Coletiva - Governo de SP lança bilhete do Metrô e CPTM com tecnologia digital QR Code 20201112

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Governo de SP lança bilhete do Metrô e CPTM com tecnologia digital QR Code 20201112

Local: Capital - Data: Dezembro 11/12/2020

Soundcloud

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Nós vamos tentar fazer o mais rápido possível aqui, esse é um horário de grande movimento aqui na estação, e nós não queremos prejudicar o movimento das pessoas que estão retornando pras suas casas. Então, vamos fazer de forma breve, e abrir a quatro perguntas de vocês. Vou pedir ao Alexandre Baldy, nosso secretário de transportes metropolitanos, que possa apresentar aqui o novo bilhete, o bilhete digital QR Code, que permite o embarque com o seu próprio celular, é uma inovação no sistema, uma inovação no Brasil, nós vimos isso há um ano e meio atrás, na Coreia do Sul, e eu, pessoalmente, fiquei muito impressionado com a facilidade e agilidade desse sistema, e solicitamos pra que o secretário pudesse avançar com a equipe do metrô e foi isso que aconteceu, e agora, ainda neste ano de 2020, podemos inaugurar o TOP, o bilhete digital para o metrô de São Paulo e, futuramente, será aplicado também para os outros sistemas de transporte, sob orientação e sob o controle do Governo do Estado de São Paulo. Baldy.

ALEXANDRE BALDY, SECRETÁRIO DE TRANSPORTES METROPOLITANOS DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bem, boa tarde, governador, a todos. Hoje, o Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Transportes Metropolitanos, da CPTM e do metrô, fazem aqui a inclusão de um novo sistema de bilhetagem, o sistema eletrônico, digital, com o modelo QR Code, que é modelo adotado em boa parte dos países da Ásia, em sistemas que têm o mesmo volume como a cidade de São Paulo, por exemplo, como a China, em Shangai e Pequim, e também, com essa plataforma, que se complementa às demais, a nossa preocupação é com o meio digital, principalmente em meio a esse momento de pandemia, que as pessoas possam ter, senhoras e senhores, a utilização pelos seus smartphones, pela palma da sua mão. A adoção da compra com o cartão de crédito, cartão de débito, para que também, com essa facilidade, não haja a necessidade, caso o cidadão escolher, de ir até uma bilheteria, ele pode sair da sua casa e possa já comprar o seu bilhete com o seu cartão de débito ou crédito, e na palma da sua mão, com o seu celular, fazer a utilização nos bloqueios do metrô e da CPTM, é uma tecnologia que também visa, com o próprio QR Code, poder acabar com as fraudes, que hoje é uma preocupação do sistema de bilhetagem, pela própria tecnologia, que é adotada em boa parte dos sistemas ao qual ela é inserida, e também visa para nós podermos facilitar a vida dos cidadãos no dia a dia. Portanto, governador, esse meio é utilizado para buscar a substituição do bilhete físico [ininteligível], e que complementa todos os demais, como o bilhete único e os demais, que são utilizados nas plataformas do metrô e da CPTM.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Muito obrigado, Alexandre Baldy, parabéns. Parabéns ao sistema de transporte de São Paulo, ao metrô, a CPTM, essa é a modernidade, o sistema digital é um sistema mais rápido, mais eficiente, de menor custo e que impede a fraude também, e coloca São Paulo dentro do patamar das principais regiões do mundo, sobretudo na Ásia, onde o sistema já é utilizado para facilitar o acesso, o ingresso às estações de transporte. Então, muito obrigado, parabéns pela iniciativa, o processo começa a ser aplicado a partir de agora, e disponibilizado à população do Estado de São Paulo. Conforme mencionei, esse é um horário de grande volume aqui, de pessoas, vamos tentar liberar rapidamente, pra não prejudicar as pessoas que têm o direito de voltarem às suas casas pra descansarem e aproveitarem o final de semana, nós vamos considerar aqui quatro perguntas, duas perguntas, ok, então, melhor ainda. Tem, aqui. Eu estou imunizado, pode ficar tranquilo.

REPÓRTER: Bom, boa tarde, governador, boa tarde a todos. Governador, eu queria um comentário, eu queria que o senhor comentasse a respeito daquela possibilidade de confisco das vacinas, eu acho que é importante comentar sobre isso hoje. Obrigada.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado pela pergunta. Eu acabei de fazer uma postagem, um tuíte, e vou reproduzir pra vocês aqui, dizendo que os brasileiros esperam pelas doses da vacina, e é isso que a população deseja, ser vacinada, ser protegida e ser salva pelas vacinas, não há nenhuma necessidade do governo propor medida provisória que possa ser interpretada como confisco de vacina, nós já oferecemos a vacina ao Ministério da Saúde, estamos falando disso há mais de dois meses, por que confiscar aquilo que nós queremos oferecer para que o Ministério possa comprar e colocar dentro do sistema nacional de imunização? Vamos falar aquilo que é necessário, vamos salvar vidas, vamos proteger vidas, vamos apoiar as vacinas, a vacina do Butantan e todas as demais vacinas, para imunizar o mais rápido possível os brasileiros, toda vida conta, todo dia é importante, a cada dia que passa sem a vacina, quase 800 brasileiros perdem a vida no nosso país, nós não podemos colocar a política à frente da vida.

REPÓRTER: Governador, o senhor disse... Alô. O senhor disse que a implementação desse bilhete, né, eletrônico, é por conta das fraudes, mas as maiores fraudes não estão relacionadas aos bilhetes unitários e sim ao bilhete único, e também tem um desperdício do papel. Então, por que necessariamente vocês começaram pelo bilhete individual, e pegando carona aqui na questão da colega sobre as vacinas, queria entender qual tem sido a política de participação do senhor nas coletivas de imprensa, o senhor tem feito mais uma presença quando fala da vacina pra tentar vender a vacina e não tanto sobre as restrições que estão sendo colocadas pra prevenir que a pandemia se alastre mais, por que o senhor tem delegado isso a outras pessoas do seu gabinete?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Muito bem. A primeira pergunta será respondida pelo Alexandre Baldy, mas eu quero também esclarecer em relação a primeira pergunta, que este programa, o sistema TOP de QR Code não foi criado por causa das fraudes, foi criado porque ele é moderno, é assim que funciona nos países de primeiro mundo, e a Ásia foi a primeira região do mundo a utilizar esse sistema, eu vi isso no Japão, vi isso na China, vi isso na Coreia do Sul, entendi que isso era uma forma adequada pra facilitar e agilizar o procedimento na utilização do ingresso para o sistema de transporte coletivo, não necessariamente pela fraude, ele facilita, ele cria uma vantagem adicional no uso de tecnologia, ele permite um uso mais adequado e racional por parte do usuário e ele reduz fraudes também, é nesta ordem. Em relação às coletivas de imprensa, eu participei de 151 coletivas de imprensa, 151 coletivas de imprensa, porém fizemos algumas coletivas de imprensa exclusivamente da área médica, como foi feita hoje no Instituto Butantan, ao longo de todo esse período, de dez meses, foram feitas oito coletivas pela área médica, eu não tenho necessidade de participar de coletivas onde a medicina fala integralmente pelo governo, e o Governo do Estado de São Paulo segue rigorosamente a orientação da medicina e da saúde, desde março deste ano, quando nós passamos a ter o centro de contingência do Covid-19, todas as ações do Governo do Estado de São Paulo são pautadas e orientadas pela saúde, não há uma decisão do governo diferente da decisão da saúde, é a decisão da saúde que pauta as decisões do governo. Quer completar só o tema do QR Code?

ALEXANDRE BALDY, SECRETÁRIO DE TRANSPORTES METROPOLITANOS DO ESTADO DE SÃO PAULO: Governador, o senhor disse muito bem, a solução TOP, ela vem ao encontro da facilidade, da simplificação da relação do cidadão com o sistema de transporte, pra que ele possa, pelo seu telefone, pelo seu smartphone, poder utilizar, com a tecnologia QR Code para poder, em todas as estações da CPTM e do metrô, e nas linhas quatro amarela e cinco lilás, o modelo de bilhete TOP, para que os meios de pagamento possam ser inclusos, como cartão de crédito, cartão de débito, e também pra que ele possa, com essa tecnologia, poder ter essa facilidade ao poder utilizar dentro de todas as plataformas. Portanto, é uma tecnologia bem avançada e, como disse e repito, em modelos de sistema que operam como a cidade de São Paulo, ela é amplamente utilizada e que, é claro, a segurança que provém o QR Code, em várias plataformas, elas são amplamente utilizadas por justamente combaterem a fraude na sua tecnologia.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: E São Paulo segue sempre avançando na tecnologia para atender a necessidade de um mundo cada vez mais moderno, mais digital, e facilitando a vida daqueles que utilizam o sistema de transporte no Estado de São Paulo. A todos, muito obrigado, vamos liberar a área pra permitir que a população tenha espaço e conforto pra retornar às suas casas, tenham todos, inclusive os jornalistas, cinegrafistas, fotógrafos, um bom final de semana, fiquem com Deus, semana que vem, na segunda-feira, estaremos juntos na coletiva de imprensa de número 152 lá no Palácio dos Bandeirantes. Obrigado, bom final de semana, fiquem com Deus. Obrigado, pessoal.