Coletiva MPenido JSerson - SP adere às campanhas da ONU para zerar emissão de poluentes até 2050 20212007

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva MPenido JSerson - SP adere às campanhas da ONU para zerar emissão de poluentes até 2050 20212007

Local: Capital – Data: Julho 20/07/2021

Soundcloud

REPÓRTER: Algum planejamento para conter a crise hídrica que provavelmente vai vir? Já houve um alerta do Governo Federal?

MARCOS PENIDO, SECRETÁRIO DE INFRAESTUTURA E MEIO AMBIENTE: O Planejamento de São Paulo não é de agora, houve a manifestação do governo de instalação da crise, mais uma crise elétrica em função da questão da questão hídrica, mais São Paulo já tem planejamento já muito tempo com relação a garantia do abastecimento de água. A própria Cantareira ela já foi totalmente remodelada no sentido que hoje ela atende a 7,3 milhões de pessoas contra 12 milhões que era em 2014, com o abastecimento via São Lourenço, com a transposição também lá do Paraíba do Sul. A Cantareira hoje ela já tem toda uma outra estrutura que o Alto Tietê, e a Billings compensa. E São Paulo está acompanhando, pedindo para a população o uso consciente da água, mas o estado de São Paulo tem adotado todas as providências junto aos municípios que estão com a Sabesp e mesmo aqueles que não são com a Sabesp. Temos feito, proporcionado discussões, apresentado alternativas, e soluções que a Sabesp utilizou para mudança de pontos de captação, mudanças da forma de atuação, para que possa garantir o abastecimento. O planejamento de São Paulo para esse momento foi fundamental para que possamos transcorrer todo esse tempo sem a falta do abastecimento de água.

REPÓRTER: Eu queria saber, se o senhor acredita que por São Paulo ser um polo industrial muito firme, muito vivo, é terá uma dificuldade maior em implementar, ou essa não é uma questão? Implementar reformas verdes?

MARCOS PENIDO, SECRETÁRIO DE INFRAESTUTURA E MEIO AMBIENTE: De maneira nenhuma, inclusive hoje a questão da sustentabilidade, ele é um diferencial para o setor industrial, o setor industrial que tem o selo verde, que tem a questão da sustentabilidade na sua produção, abre novos mercados, abre novos caminhos. Hoje a exportação ela é fundamental que se tem a questão da sustentabilidade que se pratique ações de proteção ao meio ambiente, para que se abram os mercados. Então a indústria nacional, cada vez mais se preparando para isso. E nós através inclusive deste projeto, temos a questão da energia, a questão do oferecimento de outros tipos de energia, de uma energia limpa, da mudança da matriz energética para que a nossa produção possa continuar tão pujante. São Paulo sendo a locomotiva que é, mais uma locomotiva verde, uma locomotiva sustentável.

REPÓRTER: Queria perguntar sobre a consulta pública, então o plano ainda não está fechado, ainda vai ter uma consulta pública sobre este plano?

MARCOS PENIDO, SECRETÁRIO DE INFRAESTUTURA E MEIO AMBIENTE: O decreto ele dá todas as diretrizes e as ações que devem ser tomadas, inclusive, com seus prazos. Com a assinatura do decreto, amanhã nós lançamos a consulta pública das diretrizes do plano de ação climática. Ele é uma corrida para o zero. Não é, nós não estamos hoje com o decreto chegando no zero, nós demos um start para essa corrida com várias ações na questão energética, no plano de ação de clima, na questão da adaptação, e da proteção do meio ambiente, e da adaptação para que a gente possa inclusive mitigar riscos como a própria questão das crises elétricas e da crise hídrica. Tá bom?

REPÓRTER: Uma palavrinha, secretário [ininteligível] como o senhor avalia a importância desse momento aqui para o estado de São Paulo?

JULIO SERSON, SECRETÁRIO ESTADUAL DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS: É um momento fundamental, qualquer país, qualquer estado, qualquer cidade que queira se envolver nas atividades internacionais, o movimento econômico global, precisa se preocupar com questões ambientais. E nós que rodamos o mundo inteiro, vamos atrás de novos investimentos para o estado, novas oportunidades para a população, a primeira pergunta que nos vem, é: Como São Paulo trata a questão do desenvolvimento econômico, e do desenvolvimento sustentável, no que diz respeito a questão econômica. Portanto, é importante o Governador João Dória, prioriza esse desenvolvimento social sustentável, prioriza as questões ambientais, porque se nós não nos preocuparmos com questões ambientais, desenvolvimento sustentável novamente, nós não conseguiremos nos inserir no panorama global de recuperação econômica.

REPÓRTER: Obrigada!