Coletiva - Inauguração do CEI (Centro Educacional Infantil) Conjunto Habitacional Itaquera IV - 20120512

De Infogov São Paulo
Revisão de 09h03min de 6 de dezembro de 2012 por Natalia.fransilva (discussão | contribs) (Criou página com ''''Coletiva - Inauguração do CEI (Centro Educacional Infantil) Conjunto Habitacional Itaquera IV''' '''Local: Capital - Data: [http://infogov.imprensaoficial.com.br/index.…')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Inauguração do CEI (Centro Educacional Infantil) Conjunto Habitacional Itaquera IV

Local: Capital - Data: 05/12/2012

GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Olha! Uma grande alegria, hoje, participar da inauguração de mais uma creche, o Centro de Educação Infantil – CEI, aqui em Itaquera. Temos um convênio com a prefeitura de São Paulo, foram R$ 82 milhões repassados pra construção de 40 creches, e isso abre aí perto de mais 7.000 vagas e é uma parceria importante. Nós estamos investindo esse ano em todo o estado R$ 200 milhões, o governo do estado geralmente, ele começava a partir da criança com 06 anos, então nós participávamos só do Ensino Fundamental, mas do Ensino Infantil, não. Embora a Constituição Brasileira exclua o estado, mas nós resolvemos ajudar as prefeituras, então estamos investindo R$ 200 milhões, sendo R$ 82 milhões aqui na capital. E quero cumprimentar o prefeito Kassab pela qualidade aqui, da obra e do serviço de atendimento as crianças, eu cheguei um pouquinho antes, visitei aqui a creche, um trabalho muito bonito. Criança quanto menorzinha, mais cuidado ela precisa ter, mais atenção, criança você se descuidou, pode se machucar e precisa ter alimentação na hora correta, higiene, descanso, cuidados, observação, criança muito pequena é como pessoa muito idosa, você olha de manhã está bem, a tarde não está bem, então precisa ter bastante cuidado. Um trabalho muito bonito feito aqui, na comunidade, então uma alegria participar de mais uma inauguração, parabéns aqui a comunidade de Itaquera.


REPÓRTER: Governador, mais uma noite violenta aí, mais uma chacina na Zona Sul, novembro assim como outubro deve deixar um dos meses mais violentos, do que foi o ano passado. Quando que São Paulo vai ter uma boa notícia, quando que deve acabar essa onda de violência [ininteligível].


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Olha, A Polícia está trabalhando, isso é uma tarefa diária, no dia... Anteontem, nós tivemos um dos menores índices do ano! Um dos menores índices do ano, isso é uma luta permanente! Tivemos casos de uma pessoa que matou: a sogra, o sogro, a mulher, depois se matou, isso são coisas que independem de polícia. Agora, a polícia toda na rua trabalhando, nós estamos com 971 novos Policiais Militares e na semana que vem 185 novos Delegados de Polícia. O enfrentamento da questão do crime organizado, especialmente tráfico de droga é uma tarefa permanente, a polícia descobre os locais de tráfico vai pra cima, prende os criminosos é uma tarefa permanente, a polícia está mobilizada pra defender a sociedade.


REPÓRTER: Governador e essa escuta aí, de dez horas aí, que foi feita pela polícia?


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Olha, Essa é uma coisa antiga, de dois anos atrás, e nós estamos trabalhando em dois sentidos. Primeiro, em tecnologia. Nós já estamos verificando aparelhos, alguns que permitem, dentro de uma área específica, você inviabilizar qualquer transmissão telefônica. Então, estamos terminando aí. O Júlio Semeghini, que é nosso Steve Jobs, ele entende da área de informática muito, de tecnologia de informação, está junto com o secretário Lourival Gomes, e nós estamos verificando. Nós vamos adquirir dois tipos de equipamento, um que faz o bloqueio total, e outro que permite escuta, desde que autorizada pela justiça.


REPÓRTER: É aquele que foi fornecido pelo governo federal, não?


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: É aquele e outros também que nós vamos adquirir. Nós temos 180 unidades prisionais, são quase 200 mil presos. Quando você tem uma penitenciária mais afastada, é mais fácil. Quando você tem uma penitenciária numa área urbana, não é fácil você dizer: Olha, a partir desse muro, não bloqueia. Ou você não bloqueia totalmente, ou bloqueia os vizinhos. Então, precisa ter... Não é uma coisa tão simples. Mas acho que grande parte das penitenciárias, nós vamos resolver com tecnologia mais avançada.


REPÓRTER: A partir de quando esses equipamentos começam a funcionar?


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Então, nós estamos verificando a maneira de comprar, de maneira mais rápida esses equipamentos, e já trazer o da área federal.


REPÓRTER: Agora, não é uma estratégia do governo ficar na escuta dos bandidos, de jeito nenhum?


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Não, só casos, só casos excepcionais. Tem caso que, por questão até de segurança, você pede autorização judicial. Mas isso é caso de exceção, não é a regra.


REPÓRTER: Em 2013 já deve ter esse aparelho, governador?


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Ah, não tenho a menor dúvida. Não tenho a menor dúvida.


REPÓRTER: Governador, em relação à futura estação de trem no aeroporto de Guarulhos, como que o governo recebeu a mudança da concessionária [ininteligível] da estação?


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Olha nós tínhamos combinado com a Infraero, no aeroporto de Cumbica, ter a estação da Linha 13 da CPTM, o Expresso Guarulhos, dentro do aeroporto, praticamente, ali onde fica aquele estacionamento. Então, a pessoa poderia sair da estação e já entrar a pé no local de embarque. Lamentavelmente, houve uma mudança. O que é que nós estamos, então, exigindo da concessionária nova? Que, se no caso de não ser no local estabelecido, que seja oferecido transporte confortável, com qualidade, com segurança, imediato e gratuito para população que vai utilizar o trem. Nós deveremos amanhã lançar o edital. Então, amanhã deve sair o edital da obra já da Linha 13, que é a linha que vai da zona leste para o aeroporto de Guarulhos. Teremos só uma estação em Cecap, e a outra é direta no aeroporto de Guarulhos. Então, caso não seja no local pré-estabelecido, a concessionária tem que oferecer gratuitamente e com qualidade o transporte até os locais de embarque do aeroporto.

REPÓRTER: ... De ônibus, como é feito hoje?

GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: O ideal é que seja feito ou de monotrilho ou de VLT. Existe um... Tem um termo técnico... Como é que é? É um tipo de transporte rápido, tipo monotrilho. Tem até um nome. Eu vou levantar o nome depois eu passo pra vocês. A última.


REPÓRTER: Governador, em relação ainda repercutindo segurança pública, em relação à morte do PM Geraldo Cruz, houve um descontrole das polícias ali? Como que a gente pode chamar essa ação? Foi uma ação equivocada da Polícia Civil?


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Evidente que houve um erro. Os policiais já estão presos. E deixa que corregedoria agora vai apurar o que aconteceu. Uma coisa triste. A Polícia Civil trabalhando, mas estava descaracterizada, o policial militar estava também sem farda, ele estava a paisana, estava de folga. E aí, naquela confusão acabou se confundindo com bandido e a Polícia Civil acabou matando o policial militar. Eles já foram todos recolhidos, e deixa agora que a corregedoria vai investigar em profundidade o caso pra verificar se houve erro, o que aconteceu, e verificar as punições que devam ser feitas.