Coletiva - Semana Estadual de Combate à Dengue - 20122111

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Semana Estadual de Combate à Dengue

Local: Capital - Data: 21/11/2012

GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Olha, nós estamos em plena semana do combate à dengue e é muito importante a colaboração de todos. Nós tivemos na década de 80 a dengue do vírus tipo 1, depois na década de 90 o tipo 2, em 2002 o tipo 3 e agora em 2011 o tipo 4. E o vírus tipo 4, a população praticamente não tem imunidade, então o risco de ter uma dengue hemorrágica, que é uma dengue mais grave, é muito grande. E o caminho, enquanto não se tem a vacina, e o Instituto Butantã está trabalhando para que o Brasil tenha a vacina contra os vírus da dengue, mas ainda vai levar alguns anos, então o caminho é combater o vetor, que é o mosquito, o Aedes Aegypti. Esse é o caminho para evitar a dengue. E o mosquito se desenvolve em água parada e ele completa o ciclo, de ovo até o mosquito que infecta a pessoa e leva a doença, em uma semana. Então uma semana de água parada no quintal, na bandeja da geladeira, que fica atrás da geleira, no motor; parado na bromélia, que acumula água, no porta vaso, enfim, é preciso todo mundo ajudar porque não tem como ir a todas as casas. Porque fazer agora a campanha e todo mundo participar? Porque vai começar o verão e quando esquenta, muda a temperatura, aumenta muito a proliferação do mosquito e por consequência a transmissão da dengue. Nós temos a comemorar, nós tivemos em 2010, 189 mil casos de dengue no Estado de São Paulo, em 2011, 90 mil, caiu para metade e este ano até agora 24 mil casos, então caiu também muito. Mas a dengue pode ser mais grave, em razão do tipo 4, que é um tipo novo que a imunidade praticamente é quase inexistente. Então a campanha, a educação para a saúde, cada um na sua casa, no seu quintal, cuidando dos vasos, toda semana olhando a parte de trás da geladeira. Um dos nossos técnicos aqui explicou que no caso da geladeira é tirar o fio da tomada, tirar o interruptor da tomada, desligar da geladeira e se a bandejinha for fixa, não sair, então é pegar aquela espuma ou pano e enxugar a bandejinha, ou seja, não deixar água parada na bandejinha atrás da geladeira. Enfim, uma campanha educativa, nós estamos com 25 mil profissionais em todo o Estado trabalhando e todo mundo empenhado em razão da mudança do clima, da entrada do calor e da possibilidade de crescimento de dengue.


REPÓRTER: Governador, me permita mudar de assunto. O senhor parece que vai fazer um anúncio de alguma alteração na Secretaria de Segurança Pública. Eu gostaria que o senhor nos contasse o que é isso.


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Olha, o secretário Ferreira Pinto trabalhou conosco quase sete anos, foi um bom secretário da administração penitenciária e secretário da Segurança Pública, ele colocou o cargo à disposição e eu quero aqui agradecer ao Dr. Ferreira Pinto, que trabalhou com competência, com honestidade, com dignidade na função pública que exerce. E dizer que nós indicamos e nomearemos ainda hoje como secretário de Segurança Pública, ele tomara posse amanhã o Dr. Fernando Grella. O Dr. Fernando Grella foi duas procurador-geral do Estado de São Paulo, membro, presidente do conselho do Ministério Público dos procuradores de todo o Brasil, uma pessoa com uma grande experiência, quase 30 anos com o promotor e procurador, e está preparado para gente poder dar mais um avanço. São Paulo continuar sendo um dos Estados mais seguros em termos de segurança do Brasil, e nós reconhecemos as dificuldades que estamos passando e vamos nos empenhar de forma ainda redobrada neste trabalho.


REPÓRTER: Governador, o que deve ocorrer com o Antônio Ferreira Pinto, governador?


GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Só reiterando. Agradecer ao Dr. Ferreira Pinto, que fez um bom trabalho, exerceu o cargo tanto na SAP, na administração penitenciária, que não é um cargo fácil, de grande responsabilidade como na Segurança Pública, com competência e com dignidade. Agradecer fez um bom trabalho e o Dr. Fernando Grella, ele vai ser nomeado hoje, tomara posse amanhã. Amanhã já é a transferência de cargo, tem 28 anos de experiência no Ministério Público, dirigiu o Ministério Público de São Paulo com o procurador-geral duas vezes, tem uma larga experiência em todo esse trabalho, o Ministério Público também é importante parceiro e vai dar, fazer todo o empenho. E o governo inteiro, todo empenho nesse trabalho para garantir segurança, fortalecer a segurança em São Paulo, proteger a população e combater o crime, seja ele organizado, não organizado, de todas as formas.