitando também de Rio Tietê até Jales, até Euclides da Cunha, lá na região de Rio Preto. Então será uma obra de grande envergadura para o desenvolvimento regional.

REPÓRTER: Governador, aproveitando a sua presença, nós não poderíamos deixar de perguntar a respeito da seca que atinge o país, que atinge o estado. Qual são as medidas do governo também em relação [Ininteligível 00:02:44].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, a seca é a maior dos últimos 84 anos, ela atingiu muito o oeste e o norte de São Paulo, sul de Minas Gerais e o Triângulo Mineiro. Então, a seca é muito localizada no Sudeste e a região norte oeste de São Paulo, sul de Minas e Triângulo Mineiro. Nós estamos garantindo o abastecimento em todos os municípios operados pela Sabesp, todos, todos eles estão com o abastecimento garantido. Inclusive a região metropolitana de São Paulo. Alguns municípios que são prefeitura, serviço autônomo, nós estamos ajudando. Tambaú, ajudamos com recursos, com carro-pipa, com tubulações, engenharia. E Itu nós liberamos 20 caminhões-pipa e estamos mandando também água da Sabesp para ajudar o município de Itu, que é um serviço da prefeitura e privatizado. Em relação à Hidrovia Tietê-Paraná, estamos insistindo com o Operador Nacional do Sistema para manter Ilha Solteira, que é o Operador Nacional do Sistema que regula a liberação das represas para manter Ilha Solteira um pouco mais alta, porque se ficar um pouco mais alta dá para restabelecer a navegação na Hidrovia Tietê-Paraná. É também resultado da seca, mas nós estamos insistindo junto ao governo Federal que se aumentar um pouco a cota de Ilha Solteira, segurar um pouco, dá para recuperar o canal de Pereira Barreto e restabelecer a Hidrovia Tietê-Paraná.

REPÓRTER: Existe alguma previsão para isso?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, estamos... Até chequei aqui agora, os relatórios já foram entregues ao ONS, Operador Nacional do Sistema, à ANA e também ao IBAMA. Que você tem dois problemas, com a queda de Ilha Solteira, do reservatório, você para a hidrovia, como parou, e tem mortandade de peixes. Então é preciso suspender o nível de Ilha Solteira, e é possível isso. Mas quem regula... A CESP cumpre ordem, quem regula é Operador Nacional do Sistema. Nós esperamos que tenhamos ainda no mês de novembro uma autorização para levantar o nível da represa de Ilha Solteira, do reservatório.

REPÓRTER: Para que a navegação volte mesmo?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Para que a navegação volte, não volta em 24 horas. E também depende do nível de chuva. Acabou o inverno já, né? Nós já estamos na primavera. Então se nós tivermos um volume de chuva maior recupera mais rápido. Está bom?

REPÓRTER: Governador, qual a sua expectativa para o segundo turno dessas eleições?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, uma eleição equilibrada, mas eu acho que o Aécio tem toda chance aí de chegar lá.

REPÓRTER: O senhor acredita... Está uma preocupação no partido as novas pesquisas que mostram Dilma um pouco à frente?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Ah, eu acho que está tudo equilibrado, né. Acho que está tudo na chamada margem de erro. Mas como eu estou aqui a trabalho, então evitar de questão eleitoral. Está bom? Região de Araçatuba