Coletiva - SP faz parceria com o Mercado Livre para profissionalização e geração de 5 mil empregos 20211705

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - SP faz parceria com o Mercado Livre para profissionalização e geração de 5 mil empregos 20211705

Local: RMSP – Data: Maio 17/05/2021

Soundcloud

FERNANDO YUNES, VICE-PRESIDENTE SÊNIOR DO MERCADO LIVRE: Queria agradecer a todos pela presença aqui hoje com a gente. É uma honra recebe-los aqui, governador Doria, secretária Patrícia, toda a equipe que os acompanha e todos os jornalistas também, que vieram participar aqui com a gente hoje. É um prazer ter todos nesse evento, onde a gente vai fazer alguns anúncios e estamos muito contentes com a presença de todos aqui. Com isso, eu vou passar a palavra para o governador Doria, e depois retomo para algumas palavras.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Fernando. Primeiro, muito grato por nos receberem aqui, no Mercado Livre, instalações gigantescas, de um mercado que cresce progressivamente, de forma muito acelerada, em todo o Brasil e, particularmente, em São Paulo. São Paulo representa cerca de 40% de todo o movimento de logística online do país, e em crescimento, a participação do Estado de São Paulo vem crescendo. Começou com 30%, 32%, 34%, 36%, 38%, hoje a média é 40% de todo o movimento, de todas as empresas, e não diferentemente do Mercado Livre, que lidera este setor.

Eu, antes de fazer a minha manifestação, Fernando, vou pedir à Patrícia Ellen, que é a nossa secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, que interage constantemente com vocês e com o setor, de maneira geral, para a sua intervenção. Na sequência, a professora Laura Laganá, que está aqui à sua direita e preside o Centro Paula Souza, que treina a maioria dos profissionais que você traz pra cá, nas Etecs e nas Fatecs, e também aqueles que aqui em Cajamar, onde vocês estão implantados, formam-se nas Etecs e nas Fatecs. Cumprimentar também o Danilo Joan, prefeito de Cajamar. Está numa felicidade... Cadê o nosso Danilo? Está numa felicidade, e com toda razão. O município, com instalações dessa dimensão, Danilo, emprego, prioritariamente às pessoas aqui da sua cidade, da sua região, geração de renda para a cidade, porque o imposto que fica para o município, ele é bastante expressivo, isso permite que você faça aqui políticas públicas na área de saúde, principalmente, e complementarmente na área de educação, saneamento e proteção social, à população aqui de Cajamar. Então, parabéns a você também e a alegria de você estar aqui ao nosso lado. E Wilson Mello, que é o presidente da InvesteSP, ele não está aqui no púlpito, mas está aqui, grande parceiro de todas as iniciativas do Governo do Estado de São Paulo, com a nossa agência de fomento, e também uma interlocução constante aqui de vocês, do Mercado Livre. E o Wilson Poit, que está aqui, o outro Wilson, à esquerda da Patrícia, que é o superintendente do Sebrae SP, foi nosso secretário na Prefeitura da Cidade de São Paulo, todos os programas de desestatização, concessão, PPPs, privatização, foram iniciados na sua gestão. Wilson, e ao me referir a isso eu reproduzo aqui o sentimento de todos, inclusive aqui do Mercado Livre, e certamente dos meus colegas jornalistas que aqui estão, cinegrafistas e os fotógrafos, de solidariedade e de pesar pela perda do Bruno Covas, que ontem foi sepultado em Santos. Eu lá estive pessoalmente. Certamente, o Bruno vai fazer muita falta a todos nós, e o Bruno foi um grande lutador, Wilson, e você, que trabalhou sob o comando dele também, como vice-prefeito, o Bruno era um jovem inovador, transformador, e que acreditava nas transformações advindas do mundo digital, exatamente como vocês fazem aqui. Então, deixo também aqui a nossa homenagem ao Bruno Covas. E agora, sim, passando a palavra pra você, Patrícia Ellen.

PATRÍCIA ELLEN, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Muito obrigada, governador. Meus sentimentos aos familiares do Bruno e um agradecimento a todo legado que ele deixa. Acho que a melhor forma de honrarmos esse legado é com trabalho, no dia de hoje, como o governador tem sempre dito, mantermos as agendas e mostrarmos o compromisso com as entregas para a população. Nesse sentido, eu queria agradecer, estou muito feliz de estar aqui hoje. Agradecer ao Fernando Yunes, ao Ricardo Lagreca, à toda a equipe do Mercado Livre, Wilson Poit, professora Laura Laganá, porque nós estamos aqui hoje, governador, no maior anúncio que foi realizado na nossa gestão, de investimentos, por uma empesa, em um ano. Nós estamos falando num anúncio de investimentos de R$ 4 bilhões no Estado de São Paulo, em 2021, com foco principal em um setor que foi o setor que mais cresceu durante a pandemia e, nesse anúncio, nós estamos trabalhando em conjunto com o Mercado Livre, para que possamos apoiar a população na geração de empregos e na profissionalização desses empreendedores que estão trabalhando com o Mercado Livre.

É o maior aporte privado, como eu disse, ao longo de um ano, desde o início dessa gestão. E o mais importante, com a estimativa de geração de 5.000 empregos diretos. Esses empregos serão gerados na área de logística, na área de tecnologia, nas regiões de Osasco, Cajamar e Louveira. Nós vamos ter todos os detalhes aqui apresentados pelo Mercado Livre. Mas, tão importante quanto os empregos gerados e o investimento realizado é essa parceria com o Estado de São Paulo e com o Sebrae, para que possamos apoiar na qualidade desses empregos e na prosperidade dos empreendedores que estão sendo impactados. Além dos empregos diretos, que nós temos aqui 4.100 empregos na área de logística, 400, mais ou menos, 450 ali na área de TI, 450 em outras áreas também da empresa, nós percebemos que o Mercado Livre hoje impacta milhares de empreendedores. E, no caso desse programa, são 100 mil empreendedores que vão ser impactados com esse aporte. E o que nós estamos fazendo é uma parceria para apoiar esses empreendedores também. Então, nós estamos lançando, junto com o Mercado Livre, com o Centro Paula Souza e o Sebrae, 100 mil vagas para o curso Como Vender Online, construído em parceria com a empresa, de acordo com as necessidades, mas pelo Centro Paula Souza, com a professora Laura, aqui representada, e pelo Sebrae, com o programa Empreenda Rápido, que o senhor lançou há dois anos atrás e foi muito importante durante a pandemia, que é o maior programa de empreendedorismo do Brasil, e que tem apoiado os empreendedores durante a pandemia.

Nós tivemos recordes de abertura de empresas, tanto MEIs quanto empresas registradas na Junta Comercial. No último mês de abril, nós tivemos também um novo recorde, março e abril foram os maiores números que nós tivemos de empresas abertas, desde o início do acompanhamento pela Junta Comercial, em 22 anos. E nós percebemos que é muito importante apoiar esses empreendedores nessa transição, e por isso que todos eles, além de acesso ao curso, no Empreenda Rápido, terão acesso também aos nossos programas de microcrédito do Banco do Povo, além de alguns pacotes de benefícios, que nós estamos realizando em parceria com o Mercado Livre, para empreendedores cadastrados terem descontos aqui nos programas de máquinas do Mercado Pago e também bônus de crédito e capacitação para o Mercado Ads, que é como eles fazem a promoção dos seus produtos e serviços. Ou seja, investimento direto para retomada econômica, empregos e capacitação dos empreendedores, além do microcrédito, para apoiá-los no crescimento do seu mercado. Isso é muito importante, porque o setor de e-commerce foi o setor que mais cresceu durante a pandemia, quase dobrou de tamanho em 2020. Em São Paulo, nós estávamos comentando aqui, nós temos mais ou menos entre 40% e quase 50% do mercado, mas nós estamos falando de um setor que faturou, em 2020, mais de R$ 224 bilhões no Brasil, com o maior crescimento já registrado, sendo que São Paulo é responsável por quase R$ 100 bilhões desse faturamento, durante o ano de 2020, que continua crescendo. Então, somente nos primeiros seis meses do ano passado, o crescimento do e-commerce foi o equivalente ao crescimento dos seis anos anteriores. É um setor que cresce muito, não somente a parte online, mas a parte de logística, então estar aqui é muito impressionante.

Nós vemos aqui como funciona, como todo o modelo de logística mudou completamente no nosso estado e no mundo, durante a pandemia, e por isso, governador, que foi muito importante a sua iniciativa de lançar um novo polo. Nós temos hoje 14 polos de desenvolvimento econômico, e um dos que foi lançado durante a pandemia foi exatamente o polo de logística e transporte, por causa da revolução nesse setor, durante a pandemia. O outro polo lançado foi o polo de higiene, limpeza e beleza, que também foi um setor que cresceu muito durante a pandemia. Então, nós estamos aqui juntos fazendo e honrando o compromisso que o senhor sempre colocou aqui de gerar oportunidade de emprego e renda para a população, apoiando os nossos investidores através de um modelo desburocratizado, mas principalmente apoiando os empreendedores e os trabalhadores com qualificação profissional, com microcrédito e com apoio, para que todos possam ter acesso a emprego e renda, porque essa é a melhor forma de dar dignidade.

O slide aqui só descreve as parcerias que eu mencionei. O governo, contribuindo com o Mercado Livre, através de dois pilares aqui, que é qualificação e empreendedorismo. Eu mencionei o curso Como Vender Online, 100 mil vagas, em parceria com o Mercado Livre, o governador colocou esse desafio. Esse investimento é tão grande que nós precisamos quase que uma universidade para formar todos esses empreendedores, e é isso que nós estamos fazendo neste momento. Além disso, os nossos estudantes do Centro Paula Souza, das Etecs e Fatecs de Cajamar, Louveira, Sorocaba e Osasco, também serão encaminhados para vagas de trabalho, via o programa Minha Chance, também lançado pelo governador João Doria, e apoio do Mercado Livre no aperfeiçoamento dos nossos cursos de logística, como eu disse, o setor que cresceu tanto durante a pandemia, junto também com o setor de tecnologia aqui do Centro Paula Souza.

Com relação a empreendedorismo, esse programa que eu mencionei, do Empreenda Rápido terá diversos benefícios específicos. Estão aqui listados os benefícios que eu mencionei, descontos nas máquinas Mercado Pago, bônus de crédito e capacitação para Mercado Ads, e linha de crédito do Banco do Povo, ofertada para todos os empreendedores. Então, além dos 100 mil da qualificação, nesse caso, nós vamos ofertar para 340 mil empreendedores o acesso a essas linhas de microcrédito, em condições especiais.

Agradeço novamente a todos e estamos aqui muito felizes de estar aqui hoje, anunciando o maior investimento em um ano, desde o início da gestão. Muito obrigada.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Patrícia. Vou pedir para mantermos esse slide, esse último slide, mantê-lo na tela, se pudermos recolocar... isso. Porque eu vou pedir à professora Laura Laganá. Essa ação conjunta com o Mercado Livre, como foi dito pela Patrícia, ela é uma ação articulada, 360 graus, como nós agimos aqui no Governo do Estado de São Paulo. Por isso que o Sebrae é nosso grande parceiro, no incentivo, na formação e no acompanhamento do empreendedorismo. O Centro Paula Souza, Fernando, no treinamento, através das Etecs e das Fatecs, os programas Empreenda Rápido, Minha Chance, e o financiamento do Banco do Povo também, dentro dos programas de desenvolvimento econômico do Estado de São Paulo. E a própria Investe, que é a agência facilitadora. Você fala com uma única voz para a viabilização de tudo, desde aprovação ambiental até financiamento, programa de treinamento, qualificação de mão de obra... É um fast track que o governo instituiu para ajudar o empreendedor, e ele não ter que ficar batendo em cinco, seis, sete, oito portas de governo e levando um tempo enorme até concluir aquilo que ele precisa. Ele fala com uma única fonte, essa fonte viabiliza e devolve a informação para o empreendedor. E Mercado Livre, como uma multinacional latino-americana, vale a pena mencionar, e a sua maior estrutura está... Embora sua origem seja a Argentina, a sua base maior, o seu maior faturamento, maior volume de investimento e de profissionais está exatamente aqui no Brasil, e no Brasil, está em São Paulo, majoritariamente. Para isso, esse sistema de agilização, que nós chamamos de fast track, ajuda muito a que o empreendedor não perca tempo onde não tem necessidade de investir tempo. Ele investe o que é necessário, o restante ele investe no seu negócio, no aprimoramento no seu negócio, na sua competitividade e na sua capacidade de oferecer melhores serviços ao menor preço. Eu pedi que o slide ficasse aqui exatamente para poder ouvir a professora Laura Laganá, que preside o Centro Paula Souza, responsável, repito, pelas Fatecs e pelas Etecs. E, como vocês observaram aqui, o treinamento, prefeito, foi feito para as pessoas da sua cidade, aqui de Cajamar, mas também de Louveira, Sorocaba e Osasco. Laura.

LAURA LAGANÁ, PRESIDENTE DO CENTRO PAULA SOUZA: Boa tarde a todos. É um prazer estar aqui participando desse anúncio, que vai trazer expressivos investimentos para o Estado de São Paulo, mas que vai também trazer oportunidade de qualificação profissional para milhares e milhares de pessoas, que desejam investir ou impulsionar os seus negócios, utilizando tecnologias modernas. Então, pra isso, equipes da Secretaria de Desenvolvimento, do Centro Paula Souza, do Mercado Livre, se uniram com a missão exatamente de criar cursos que atendam essa demanda. E o nosso primeiro produto é o Como Vender Online, que é um curso que vai ser disponibilizado no programa Empreenda Rápido, e vai utilizar, Poit, o teu ambiente de aprendizagem, o chamado AVA do Sebrae, que é excelente. E esse curso é um curso de 40 horas, ele é um curso online, autoinstrutivo, e que vai abordar temas muito importantes, né? Temas bem interessantes, como o comportamento do cliente online, estratégias de atendimento, de negociação, marketing digital e tantos outros. Então, além da expertise do Centro Paula Souza, nós contamos com o apoio de toda a sua equipe no que se refere ao material didático, recursos digitais, enfim. Toda experiência acumulada por essa empresa de tecnologia, que sem dúvida, é líder em mercado eletrônico na América Latina. Outro ponto que a Patrícia colocou, e importantíssimo para nós, é a possibilidade de direcionamento dos nossos alunos de Etecs e Fatecs para as vagas que vocês estão ofertando. Como todos sabem, os estudos apontam que os jovens na faixa etária de 17 a 24 anos são os mais prejudicados com a crise e com o desemprego. Então essa notícia é um alento para o Centro Paula Souza, que forma mais de 70 mil profissionais por ano, técnicos e tecnólogos. E que sonham com inserção no mercado de trabalho. E isso vai ser muito bom aqui para a região, governador, nós temos 12 unidades de ensino entre Etecs e Fatecs, temos uma escola excelente, uma Etec excelente aqui em Cajamar. Enfim, como eu disse para o Fernando, nós vamos invadir sua praia. E quero te dizer, são jovens batalhadores, muito competentes, eu tenho certeza que eles vão ser aprovados no seu processo seletivo, e te garanto que eles vão trazer grandes contribuições para a empresa. Então em nome desses milhares de jovens eu queria aqui manifestar a nossa gratidão, e por essa rica oportunidade. E com certeza brevemente vamos estar aí anunciando novos cursos, estamos aperfeiçoando, como a Patrícia disse, cursos em logística, em TI, enfim. O Centro Paula Souza, Secretaria de Desenvolvimento, Sebrae, Mercado Livre contribuindo para a grande retomada econômica, que é o grande desafio do nosso governo. Muito obrigada.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Laura. Agora com você, Wilson Poit.

WILSON POIT, DIRETOR SUPERINTENDENTE DO SEBRAE/SP: Obrigado, governador. Boa tarde, a todos. É um prazer muito grande estar aqui hoje representando o Sebrae/SP, em um momento tão importante de retomada da economia, em que nós temos o Empreenda Rápido, e tantas pessoas que querem empreender e poderão empreender rapidamente dentro do Mercado Livre. O Sebrae junto com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a secretária Patrícia, junto com a professora Laura, e o Centro Paula Souza, tem ferramentas para capacitar rapidamente os empreendedores, fornecer microcrédito orientado, que é o que todo mundo precisa, e estamos muito bem instalados aqui na região também, prefeito, em toda essa região o Sebrae atendendo. Eu gostaria de dizer que uma iniciativa como essa, extremamente importante, e dessa magnitude do Mercado Livre, não só para trazer empregos, mas para fazer com que muitas pessoas realizem o sonho do negócio próprio. Acho que o Brasil nunca precisou tanto de iniciativas como essa. Eu tenho muita honra de estar aqui. O Sebrae está extremamente preparado para participar disso, e levar tantos empreendedores para o mercado digital. O que mais se procura hoje no Sebrae é microcrédito orientado, Empreenda Rápido, e como vender à distância, como vender pelas mídias sociais. E o prazer se completa ainda, Wilson, meu xará, da Invest, que está aqui, que o que eu acho que mais o Brasil precisa nesse momento, o que mais todo mundo está lutando, é vacina no braço, comida no prato, empreendimentos como esse, e um empreendedor como o governador João Doria, com muita energia. Obrigado.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Muito obrigado, Wilson Poit. Muito obrigado, e obrigado pelo seu apoio, da sua equipe também, Mariana, muito obrigado por estar aqui representando o time do Sebrae, é um time competente. E Fernando, isso é que eu chamo de uma ação integrada, quando forças sinergicamente atuam juntas, de governo, o Sebrae é uma instituição Federal atuando com o governo estadual, atuamos em harmonia, em sintonia permanente. A Prefeitura de Cajamar é um ente municipal, assim como as demais prefeituras já aqui mencionadas, Loveira, Sorocaba e Osasco, também ação integrada. Tudo fica mais fácil, fica mais fácil para o cidadão, fica mais fácil para o empreendedor, fica mais fácil para as empresas, em uma ação cooperada. Veja que o nosso governo é um governo totalmente voltado para o setor privado, é a nossa formação, o governo liberal que entende que mais privado e menos público, e o público deve servir e atender aquilo que representa geração de emprego, geração de impostos e geração de bem-estar, que é exatamente o que vocês fazem aqui com essa iniciativa que nós estamos hoje aqui celebrando. São 5 mil novos empregos aqui nessa estrutura onde nós estamos, todos eles treinados e preparados para o exercício profissional. O que melhora a sua condição, o seu desempenho, a sua permanência, reduz o [Ininteligível], ou seja, pessoas que vem e que saem, aumenta o tempo de permanência, e aumenta também a média salarial das pessoas, seja no salário fixo, seja nos benefícios adicionados e os prêmios que são incorporados também por desempenho. E um investimento de R$ 4 bilhões, que é uma primeira etapa de investimento. O Fernando vai falar sobre isso, porque não se trata apenas do que nós estamos nesse momento aqui inaugurando, é o que ainda bem pela frente, em investimentos e empregos. Mais R$ 4 bilhões de investimento direto, e 5 mil empregos, como disse a Patrícia, muito expressivo aqui no estado de São Paulo. E antes de você fazer a sua intervenção, e depois nós já vamos para as perguntas, eu quero lembrar e agradecer também ao Mercado Livre, uma das 32 empresas, se eu não estou enganado, 40 empresas, que investiram na nova fábrica da vacina do Butantan. E é investimento puro, direto, não tem nenhuma contrapartida, nenhuma vantagem de nenhuma espécie. Então, Fernando, muito obrigado, a fábrica está em dia, hoje mesmo, Wilson Melo e o Dimas Covas na reunião de secretariado onde estávamos, apresentou os detalhes e imagens da nova fábrica do Butantan, ela está dentro do cronograma, ao final do mês de setembro, ela estará pronta, outubro e novembro, as instalações dos equipamentos de produção, e na segunda quinzena de dezembro, as primeiras doses da vacina do Butantan, a Coronavac, estarão sendo produzidas, e em larga escala a partir de janeiro. E a doação que vocês fizeram ao lado de outras 39 empresas, foi muito importante para que esse processo pudesse seguir dentro desse ritmo, e nós ainda vamos acelerar ainda mais, porque percebemos que a dimensão da fábrica pode ser ampliada e multiplicarmos ainda mais a sua capacidade de produção, nós vamos precisar de vacinas no Brasil, todos os anos, não só agora, principalmente, mas em 2022, 23, 24, assim como a vacina da Gripe, nós precisaremos nos vacinar todos os anos. Então foi um gesto grandioso, humanitário e solidário do Mercado Livre. Fernando.

FERNANDO YUNES, VICE-PRESIDENTE SÊNIOR DO MERCADO LIVRE: Obrigado, governador. Acho que em nome de todo o time do Mercado Livre queria dizer que a gente está orgulhoso de ter participado dessa doação também, para a fábrica, de vacinas do Butantan, e feliz de saber que estamos em linha com o cronograma, algo superimportante para todos, para o país. A gente está muito contente também de ter anunciado essa parceria com o Minha Chance, e com o Empreenda Rápido. O propósito do Mercado Livre, a nossa missão é ajudar a disseminar, a democratizar o acesso ao comércio e aos serviços financeiros no Brasil e na América Latina. Para isso, suportar as comunidades que existem nos países e ao redor das nossas operações é superimportante. Então esse programa vai focar muito na educação, como a gente viu, educação em tecnologia, educação em como vender online, e formação de empreendedores. Então quanto mais empreendedores existirem, acaba sendo algo positivo para o Mercado Livre, porque a gente está dando o acesso a mais produtos para os clientes, e acesso às oportunidades de negócio e de trabalho para esses empreendedores em um momento de tanta dificuldade que a gente está no Brasil, fornecer possibilidade para as pessoas empreenderem, vai em linha com a nossa missão, e ajuda também no desenvolvimento do país. O programa tem um foco nos jovens, então como a gente viu, é um público nesse início de vida muito difícil, você ficar sempre emprego, se recolocar mais para frente se torna mais complicado, então o público jovem vai ter um foco bastante importante no programa. Como a gente viu, o investimento nesse ano vai ser de R$ 4 bilhões no estado de São Paulo, com 5 mil vagas de trabalho sendo criadas. No ano passado o Mercado Livre no Brasil inteiro investiu R$ 4 bi, então o investimento em São Paulo nesse ano, só em São Paulo, é o que o Mercado Livre investiu ano passado no país todo. No ano anterior a gente tinha investido R$ 3 bi, em 2018, R$ 2 bi, e em 2017, R$ 1 bi. Então a gente vem subindo R$ 1 bi por ano. Até que nesse ano o investimento aumentou para R$ 10 bilhões, e desses R$ 10 bilhões, R$ 4 bi ficam no estado de São Paulo. São 7.200 mil vagas que a gente vai contratar esse ano, das quais 5 mil aqui em São Paulo. E como a secretária Patrícia colocou, são 4.100 mil em logística, 450, mais ou menos, ao redor de 450 em tecnologia, e outras 450 em outras áreas do negócio. No próximo ano a gente ainda não fechou o plano de 2022, temos que entregar 2021, mas o que é muito provável é que no ano que o investimento vai ser ainda maior. A gente vê um potencial enorme de crescimento no e-commerce, a penetração no Brasil ainda está na casa do 11% do comércio acontecendo de forma online. No ano passado, antes do início da pandemia o patamar era de 5%, nos Estados Unidos já chegou a 25%, na China passou dos 40%. E o Brasil vai seguir avançando, a velocidade não vai ser essa do último ano, que foi muito repentina, mas vai seguir avançando. Então a gente segue supercomprometido com os investimentos e fortalecer as estruturas com as contratações. No estado de São Paulo é um estado superimportante para o Mercado Livre, 85% dos vendedores do Mercado Livre estão no estado de São Paulo, então os compradores estão no Brasil todo, 85% hoje, dos vendedores estão aqui, por isso o investimento é muito forte na logística aqui no estado de São Paulo. Outro ponto é, a nossa sede fica em São Paulo, a Meli Cidade, com apelidada pelos funcionários, estão convidados para conhecer a Meli Cidade quando quiserem. O escritório ainda está fechado, deve voltar nos próximos meses, se Deus quiser, melhorando a situação que a gente está, e aí estão todos convidados para conhecer o escritório. Em nome de todo o time queria dizer que estamos supercontentes com o momento, com os investimentos, e que o melhor está por vir, contém conosco nessa parceria. Foi inacreditável ver em um mês que a gente fez a primeira reunião, tanta mobilização do lado de vocês, reuniões entre as equipes para desenhar um plano com velocidade e com ousadia de investimento. Capacitar 100 mil pessoas não é pouco, como a Patrícia falou, é quase que uma universidade necessária para isso. Então mostra a ousadia e o compromisso também do governo em ajudar nessa retomada do país. Muito obrigado. Acho que tem um vídeo do Mercado Livre que a gente vai passar agora.

APRESENTAÇÃO DE VÍDEO: [sem falas]

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Fernando. Obrigado pelas referências. Essa é a nossa obrigação, esse é um governo, repito, um governo liberal, pró-mercado, e que se ajudou nas suas estruturas, nas suas secretarias, nas suas empresas, instituições, como o Centro Paula Souza, para ser rápido e eficiente, e apoiando o setor privado para que ele agilize naquilo que ele sabe fazer e compete fazer. E no restante, sob à nossa responsabilidade, nós darmos também a velocidade de resposta necessária. E o Mercado Livre é um exemplo concreto disso. Muito obrigado por você ter reconhecido e falado aqui publicamente. Agradeço em nome de todos que estão aqui. Tomo a liberdade de agradecer também em nome do Sebrae nosso grande parceiro aqui em São Paulo. Vamos então às perguntas, nós teremos quatro perguntas, começando pela Folha de São Paulo, depois CNN Brasil, Rádio CBN, portal UOL. Começando então com a Paula Soprano, da Folha de São Paulo. Paula, obrigado por você ter vindo. Boa tarde, sua pergunta, por favor.

PAULA SOPRANO, REPÓRTER: Boa tarde, a todos. Eu acho que as minhas duas primeiras perguntas são para o Fernando. Como vai ser o processo de recrutamento desses profissionais? E quando iniciam esses processos? Essa é a primeira pergunta. Depois eu queria entender como vai ser a distribuição do investimento desses R$ 4 bilhões. E aí a próxima para o governo. Se outras empresas devem entrar nesse programa de fomento à emprego, e em especial do comércio eletrônico, porque cresceram muito no último ano. É isso, obrigada.

FERNANDO YUNES, VICE-PRESIDENTE SÊNIOR DO MERCADO LIVRE: Vamos lá. As contratações já começaram, então e agora o que a gente está fazendo é direcionando para o Minha Chance e para o Empreenda Rápido toda a nossa lista de cargos, de posições a serem contratadas, e essas posições são divulgadas para todos os alunos, para todos os participantes dos programas, e aí esses alunos aplicam para o processo de seleção no Mercado Livre, passam pelo processo e são contratados. Então o processo de seleção nosso começou, e a gente vai fechar o ano com essas contratações. Então o grau de confiança é altíssimo, de contratar essas 5 mil pessoas aqui em São Paulo até o final do ano. A segunda pergunta era com relação aos investimentos, a gente não quebra exatamente o quanto vai para cada destino, mas a primeira linha é logística, depois a gente tem tecnologia, e aí depois de logística e tecnologia vem uma série de várias outras, mas em proporções bem menores. Então eu diria que a terceira então seria serviços financeiros com o Mercado Pago, a nossa carteira digital. Então temos logística, tecnologia, Mercado Pago, e depois vem uma série de outras com investimentos menores. Mas a logística é o número um, é o principal, seguido da tecnologia e Mercado Pago.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Fernando. Paula, eu vou dividir a resposta com a Patrícia Ellen. Mas sim, temos, Amazon, IBM, Microsoft, [Ininteligível], são algumas das empresas que estão atuando conosco fortemente dentro desse mesmo segmento de comércio eletrônico. É mercado muito ativo, o próprio Fernando mencionou, em alta e franco vencimento. A velocidade maior foi nesse ano, no início desse ano de 2021, mas corroborando a informação dada pelo Fernando, o governo também entende que o crescimento seguirá em rito intenso, talvez não com a mesma velocidade, mas intenso até o final desse ano, e também em 2022 e 2023. As previsões são as melhores possíveis, será o setor com maior intensidade em geração de empregos na economia de São Paulo, em três anos, 2021, 2022 e 2023. Os dados são da nossa Secretaria de Fazenda, com Henrique Meirelles, e os dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, da Patrícia Ellen. A quem eu passo a por favor, nesse momento.

PATRÍCIA ELLEN, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Obrigada. Além das empresas que o governador mencionou, nós temos uma série de empresas hoje não somente do comércio, online, mas de várias áreas conosco, do Programa Minha Chance. Então todas as empresas que tenham vagas e consigam ter uma pequena previsibilidade podem trabalhar conosco, respondendo o edital onde nós fazemos inclusive o trabalho de qualificação e apoio em todo o processo de seleção e recrutamento. E temos a Amazon, IBM, Microsoft, a [Ininteligível]. Um programa muito inspirador também com a Comgás, que nós lançamos no mês passado, na verdade, em março, no mês da mulher, programa para gasistas. E na área de tecnologia também temos a Google conosco. Todos estão trabalhando conosco agora, nesse trabalho de preparação de programas de qualificação. Além disso, junto com a Fecomércio, e com o conselho digital da Fecomércio, e Associação Brasileira de Online e Offline, nós estamos desenhando novos programas que serão anunciados também nas próximas semanas, dada a velocidade sem precedentes que esse setor cresceu. Aproveito para agradecer aqui a presença do Daniel Barros, e do Eduardo Araniba, que são os dois subsecretários da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que estão liderando esses programas.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Patrícia. Paula, obrigado. Vamos agora com Tainá Falcão, da CNN. Que bom, Tainá, falamos tanto de temas tristes, temas da saúde, hoje estamos falando de temas de alegria, geração de emprego e geração de renda, novos investimentos, progresso e desenvolvimento. Tainá Falcão, da CNN.

TAINÁ FALCÃO, REPÓRTER: Um respiro, né, governador? Graças a Deus. Vou direcionar primeiro para a secretaria, acho que você pode me ajudar melhor, secretária. A respeito do perfil desse jovem, tem como a gente delinear o perfil, entender a idade, a renda, para a gente também entender o impacto desse investimento na vida dessa pessoa. Eu queria que você falasse também quanto tempo é esperado um retorno desse investimento. O governador falou em três anos, mas quando que a gente vai começar a sentir a curto prazo? E para o Fernando, eu também gostaria de saber, Fernando, sobre, você falou que 2022 ainda não tem um valor fechado, que vocês estão definindo. Agora, para esse ano, a nível Brasil, vocês já têm esse valor de investimento?

PATRÍCIA ELLEN, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Sobre o perfil, nós estamos exatamente tendo esse foco em jovens de até 24 anos, exatamente porque foi o maior impacto de desemprego durante a pandemia. Além disso, são jovens que estão trabalhando conosco nas Etecs, nas Fatecs, nós percebemos que esse público também tem interesse, não é só por necessidade, eles gostam muito do mundo do empreendedorismo. E aí a qualificação profissional e apoio de microcrédito, e todo o programa com o Sebrae que nós acompanhamos todo o ciclo de vida do empreendedor, ele é muito importante para que esses empreendedores sobrevivam, seus mercados e seus negócios cresçam. Então o perfil é esse. Com relação à escolaridade, nós temos para níveis, porque o Vendas Online é um programa de qualificação que exige somente o ensino médio. Então ele pode fazer esse curso, independente do perfil. Mas nós temos também cursos mais avançados. Então nas Etecs e Fatecs os cursos de logística, os cursos de TI, são cursos para tecnólogos, então são cursos mais avançados. E nós estamos trabalhando também em conjunto em programas profissionalizantes. Então a empresa nos diz qual que é o perfil, que o nosso objetivo é preparar os jovens, nossa métrica não é a quantidade de jovens qualificados, é a quantidade de jovens empregados. Ou empreendendo, essa é a meta final, garantir que todos eles empreendam. E isso vai até para a tua segunda pergunta, Tainá, sobre o retorno sobre investimento. Nessa parte do empreendedorismo o retorno é imediato, porque ele já passa a trabalhar, já passa a vender no Mercado Livre, é muito rápido esse processo, o Mercado Livre também tem o programa de formalização que nós estamos apoiando, em parceria com o Sebrae e com a Junta Comercial. Então é um impacto direto e imediato, eles já passam a vender muito rapidamente, em três, quatro meses o negócio já está girando, gerando faturamento. E o investimento nos cursos também, são cursos de duração mais curta, para que esses empreendedores tenham, de fato, já o resultado o mais rápido possível. Ou seja, esse ano, no decorrer desse ano esses 5 mil empregos já estarão sendo ocupados, e aqueles 100 mil empreendedores também estarão sendo impactados pelo curso de vendas online. Além disso, 340 mil empreendedores vão ter acesso ao microcrédito. Lembrando que aqui existem empreendedores com perfil que não é só esse público-alvo dos jovens, tem adultos, tem público longevo, e todos eles podem acessar esses programas.

FERNANDO YUNES, VICE-PRESIDENTE SÊNIOR DO MERCADO LIVRE: Tainá, sobre os investimentos, então eles estão definidos para esse ano, na sua pergunta, são R$ 10 bilhões nesse ano. No ano passado foram R$ 4 bilhões, e no ano anterior foram R$ 3 bilhões. Então esse ano é duas vezes e meia o investimento feito no ano passado, e desses R$ 10 bilhões, R$ 4 bilhões são no estado de São Paulo. E muito na nossa logística. A gente tem um time aqui incansável, altamente dedicado em servir os nossos clientes com excelência. Então não é só crescer, mas é crescer mantendo excelência do nível de serviço. Se a gente crescesse sem se preocupar com o atendimento ao cliente, é um crescimento de curto prazo, vem um boca a boca negativo e a empresa depois regride. Então avançar com nível de serviço é superimportante. Por isso a capacitação entra como um pilar importantíssimo também. Acho que uma outra informação é que no ano passado a gente formalizou 88 mil empresas, desde janeiro do ano passado, foram formalizados pelo Mercado Livre, 66 mil no estado de São Paulo, em parceria com o estado, o estado de São Paulo foi protagonista, pioneiro em uma mudança tributária que permitisse que a gente tivesse aqui dentro do armazém o estoque de vendedores, sem os vendedores precisarem abrir uma filial de empresa aqui dentro, o que tornaria um processo burocrático. Então o governo foi pioneiro, criou essa modalidade, então a gente tem estoque aqui dos nossos parceiros, e a gente vende o produto e consegue entregar no dia seguinte, porque o estoque já está aqui em casa. Então com isso foram 66 mil empresas formalizadas no estado de São Paulo no ano passado.

PATRÍCIA ELLEN, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Só um complemento sobre o perfil, e sobre esse dado. Passara pelo Mercado Livre quase 20% das empresas que foram formalizadas no estado de São Paulo, realmente muito impressionante. É por isso que nós dedicamos todo esse trabalho aqui de apoio direto. E no perfil mais da metade são mulheres. E um outro ponto importante é que por que é tão importante a qualificação? Pegar o exemplo da SAP, que foi mais recente, a gente já acompanhou o funil completo, 60% dos jovens e adultos que fizeram o programa de qualificação já saíram empregados.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Patrícia, Fernando. Obrigado, Tainá. Agora o Mateus, da Rádio CBN. Boa tarde, Mateus, bem-vindo. Por favor.

MATEUS, REPÓRTER: Boa tarde, governador. Boa tarde, a todos. Eu queria direcionar a primeira pergunta para o Fernando, quanto aos profissionais, quantos profissionais estão envolvidos nessa capacitação e no recrutamento desses empreendedores? E quais critérios foram usados para a escolha dessas quatro cidades, são os quatro polos do Mercado Livre? Qual foi esse critério? Para a secretaria Patrícia Ellen eu queria perguntar, dentro desse pacote de perguntas, qual a expectativa de crescimento desse setor para esse ano? Se já existe uma expectativa nesse sentido? Eu queria aproveitar também, já que vocês comentaram sobre a importância da vacina, para manter o crescimento do setor, queria perguntar ao governador João Doria sobre a situação com a China, como estão as negociações? De que forma as dificuldades diplomáticas dos últimos dias estão prejudicando o recebimento dos insumos para Coronavac? E também dificultando a intenção que foi ventilada de assinatura de novos contratos para novos lotes da vacina, direcionados especialmente para o estado de São Paulo. E uma última coisa, governador, queria que o senhor comentasse sobre essa homenagem que o senhor anunciou, batizando o parque linear do Pinheiros com o nome do prefeito Bruno Covas. Obrigado.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Mateus. Começamos então com o Fernando, Patrícia, depois responderei às duas perguntas finais.

FERNANDO YUNES, VICE-PRESIDENTE SÊNIOR DO MERCADO LIVRE: Bom, no time do Mercado Livre a gente tem uma série de especialistas nas áreas que a gente atua, e vão ser essas pessoas que vão trabalhar em conjunto ajudando e suportando a elaboração ou refinar treinamentos que já existem. E aí o Centro Paula Souza oferece e realiza os treinamentos. E os treinamentos são de grande parte online. Então acho que a gente pode complementar a resposta daqui a pouco, mas do lado do Mercado Livre é ajudar a refinar e melhorar esses treinamentos. E aí uma área grande do Mercado Livre, que aí entra depois que os treinamentos são executados, que é em recrutamento e seleção, a gente pode buscar depois o tamanho da nossa equipe para te passar, não tenho esse número de cabeça, mas é muito grande em várias regiões do Brasil, onde a gente contrata. A gente conta tanto com profissionais próprios do Mercado Livre, como empresas terceiras que ajudam a gente nesse processo. Aonde o lado de atitudes e valores é superimportante, depois vem o lado de conteúdo. Então no Mercado Livre a gente diz que não importa o que é entregue, importa também o como é entregue. Então por isso na seleção a partir de atitude, valores é muito importante. Então os locais dos treinamentos, Cajamar, Louveira, Sorocaba e Osasco, são locais onde o Centro Paula Souza, onde tem uma sinergia entre o Centro Paula Souza e o Mercado Livre, e Louveira e Cajamar é onde estão as nossas maiores operações do Brasil.

PATRÍCIA ELLEN, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: O crescimento de 2019 para 2020 foi de 68% nesse mercado em alguns meses, as vendas passaram de 5% pra 10% do varejo completo. Mas nós vimos também que, 2020, mais de 20 milhões de consumidores realizaram pela primeira vez a sua compra online. Por isso que a expectativa para 2021 é que esse número continue crescendo. Então, as previsões são entre 25% e 35% de crescimento esperado para 2021.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Fernando, obrigado, Patrícia. Mateus, em relação à negociação com a China, de fato, aquelas manifestações feitas pelo Governo Federal foram desastrosas na relação diplomática com a China. Eu já fiz essa afirmação várias vezes. E nós estamos restabelecendo diretamente com o governo chinês, com a diplomacia chinesa, seja com o embaixador da China em Brasília, Yang Wanming, como também com a chancelaria chinesa em Pequim. Como vocês sabem, nós temos um escritório que foi inaugurado em agosto do ano passado... perdão, em agosto de 2019, em Xangai, e o nosso diretor do escritório, José Mário, ele está neste momento em Pequim. Aliás, a instrução, a orientação do Wilson Mello, que preside a InvesteSP e que comanda os nossos escritórios internacionais, é que ele só saia de lá quando tiver a liberação dos insumos, ou pelo menos de parte dos insumos, que estão prontos e disponíveis no laboratório Sinovac. Dependemos apenas de uma autorização do governo chinês, não há nenhuma, nenhum problema, nem contratual, nem operacional, nem de fabricação de insumos pela Sinovac, é importante esclarecer isso, aproveitando a sua pergunta. Os insumos estão prontos, acondicionados em contêineres refrigerados, em ambiente protegido, aguardando autorização do governo da China. Mas temos uma boa expectativa, eu queria aproveitar pra fazer essa menção, fruto dos entendimentos que nós, diretamente, realizamos, de sexta-feira até hoje. Na China, se trabalha regularmente no sábado, é um dia normal de operação, e eles estão já um dia à frente. Então, também ontem nós já operamos e, provavelmente, teremos boas notícias, imagino, amanhã, em relação à liberação destes insumos. E vamos esperar que o Governo Federal não agrida mais a China, não fale mais mal da China, nem dos chineses, nem do governo chinês, nem da vacina e nem dos insumos da China. Eles nos abastecem hoje em 90%, os 70% do Butantan, mais os 20% da AstraZeneca. Não faz o menor sentido agredir o país que hoje é responsável por 90% da imunização de brasileiros.

Em relação à homenagem ao Bruno Covas, obrigado por você ter lembrado, na reunião de secretariado, hoje pela manhã, eu orientei o secretário Marcos Penido, que é o nosso secretário de Meio Ambiente, Infraestrutura e Recursos Hídricos, responsável pela implantação tanto da ciclovia, da nova ciclovia do Rio Pinheiros, quanto da despoluição do Rio Pinheiros, e na margem direita do novo Parque Linear do Rio Pinheiros, que tem 17 Km de extensão... É um parque grande e importante, nós teremos ali uma segunda ciclovia, também iluminada, áreas de esporte, de recreação, cafés, áreas de observação, cuja implantação já começou, está sendo feita com investimento privado, investimento do Estado de São Paulo também, e a previsão é que já no ano que vem, até setembro, ele esteja pronto. E este parque vai chamar Parque Linear Bruno Covas. Obrigado.

Vamos agora ao Lucas Teixeira. Lucas, bem-vindo. Lucas é do UOL.

LUCAS TEIXEIRA, REPÓRTER: Tudo bem, governador?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Tudo bem, e você?

LUCAS TEIXEIRA, REPÓRTER: Boa tarde, tudo bom? Duas questões. A primeira, sobre emprego, que eu entendi que é o grande foco dessa parceria. Como o senhor avalia, a Sra. Secretária avaliam que o estado vai fechar 2021? Em 2020 vocês apresentaram números mais positivos do que o esperado, mas ainda assim não positivos, né? Então, eu queria saber se em 2021 a gente já pode prospectar uma virada aí, uma retomada real, mais do que uma... Se acontecer. E outro ponto, só pra entender melhor a parte da Sinovac. Estando tudo pronto, é puramente uma questão política, então? O ponto é que não é possível [ininteligível] amanhã, vocês estão lá conversando, mas são questões políticas, então não tem como dar um prazo. É por aí?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Correto, Lucas. Em relação à primeira pergunta, posso compartilhar, sim, com a Patrícia Ellen, mas nós já temos um número a comemorar. Janeiro, fevereiro e março, nós geramos 251 mil novos empregos, aqui no Estado de São Paulo, e não estamos considerando aqui os 5 mil empregos que estamos, nesse momento, celebrando, fruto desse nosso entendimento, do acordo, treinamento, formação e da necessidade do Mercado Livre. Nós estamos no mês de maio, eu dei aqui os números de janeiro, fevereiro e março, do primeiro trimestre. Agora, temos o segundo trimestre do ano: abril, maio e junho. E a expectativa é de seguirmos crescendo. A projeção foi feita pelo ex-ministro e nosso secretário da Fazenda, Henrique Meirelles, um resultado bastante bom, bastante expressivo. Foi o único estado do país que apresentou um crescimento tão expressivo numericamente, na geração de novos empregos, e apresentou também, aproveito para informar, um crescimento expressivo do PIB. O PIB de São Paulo foi, na média, 6%, nesse primeiro trimestre do ano, e tudo indica que nós vamos manter essa média até o final do ano ou até superar os 6%, chegando até 7%, entre 6% a 7% é a previsão de Henrique Meirelles para o PIB, o Produto Interno Bruto do Estado de São Paulo, neste ano de 2021. Dadas as circunstâncias da pandemia, da crise econômica do país, da falta de crescimento do Brasil, o Brasil não tem a mesma velocidade de crescimento de São Paulo, São Paulo cresce quase quatro vezes mais do que o Brasil. Foi assim em 2020, foi assim em 2019, será assim, ao que tudo indica, em 2021. E forte geração de empregos, empregos privados, como deve ser na economia. Portanto, estamos num bom caminho, e hoje, com o anúncio desse investimento de R$ 4 bilhões do Mercado Livre em São Paulo, e da geração comprometida de 5 mil novos empregos, nós seguimos acelerados no nível de desenvolvimento, aqui no Estado de São Paulo e geração de novos empregos. Patrícia.

PATRÍCIA ELLEN, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Obrigada, governador. Só pra complementar--

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Depois eu falo, depois eu volto pra falar da Sinovac, mas no mesmo tema, Patrícia.

PATRÍCIA ELLEN, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Além dos 6% de crescimento acumulado, só no mês de março, com relação ao mesmo período do ano passado, foi 9% de crescimento do PIB. Dos empregos, 253 mil empregos gerados, 103 mil vieram do setor de serviços, destacando a importância de um anúncio de investimento como esse. Mais da metade dos empregos gerados vêm também de micro e pequenos empreendedores. Então, esse trabalho de apoiar os empreendedores, além dos 5.000 empregos diretos, os 100 mil empreendedores que foram formalizados e os 340 mil que já fazem parte desse ecossistema, eles geram empregos, que muitos deles são autônomos, mas têm pequenas empresas, onde eles empregam uma, duas, cinco pessoas. Por isso que esse investimento tem um impacto direto aqui, impactando, numa conta simples aqui, mais de meio milhão de empregos, no mínimo, mas podendo chegar aqui a números pelo menos de um milhão de empregos impactados. E o último número desse início do ano é que esse empreendedorismo continua crescendo. Nós tivemos aqui um número muito expressivo, nesse primeiro trimestre, de empresas criadas, foram mais de 80 mil empresas criadas, MEIs, e na Jucesp também nós batemos, como eu mencionei, os recordes, foram os maiores números dos últimos 22 anos. Então, apoiar esses empreendedores, para que eles prosperem, se profissionalizem, é uma grande prioridade do Governo do Estado de São Paulo.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Patrícia. E complementando a sua pergunta, Lucas, sim, hoje é uma questão política e diplomática. Não é uma questão nem operacional, nem de fabricação, nem de disponibilidade e nem contratual. Os insumos estão prontos, estão disponíveis, a Sinovac tem cumprido rigorosamente o contrato com o Instituto Butantan, o Butantan é o maior comprador mundial de vacinas da China, e obviamente da Sinovac. São 100 milhões de doses já contratadas, e um novo contrato de 30 milhões de doses, que já foi também encaminhado para a Sinovac. E tudo indica que eles cumprirão o contrato, como estão cumprindo o contrato dos 100 milhões, 46 mais 54. Quarenta e seis milhões já foram entregues ao Ministério da Saúde. Dos 54, já começamos com 1.212.000 doses já entregues. Com a chegada de novos insumos, que é a notícia que nós esperamos receber entre hoje e amanhã, seguiremos, dentro desta entrega, e temos até 30 de setembro para fazer a entrega desses 54 milhões de doses, dentro do contrato estabelecido entre o Butantan e o Ministério da Saúde. Mas o que nós precisamos é da ação da diplomacia brasileira, do atual ministro das Relações Exteriores, Carlos França, eu já me referi aqui que ele deu uma outra postura, um outro posicionamento nessa relação com a China. Espero que ele tenha sucesso e que também o relacionamento que nós implementamos nos últimos cinco dias, diretamente com as autoridades chinesas, em Pequim, através do nosso escritório na China, também possam produzir bom resultado e possamos anunciar, quem sabe, amanhã, até amanhã, a chegada de novos insumos, para produção de mais vacinas do Butantan, da Coronavac.

E aproveito também, Lucas, pra falar da Butanvac, e fazer um apelo aqui à Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, para que libere os estudos de pesquisa das fases 1, 2 e 3, da Butanvac, uma vacina que nós temos disponibilidade de tecnologia e não precisaremos importar insumos de ninguém. Os insumos serão produzidos aqui no Instituto Butantan, o envase, a testagem e a logística feita a partir da entrega desta vacina nacional, que é a Butanvac. Nós autorizamos a produção inicialmente de 18 milhões de doses da vacina, já temos 6,8 milhões de doses prontas, chegaremos a 18 milhões até o próximo mês de julho, e teremos condições de chegar a 40 milhões até novembro, dessa vacina, e disponibilizando portanto uma quantidade bastante expressiva para o sistema nacional de imunização, e também para o sistema estadual de imunização, ou programa estadual de imunização, em São Paulo. Mas precisamos que a Anvisa autorize o mais rápido possível o início desses estudos, e não há razão para demora. Lembrando que o princípio, Lucas, é do vírus inativo, o mesmo da vacina contra a gripe, da qual o Butantan detém tecnologia e experiência de 25 anos, sendo o maior produtor de vacinas contra a gripe do Hemisfério Sul. Portanto, o maior produtor de vacinas contra a gripe do Brasil, da América Latina e, repito, de todo o Hemisfério Sul. O princípio é o mesmo, tecnologia desenvolvida por cientistas do Instituto Butantan.

Assim, temos duas vacinas, o que ajudará a facilitar muito o programa de imunização. E finalizo dizendo que a vacina do Butantan custará cerca de cinco vezes menos do que a vacina importada pelo próprio Butantan, que é a Coronavac, cuja fábrica também está em desenvolvimento e ela estará pronta, aproveito para reafirmar, eu já havia dito isso aqui pouco antes do início da coletiva, que esta fábrica, com investimento privado, de cerca de R$ 180 milhões, ela está em construção, está em dia, ela estará pronta até o final de setembro, outubro e novembro ela estará recebendo os equipamentos que são importados, aí é feita a testagem desses equipamentos, será preciso aprovação da Anvisa, evidentemente, e na segunda quinzena de dezembro a produção das primeiras doses, Fernando, dessa vacina do Butantan, que é a Coronavac brasileira. E a partir de janeiro, em larga escala, em escala crescente de produção dessa vacina, ou seja, a perspectiva de curto, médio prazo, é muito boa, se tivermos o apoio do Governo Federal, com a Anvisa, que é um órgão independente, e com o Itamaraty, para liberação dos insumos, perspectivas boas e notícias que nos trazem esperança.

Eu quero aqui, ao final... É 1h da tarde, eu queria agradecer aos jornalistas, que tiveram a delicadeza de aceitar o convite do Governo de São Paulo, e também do Mercado Livre, para estarem aqui, meus colegas cinegrafistas, fotógrafos, técnicos que aqui vieram, os que não puderam vir e a Secom está abastecendo com imagens, áudio e informações também, as emissoras que não tiveram a oportunidade de estar aqui, as emissoras de rádio, obrigado por estarem também presentes. Muito obrigado, Fernando, por nos receber aqui na sua casa, obrigado a todos os seus profissionais que estão aqui, todos trabalhando, ninguém parou de trabalhar. Alguns que estão aqui são convidados. E agradecer também a você, Wilson Poit, em nome do Sebrae, a você, à Mariana, que aqui está, e toda a sua equipe, agradecer você também, Patrícia Ellen, Laura Laganá e a todos que puderam nos ajudar para fazermos essa coletiva. Eu vou gravar agora um vídeo ao lado do Fernando, para as nossas redes, são 6 milhões de pessoas que nos acompanham nas redes, e estaremos, quarta-feira, juntos na coletiva de imprensa, no Palácio dos Bandeirantes. Bom dia a todos, por favor, se protejam, estejam bem.