Coletiva - Inauguração da Remodelação do Trevão de Ribeirão Preto 20142212

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Inauguração da Remodelação do Trevão de Ribeirão Preto

Local: Região de Ribeirão Preto - Data:Dezembro 22/12/2014

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom dia, bom dia. Estamos entregando hoje uma grande obra que é o chamado trevão aqui do Ribeirão Preto. Talvez o maior complexo viário da América do Sul, com 20 alças, oito viadutos, 12 km de pistas aqui no trevão, interligando a rodovia que vai para Araraquara, Abrão Assad, Anhanguera, Castelo Branco. Cuidando também das pessoas, a passarela é uma passarela de mais de 0,5km para também trazer mais segurança. Obra de excelência em termos de engenharia, custo baixo, taxa interna de retorno de 8.2%, e antes do prazo, era para ser entregue até abril de 2016. Nós estamos entregando em dezembro agora deste ano. Isso vai beneficiar muito Ribeirão Preto e toda a região. Toda a região vai ser beneficiada. Uma região que cresce muito, que precisa ter boa logística, boa infraestrutura para o desenvolvimento. Já entregamos o viaduto Henry Nestlé e agora o grande trevão aqui de Ribeirão Preto.

REPÓRTER: Governador, eu sou da EPTV. Um assunto sobre a região. Hospital em Serrana, quando será inaugurada? Já era para ter sido inaugurada. E também sobre a USP, houve um problema na prova lá de medicina, esses médicos residentes queriam trabalhar no hospital em Serrana. Esses dois assuntos o senhor puder explicar para gente.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, em relação à prova de residência, precisa ser apurada, verificada. Se tiver algum problema na prova, será feita outra. Nós já estamos investindo no complexo do Hospital das Clínicas, são perto de 80 milhões de reais, ampliando, motorizando o Hospital das Clínicas, o HC de Ribeirão. O hospital da Criança mais de 230 leitos; ele fica pronto em março, março agora, tem apertado aí a Universidade de São Paulo, HC para contratar já os funcionários, fazer todo um concurso direitinho. E ainda no primeiro semestre, provavelmente maio, o hospital de Serrana. Então a região vai ganhar dois novos hospitais públicos, gratuitos, de qualidade, com a marca da universidade de São Paulo e do Hospital das Clínicas além da ampliação do HC.

REPÓRTER: Governador, eu sou da TV Record. Gostaria que o senhor explicasse para gente qual que é o investimento que está previsto para segurança aqui para o próximo ano, até porque os números da violência esse ano explodiram aqui em Ribeirão Preto e também na região.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Pega a [Ininteligível 00:00:40]. Ribeirão Preto, está na pastinha que eu te dei. Só um segundinho. Veja que a sua afirmação, ela não bate com a realidade. Aqui é a cidade de Ribeirão Preto, você tem dez indicadores, apenas três negativos. A gente precisa também reconhecer e estimular o trabalho da polícia. Homicídio doloso caiu este ano 28%, foram 41 casos, 57 o ano passado. Vítimas de homicídio doloso, 25%. Latrocínio caiu 33%. Vítimas de latrocínio, caiu 33%; estupro caiu 31%, cidade de Ribeirão Preto. Roubou aumentou 12%, mas aqui havia uma subnotificação, porque não era eletrônico. Roubo de veículo, esse é o único que nós vamos verificar com a polícia, porque ele precisa cair, está caindo no estado inteiro está caindo por causa do fechamento dos desmanches. Roubo a banco, nenhum caso esse ano, 100% a menos. Roubo de carga, 29% a menos, furto teve um aumento de 9% e furto de veículos, caiu 5%. Então, o que eu queria colocar. Primeiro a DEJEM, nós aumentamos aqui pela DEJEM [Ininteligível 00:05:06] 191 vagas. Então, nós estamos com 191 vagas. Cada vaga são três policiais para manter todo dia o 191. Então, onze foram para Copom. Aliás, Ribeirão Preto terá um novo Copom. E 180 para o policiamento ostensivo e repreensivo. No mês de dezembro agora se formaram 1.500 soldados, PMs, todos eles os novos formandos foram para o litoral, porque o litoral vai receber quatro milhões de pessoas na chamada Operação Verão. Então, nós não tiramos polícia de nenhum lugar, e os que se formaram foram para a Operação Verão. Em fevereiro agora, termina a operação verão, aí eles vão ser redistribuído em caráter definitivo. Então, nós vamos ter um aumento importante de policiamento na cidade e na região.

REPÓRTER: Já definiu os substituto ou a substituta da Dilma Pena na Sabesp? Em relação também ao metrô qual vai ser o aumento...

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Nós substituímos o secretário de Recursos Hídricos, o Dr. Benedito Braga. Aliás, o presidente do Conselho Mundial das Águas. E ele vai definir conosco a presidência da Sabesp e também a superintendência do DAE, que são os dois órgãos vinculados à secretaria de recursos hídricos. Mas nós estamos deixando empresa, tudo isso para janeiro. Agora são secretários. O metrô a mesma coisa, vão definir primeiro secretário, depois as empresas do começo do ano.

REPÓRTER: Ainda sobre segurança pública, os roubos vem aumentando há um ano e meio, mês a mês.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Esse é o indicador que precisa cair. Então, O que é que nós temos de diferente em relação ao ano anterior? É que como não era eletrônico, então roubo de celular, você acabava tendo uma subnotificação. Você vai verificar aqui o ano que vem, que aí nós vamos comparar situações iguais, que esse cenário deve mudar. Agora, todo o empenho, não tenha dúvida, prioridade absoluta a segurança. Está bom?

REPÓRTER: [Falas sobrepostas].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Maurílio Biagi fevereiro, ela já tem financiamento do BID. Está já com financiamento aberto, fevereiro começa. Arthur Costa Curta já está licitada, fevereiro ou março também começa.

REPÓRTER: Região metropolitana, governador.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Região Metropolitana é o tema desse ano, a gente aprofundar, discutir. O que quê é importante definir? Geralmente você tem uma região metropolitana, você tem uma conturbação. Vamos dar um exemplo da Baixada Santista. As ilhas de São Vicente-Santos são a mesma ilha, você passa uma rua e está na outra cidade. Então, geralmente região metropolitana, ela está conturbada. São Paulo, Osasco, Santo André, você nem sabe a divisa. Então é preciso aí na discussão definir o tamanho, o escopo da região metropolitana de Ribeirão Preto.

REPÓRTER: Governador, em relação à unidade prisionais em expansão para 2015, unidades prisionais expansão prevista aí para 2015?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Deveremos ter sim. Está bom? Categoria 22 de dezembro de 2014 Região de Ribeirão Preto