Coletiva - Governo entrega Terminal Carapicuíba e amplia mobilidade na região Oeste de SP 20211506

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Governo entrega Terminal Carapicuíba e amplia mobilidade na região Oeste de SP 20211506

Local: Capital – Data: Junho 15/06/2021

Soundcloud

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Mais uma vez, bom dia. Muito obrigado pela presença, meus colegas jornalistas, cinegrafistas, fotógrafos, muito obrigado por terem vindo nessa manhã aqui à Carapicuíba. Nós temos quatro perguntas, os que estão aqui ao meu lado, Paulo Galli, o Marcos Neves, a Gilmara, poderão responder também às perguntas de vocês. Vamos começar com o Marcos Vinícius, da TV Globo. Marcos, prazer em te reencontrar, fique à vontade para a sua pergunta, por favor.

MARCOS VINÍCIUS, REPÓRTER: Governador, bom dia, para o senhor. Bom dia, também para todos.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom dia.

MARCOS VINÍCIUS, REPÓRTER: Bom, hoje de manhã a gente ficou sabendo da questão do fracionamento do calendário de vacinação para quem tem entre 50 e 59 anos, na cidade de São Paulo, no município. É possível que esse fracionamento altere, afete o programa de vacinação na cidade de São Paulo, que já tinha sido anunciado antes?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Marcos, foi uma decisão da Prefeitura de São Paulo, a prefeitura tem nesse universo, nessa faixa etária, mais de 1,5 milhão de pessoas para vacinar, e a decisão foi coerente, e foi cuidadosa, foi zelosa para evitar filas nos postos de vacinação da Prefeitura de São Paulo. O prefeito Ricardo Nunes compartilhou essa sugestão conosco ontem. Nós apoiamos e aprovamos, para que pudesse ser realizado no prazo de uma semana, startando as faixas etárias fracionadas. Para quê? Para oferecer mais conforto, funcionalidade, evitar filas, e dar uma previsibilidade tranquila, a diferença foi apenas de seis dias, entre o primeiro dia e o sétimo dia. Portanto, uma decisão coerente, para o núcleo metropolitano, que é o maior do país, onde há o maior número de pessoas nessa faixa etária. Não se altera o calendário, nem a previsão, está mantida a previsão, até 15 de setembro estaremos vacinando todos os adultos com mais de 18 anos em São Paulo, no estado, incluindo a capital paulista. Obrigado, Marcos. Agora o Gabriel Gomes, do Diário da Região, e a Conectv. Gabriel, prazer em te reencontrar.

GABRIEL GOMES, REPÓRTER: Bom dia, governador. Governador, nós temos uma outra obra muito importante, não apenas para Osasco, mas para toda a região, que é a nova entrada em Osasco, qual a previsão para o início dessa obra? E uma outra pergunta, eu gostaria que o senhor comentasse sobre esse momento que o país vive, que alguns governadores fazem uma corrida pela vacina, enquanto o Presidente passeia de moto aos domingos.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Ok, obrigado, Gabriel. Estava aqui falando com a nossa deputada Renata Abreu. Isso foi incluído na renovação do contrato de concessão da CCR, portanto, será feita a obra, e será feita pelo setor privado, descontando da outorga do governo do estado de São Paulo. Esse era o desejo já de alguns anos, eu me lembro logo quando eu assumi no primeiro ano, em 2019, já havia esse pleito do prefeito de Osasco, e da comunidade de Osasco. Nós estávamos precisando fazer a renovação da concessão, assinamos agora recentemente, tem três semanas, com a CCR, portanto, obra será feita, obra será realizada, com investimento privado. O que significa mais velocidade ainda na execução dessa obra. Uma boa notícia para a população de Osasco, e a arredores também. Obrigado pela pergunta. Agora o Jesse Brito, Jornal do Giro.

JESSE BRITO, REPÓRTER: Bom dia, governador.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom dia.

JESSE BRITO, REPÓRTER: A minha pergunta é a seguinte, referente à reestruturação dos terminais aqui da região da grande São Paulo, se haverá possibilidade da unificação do transporte, no caso do ônibus, no trem com a CPTM?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Eu vou dividir essa resposta com o Paulo Galli, que é o nosso secretário executivo. Mas sim, o objetivo é esse, do nosso secretário Alexandre Baldy, é facilitar a integração para diminuir o tempo de translado, e principalmente aumentar o conforto da população que utiliza o serviço de transportes, seja o serviço de trens, metrô e pneus, ou seja, ônibus, estaduais e também os intermunicipais. E o Paulo Galli pode concluir.

PAULO GALLI, SECRETÁRIO EXECUTIVO: Essa integração já existe, e permanecerá. O transporte intermetropolitano, que é gerado pela EMTU, está integrado à CPTM e ao metrô também. Então essa é uma diretriz muito clara para o governador, para que a gente possibilite a maior integração, e que o cidadão tenha o melhor serviço possível. O grande esforço nosso é, oferecer mais serviços com mais qualidade, com mais agilidade, para que atenda melhor o trabalhador que se utiliza do transporte público.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Paulo Galli. Jesse, muito obrigado pela pergunta. Obrigado por ter vindo também. Agora, Robson Donizete, Correio Paulista. Obrigado, Robson, por estar aqui conosco. Sua pergunta, por favor.

ROBSON DONIZETE, REPÓRTER: Bom dia, governador. Bom dia, a todos. Domingo anunciaram a antecipação da vacinação, o senhor criou esperança em toda a população, até mesmo quem nega a vacina agora está esperançoso que vai receber a vacina no braço. Ontem a gente chegou a receber a informação que a Janssen vai atrasar a entrega de algumas doses. Aqui os nossos prefeitos estão trabalhando com o limite das vacinas, chega a vacina já aplica no braço. A gente, mesmo com a falta de entrega de alguns laboratórios, a gente consegue bater essa data que o senhor estipulou para a gente?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Robson, pergunta é importante. As vacinas da Janssen não foram consideradas dentro do nosso calendário de vacinação para a imunização de todos os brasileiros paulistas, e os estrangeiros que vivem em São Paulo até 15 de setembro. Portanto, esse adiamento na entrega das vacinas da Janssen não afeta o calendário de vacinação aqui no estado de São Paulo. Nós desejamos, evidentemente, que as vacinas sejam entregues o mais breve possível. Aliás, o Ministério da Saúde informa que essa entrega será feita ainda essa semana. Que bom, isso é positivo, esperamos que sim, pois isso acelera ainda mais a vacinação, seja em São Paulo, seja em outros estados brasileiros. A chegada da vacina da Janssen será realmente bem-vinda, inclusive porque é uma dose, é vacina de uma dose, e uma vacina que foi aprovada pelo FDA - Food And Drug Administration, dos Estados Unidos. Portanto, uma vacina segura, e com muita tranquilidade a ANVISA que pode homologar a aplicação dessa vacina. Mas ela, repito, não altera o calendário de vacinação em São Paulo, que nós anunciamos no último domingo, aqui vamos vacinar todos até 15 de setembro, mesmo com esse pequeno atraso nas vacinas da Janssen. Muito obrigado. Obrigado, Robson, Jesse, Gabriel, Marcos Vinícius. Obrigado também aos outros jornalistas que aqui vieram, obrigado por estarem aqui. Um bom dia, para você. Amanhã estaremos juntos às 8h da manhã no Instituto Butantan. Vamos entregar, Gilmar, mais 1 milhão de doses da vacina do Butantan, amanhã às 8h da manhã, para todo o Brasil. E às 12h45min, temos uma outra excelente novidade na coletiva de imprensa, no Palácio dos Bandeirantes. Fiquem com Deus, fiquem protegidos. Muito obrigado, boa semana a todos. Obrigado, pessoal. Obrigado.