Coletiva - Lançamento do Programa "São Paulo Inova" - 20122408

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva no Lançamento do Programa "São Paulo Inova

Local: Capital - Data: 24/08/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, hoje nós lançamos um grande programa “São Paulo Inova”, que é pra apoiar empresas de base tecnológica, para inovação, pesquisa, desenvolvimento. A nossa agência “Desenvolve SP” está disponibilizando R$ 150 milhões de crédito para empresas na área de saúde, veterinária, agronômica, tecnologia de informação, tudo relativo a inovação tecnológica. R$ 150 milhões de crédito, taxa de juros praticamente zero. É equalizada a taxa de juros através de recursos do Tesouro, do FUNSET. E uma grande inovação, que é o fundo de investimento, recursos do SEBRAE, da FAPESP, da FINEP, da Agência “Desenvolve SP”, para serem sócias, pra participarem, cotistas de empresas de inovação tecnológica. Isso é que fez nos Estados Unidos, as grandes empresas do mundo, Microsoft, Facebook, Google, enfim, empresas que hoje são das maiores do mundo, que começaram com a participação de pequenos investidores. Então nós estamos começando com R$ 60 milhões já de investimento, que não é financiamento, é participar da empresa, ter cota na empresa para que ela possa crescer e a gente ter mais inovação tecnológica. Esse é o DNA de São Paulo. Inovação tecnológica, pesquisa e desenvolvimento é o DNA do estado. Isso é competitividade internacional, isso é mais emprego, isso é mais oportunidade, isso é estar na vanguarda do desenvolvimento.


REPÓRTER: Como é que vai ser esse centro na Lapa?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não, no Jaguaré. No Jaguaré, aqui na marginal do Rio Pinheiros nós temos um terreno muito bem localizado, que é do estado, ao lado da USP, ao lado do Butantã, ao lado do IPT, ao lado do IPEM, então nós teremos o primeiro parque tecnológico da capital. Então primeiro parque tecnológico da Capital, e nós já pretendemos licitar o núcleo do parque tecnológico, onde estará a incubadora de empresas de base tecnológica, laboratórios. E o Parque Tecnológico, ele une a universidade, ele une os institutos de pesquisa, ele une a FAPESP, ele une laboratórios e ele une o setor produtivo, tudo no mesmo site para fazer pesquisa e desenvolvimento. É teoria virar prática.


REPÓRTER: Como vai ser em relação ali a Lineu de Paula Machado, que o jornalista Carlos Nascimento foi assaltado por travestis que atuam naquela área, enfim? O que o estado pode fazer? Pode haver uma base lá, governador, da polícia?


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Nós já determinamos ao Secretário de Segurança Pública que verifique, é possível sim, nós termos, especialmente base móvel. Sempre acho que base fixa ajuda ali o quarteirão, mas dois, três quarteirões depois... A base móvel é melhor, porque ela dá mais flexibilidade, é mais rápida, surpreende os que cometem delito, tem mais agilidade. Nós já aumentamos na região do Morumbi onze bases comunitárias móveis. E estamos dobrando, nós estamos já chegando a 500 bases comunitárias móveis no Estado de São Paulo. Eu acho que nós vamos receber talvez mais 100, agora no mês que vem, a gente pode, sim, reforçar aquela região.