Coletiva - Entrega de unidades habitacionais - 20122508

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva na Entrega de unidades habitacionais

Local: Itajobi - Data: 25/08/2012


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Dizer da alegria de estar aqui, hoje, em Itajobi na entrega aqui de 98 casas, são 98 famílias que realizam o sonho da casa própria, famílias que ganham um salário mínimo, dois salários, três salários que podemsair do aluguel e ter acesso à casa própria. Nós temos hoje em obra na região 3.500 unidades e 5.000 programadas já pra começar a partir do ano que vem. Cada casa são quatro empregos, então é muito emprego na região. O programa habitacional tem essas duas finalidades: possibilitar famílias de menor renda ao acesso à casa a própria e de outro lado através da indústria da construção civil gerar emprego no Estado de São Paulo. Então é um programa economicamente e socialmente importante.


REPÓRTER 1: Governador, qual é a emoção de entregar uma chave, afinal de contas a casa própria é o sonho de todo brasileiro?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha! Eu dizia o seguinte: que na vida a gente vive de sonho, né, quando é criança sonha com a bola de futebol, com o brinquedo, a boneca; depois sonha com o namorado a namorada; sonha com os filhos e o sonho da família é ter um teto, né? É você ter uma casa, sair do aluguel, deixar de morar às vezes com parente pra poder ter a sua casa própria, é não é fácil pra quem ganha um salário guardar dinheiro, fazer poupança, pagar a prestação cara, e aqui não! Aqui, quem ganha um salário mínimo tem acesso à casa própria, 98 entregues e vamos fazer mais 100... 160 aqui em Itajobi. Tá bom?


REPÓRTER 2: Tem previsão pra início dessas obras, dessas outras [ininteligível]?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: A prefeitura acabou de comprar o terreno, cada um alqueire mais ou menos dá pra fazer umas 70, 80 casas. Então dois alqueires e meio dá para fazer 160 casas, passou à escritura, a gente começa.


REPÓRTER 3: Itajobi está sendo merecedora com esse trabalho, mas a região também pode estar ganhando com isso?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Ah, não tenha dúvida! Nós temos só aqui na região 3.500 unidades, geralmente cidade menor é casa, cidade maior, apartamento, também pode ter casa, mas normalmente, nós temos casas no interior e apartamentos na região metropolitana, e fizemos... Assinamos com a presidenta Dilma um convênio, nós estamos pondo R$ 20 mil por unidade no Minha Casa, Minha Vida Federal, porque em São Paulo a casa é mais cara não ia conseguir fazer uma casa no interior por R$ 57 mil e na capital por R$ 65 mil, você comprar o terreno, fazer a infraestrutura e construir, você não consegue com R$ 65 mil um apartamento em São Paulo com tudo isso, embutido. Então, nós viabilizamos 2.000 unidades no Estado, aliás, 100.000 unidades: R$ 20 mil, 100.000 unidades dá R$ 2 bilhões de investimento do Estado para o Minha Casa, Minha Vida, é o que nós chamamos de Casa Paulista, e aqui é 100% recursos do Governo do Estado.


REPÓRTER 3: Agora governador, a gente percebe uma melhoria nas estruturas das casas, né, da CDHU, também?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Então tem duas melhorias... Três melhorias: a primeira na casa, a casa com caixilho de alumínio, pé-direito mais alto, piso cerâmico, ladrilho na área úmida, enfim, a qualidade da casa. Depois o condomínio, você tem asfalto, calçada, muro divisório, água, esgoto, iluminação pública e terceiro sustentabilidade, energia solar! Então quem morar aqui no conjunto habitacional vai ter uma economia para o resto da vida de na conta de luz de quase 25% que você vai poupar, porque a maior despesa de energia é chuveiro, e energia solar, você faz o aquecimento do chuveiro praticante sem gastar energia elétrica.


REPÓRTER 4: Governador, nós estamos acompanhado a sua agenda deste cedo, nós sabemos que o senhor não dispensa um bom cafezinho, como o senhor tomou agora em Olímpia, vai tomar um café aqui em Itajobi, também?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Vamos tomar aqui, o bom café de Itajobi! Você sabe que...


REPÓRTER 5: Posso falar uma coisa, governador?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Você sabe que café faz bem para o cérebro, né, deixa a pessoa mais bem-humorada.


REPÓRTER 5: Eles estavam perguntando, nós teremos a única usina solar de energia limpa fotovoltaica do país é a Eike Batista em Tauá no Ceará, e nós teremos a primeira no Brasil com parceria pública-privada aqui em Itajobi já temos a área tudo certinho, logo estarão prontas as instalações!


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha aí, grande notícia para o desenvolvimento sustentável!


REPÓRTER 5: Isso!


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: E nós estamos aqui em Itajobi na capital do limão!


REPÓRTER 5: Isso!


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: E a região, é uma região que tem o maior pomar cítrico de São Paulo, e São Paulo é o maior produtor citros do mundo, mais que a Florida, e houve um excesso de produção de laranja, então o que nós fizemos? A laranja, a fruta já era 0% o ICMS, mas o suco de laranja era 18% o ICMS. Reduzi essa semana que passou para 12%, então vai cair o preço do suco de laranja no mínimo 6% no supermercado, então, as pessoas podem comprar mais barato o suco de laranja, porque nós reduzimos o ICMS, vitamina C faz bem pra saúde e o bom limão aqui de Itajobi.