Coletiva - Liberação de recursos do Programa Microbacias II Acesso ao Mercado - 20122109

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva na Liberação de recursos do Programa Microbacias II Acesso ao Mercado

Local: Capital - Data: 21/09/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, queria destacar a importância desse Programa Microbacias II, o Programa de Microbacias I da Secretariada Agricultura tratou do solo, da recuperação do solo, da microbacias do Estado de São Paulo, então: o terraceamento, curva de nível, calcareamento, recomposição de matas ciliares, estradas, escoamento adequado das águas. E este Programa Microbacias II é renda, melhorar a renda do pequeno agricultor, da agricultura familiar, então através de associações e cooperativas, dar acesso a mercado, melhorar a certificação, embalagem, armazenamento, transportes e chegar ao mercado final, tudo pra agregar valor, qualidade do produto, beneficiando o consumidor e melhorar a renda. Então, por exemplo, associação dos cafeicultores é fazer a embalagem, o armazenamento adequado, o transporte e ganhar mercado, inclusive exportação. Frutas, packing-house fazer toda a parte de embalagem adequada! Mel, né, a produção do mel, o armazenamento, a centrifugação, máquinas, equipamentos para poder trabalhar. O leite, a pasteurização, fabricar manteiga, fabricar o queijo e, nenhum programa pode ter menos de 50% de pequenos agricultores, agricultura familiar. E se tiver de 50% a 70% da agricultora familiar, 50% é a fundo perdido, o governo paga, a cooperativa ou associação só reembolsa 50%. E se chegarmos a mais de 70% de programas com pequeno agricultor só reembolsa 30%, 70% o governo paga. Então um programa importante tem parte dele, tem financiamento do Banco Mundial, além do apoio as associações, cooperativas para melhorar a renda, transporte do produto, estradas, melhorar as estradas e principalmente a assistência técnica! Levar assistência técnica a nossa agricultura familiar. Agricultura familiar, assentamentos, quilombolas, áreas indígenas e pescadores artesanais, mas a grande parte é agricultura familiar.


GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: O papel da Cátia é fundamental, porque não há hipótese de alguém conseguir sobreviver hoje no mercado muito competitivo sem profissionalismo, não há hipótese, tem que ter muita técnica pra ter ganhos de eficiência, de produtividade, e ao pequeno é a maior tarefa do governo. Os grandes agricultores contratam os seus técnicos, laboratórios, fazem pesquisa, agora, a pequena agricultura o governo tem o papel social, econômico de levar essa assistência à agricultura familiar. Eu sou os olhos... A menina dos olhos do governo é a Cátia, né? Pra nós chegarmos perto do agricultor, do pequeno produtor.