Coletiva - Prêmio Líderes do Brasil 20121012

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Prêmio Líderes do Brasil

Local: Capital - Data: 10/12/2012


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Tudo bem? Vamos lá? Gravando com o governador... A que o senhor confere, Governador, esse reconhecimento por transparência?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, a Sociedade ela tem o direito de saber o que que é feito, como é feito, quando é feito. A transparência é um dever, ela melhorar a gestão pública, ela fortalece a democracia. Eu acho que governança e transparência andam juntas, né? E queria destacar aqui a importância desse prêmio do LIDE para os vários setores da economia brasileira. Isso é um reconhecimento a inúmeras empresas pela sua inovação, pela competitividade, pela boa governança, pela atividade empreendedora, pela geração de emprego, de riqueza, pela sua eficiência. Esse é um grande ativo que o país tem, né? A empresa sobe [ininteligível] empresas que crescem, que promovem o desenvolvimento. Esse é um caminho. E, portanto é uma alegria participar desta premiação no segundo prêmio do LIDE.

REPÓRTER: Governador, em relação ao empresariado, diz que 2013 deve ter uma perspectiva um pouco melhor, esse ano houve um pouco mais de retração. O que pode ser feito no âmbito econômico para melhorar aí essa... dar um impulso maior para a economia do país?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, eu acredito que é investimento. É claro que consumo é importante, mas só consumo você não tem um crescimento mais forte, sustentável. Então, você injetar créditos, as pessoas consumires mais é bom. Mas depois tem um certo limite, porque as pessoas já estão endividadas. Então você colocar mais crédito no caminho é ter mais investimento. Investimento que gera emprego, investimento que faz a roda da economia girar, tem que aumentar a capacidade de investimento, os estados podem responder mais rápido. O Governo Federal, corretamente, aumentou o financiamento dos estados e nós respondemos mais rápido: Rodoanel, metrô, trem, construção de casas, saneamento, hospital, escola. Então, você tem que aumentar investimento. Mas acreditamos que o ano que vem deve ser melhor.Eu acho que nós podemos chegar aí a 3,5, ter um crescimento maior em 2013.

REPÓRTER: Governador, como é que o senhor vê a velocidade de investimento dentro do país.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Ei acho que precisa crescer a taxa de investimento no Brasil. Eu acho que esse é o grande desafio. Você ter mais investimento e consumo, já ajudou bastante, mas agora precisa aumentar a taxa de investimento. E aí o setor privado poder investir mais no setor público. REPÓRTER: Alguma coisa que o Governo Federal pode fazer para aperfeiçoar, acelerar investimentos públicos.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Eu acho que é confiança: você investe quando você tem confiança, então segurança jurídica, estabilidade das regras, melhorar a logística, infraestrutura, reduzir custo Brasil, fazer reformas estruturantes, reforma tributária, uma importante, né, reforma fiscal, enfim, não tem uma solução magica, né? Há conjunto de propostas.

REPÓRTER: Há analistas[ininteligível] afirmando que existe um certo excesso de intervencionismo do Governo Federal em alguns setores. Qual avaliação do senhor?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, eu acho que precisa analisar o conjunto, né? Mas acho que segurança jurídica é importante, porque quando você cria insegurança, você afasta investimento, estabilidade das regras, segurança jurídica, uma questão central para você atrair mais investimento produtivo de longo prazo para o desenvolvimento do país.

REPÓRTER: Obrigado, Governador!