Coletiva - Governo de São Paulo entrega UBS em Monte Mor 20201001

De Infogov São Paulo
Revisão de 10h04min de 13 de janeiro de 2020 por Alinemourasilva (discussão | contribs) (Criou página com ''''Coletiva - Governo de São Paulo entrega UBS em Monte Mor''' '''Local: Monte Mor - Data: [http://infogov.imprensaoficial.com.br/index.php/2020 Janeiro 10/01/2020]''' [ht…')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Governo de São Paulo entrega UBS em Monte Mor

Local: Monte Mor - Data: Janeiro 10/01/2020

Soundcloud

JOÃO DORIA, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Nós estamos aqui hoje em Monte Mor, região metropolitana de Campinas para entregar mais uma unidade de saúde familiar. Nós temos um programa para a implantação de 173 dessas unidades neste ano de 2020 aqui no estado de São Paulo. E é a primeira que nós estamos inaugurando, já no início de janeiro, é aqui em Monte Mor, na sua cidade Thiago, você que é prefeito de Monte Mor, ao lado de deputados estaduais, federais, secretários e secretárias, da secretária de saúde aqui de Monte Mor e do nosso secretário da saúde José Henrique Germann. Saúde, educação, segurança pública, assistência social são prioridades do nosso governo. Ficamos muito felizes de construir essa parceria com Monte Mor para entregar esta unidade que começa a funcionar na próxima segunda-feira. O atendimento previsto é para serem atendidas 200 pessoas por dia, o que significa quase 5 mil pessoas todos os meses, são 60 mil pessoas por ano no atendimento, em clínica geral, pediatria, ginecologia, e o atendimento odontológico também. É o governo do estado cumprindo a sua obrigação na área da saúde.

REPÓRTER: Governador, hoje o senhor anunciou uma mudança do ICMS para favorecer o agronegócio. Explica para a gente essa mudança, e qual que é o propósito dessa mudança no imposto.

JOÃO DORIA, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Essa mudança no imposto faz parte do programa econômico desenvolvido pelo governo do estado de São Paulo e sob o comando do Henrique Meirelles, que é o nosso secretário da fazenda, para reduzir o impacto de impostos sobre equipamentos para agroindústria, especificamente na produção de alimentos: massas, biscoitos, bolachas, vão ter uma redução potencial, já que os equipamentos serão importados a menor custo, vamos dar mais competitividade para a indústria e consequentemente mais condições de reduzir o preço dos produtos na gôndola para o consumidor, é algo que nós esperamos. Já fizemos outras iniciativas em diferentes setores, que é o único governo do país que não aumenta impostos, não cria taxas, ao contrário, reduzimos impostos de incidência do ICMS, de maneira responsável evidentemente, como cabe obrigatoriamente a um governo ser responsável para dar respaldo a sua política fiscal. O governo estado de São Paulo terminou bem o ano, pagamos todos os salários, todos os fornecedores, diferentemente de alguns estados brasileiros que, infelizmente, sofreram bastante, alguns não conseguiram sequer completar o pagamento do seu 13º salário. São Paulo por força da sua boa gestão está em dia com seus pagamentos, e realizando aquilo que é importante para gerar empregos e gerar novas oportunidades de renda e de negócios.

REPÓRTER: Governador, depois dessa Unidade Básica, quais são os próximos planos para [ininteligível] em Campinas principalmente.

JOÃO DORIA, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Continuar investindo na segurança pública. Campinas tinha, até recentemente, um problema sério de segurança pública, os índices eram ruins, hoje melhoraram muito. Queria até mencionar que especificamente nessa região nós tivemos uma redução de 35% de roubo de carga, 18% em homicídios, 14% em roubos de forma geral, 14% a menos em roubo de veículos, 12% em furtos de veículos e furtos de forma geral menos 7%. E aqui em Monte Mor tivemos uma execução ainda maior, só em roubo de carga menos 64%. Isso foi fruto do trabalho Rodovia Mais Segura, que nós implementamos a partir de março de 2019, e o programa também São Paulo Mais Seguro, colocando mais segurança, mais policiais da Polícia Militar, policiais civis, os batalhões, delegados, armas, equipamentos, tecnologia para as ações preventivas. Essa foi uma prioridade que funcionou bem. Rapidamente nós conseguimos baixar a criminalidade nessa região, mas não estamos satisfeitos, temos que avançar ainda mais. E gerar empregos. Nós conseguimos uma geração de empregos também muito expressiva nessa região, e agora como vocês puderam observar ontem, nós... anteontem, na verdade, nós conseguimos a concessão da rodovia PiPa, Piracicaba/Panorama. Essa rodovia vai gerar de imediato 11 mil empregos para trabalhadores que começam a trabalhar nessa região metropolitana de Campinas e vão até o extremo do estado produzindo essa nova rodovia, 12.350 quilômetros de rodovia, R$ 15 bilhões de investimentos, mais R$ 1 bilhão e 100 milhões de ágio, gerando empregos, gerando oportunidades.

REPÓRTER: Obrigada.

REPÓRTER: Obrigada a todos.

JOÃO DORIA, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Como nós temos a expectativa muito em breve poder anunciar o trem intercidades, que vai ligar São Paulo à região metropolitana de Campinas, a Campinas com a extensão de Indaiatuba. É um programa do estado de São Paulo junto com o governo federal. E provavelmente no primeiro semestre desse ano nós vamos estar fazendo esse anúncio, um sonho de quase 15 anos também dessa região. Obrigado.

REPÓRTER: Obrigada.

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Encerrada a coletiva de imprensa, mais uma vez agradecemos a presença--