Coletiva RGarcia Retoma SP - Governo libera mais de R$ 32 milhões para obras e programas na região de Rio Preto 20211911

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva RGarcia Retoma SP - Governo libera mais de R$ 32 milhões para obras e programas na região de Rio Preto 20211911

Local: São José do Rio Preto – Data: Novembro 19/11/2021

Soundcloud

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Bom, nessa manhã aqui em São José do Rio Preto, em nome do governo de São Paulo lançando o Programa Retoma SP, que é um programa de apoio ao microempreendedor dessa região, através do Banco do Povo, da Desenvolve São Paulo, tem acesso à linhas de financiamento com juros subsidiados do governo, e também um apoio à população mais vulnerável através dos mais diversos programas sociais de São Paulo, do Bolsa do Povo. Através desse mutirão hoje a gente faz a buscativa daquela população que tem direito a esses programas, e que, muitas vezes, não estão recebendo. Portanto, boas notícias para a região de Rio Preto, no Retoma São Paulo. Apoiando a retomada econômica e ajudando a população mais vulnerável.

REPÓRTER: Rodrigo, [Ininteligível] prefeitos na região sobre o plano de concessão que prevê instalação de pedágios aqui na região de Rio Preto, e principalmente ali na Washington Luís. Existe a possibilidade de o estado rever essas concessões?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Olha, ninguém faz um programa de concessão para piorar a situação regional, nós buscamos uma concessão para melhorar. E o governo faz isso através dessas audiências públicas, apresenta uma ideia, escuta as sugestões e faz a revisão de um projeto definitivo. Então nós não temos ainda um projeto definitivo para o quinto lote de concessão, nós temos como dois objetivos nesse quinto lote, é não só fazer a renovação das concessões existentes, como incluir novas estradas para a gente poder fazer duplicação e melhoria de atendimento. Então em resumo, não existe uma decisão final e nenhum desenho desse quinto lote de concessão definitivo. As audiências públicas ocorreram aqui em Rio Preto, lá em Araraquara, em Barretos, em Penápolis, todas as sugestões e as críticas foram recebidas, e agora a equipe técnica está avaliando se cabe uma modelação diferente daquela apresentada, e aparentemente cabe, pelas críticas que me ocorreram, e assim que tivermos uma decisão objetiva sobre isso nós viremos aqui à região anunciar. Pode ser um novo lote, pode ser uma nova forma de concessão, ou pode ser uma prorrogação dos contratos existentes.

REPÓRTER: Rodrigo, domingo nós temos as prévias do PSDB, a gente percebeu aqui um fechamento bastante interessante das demais autoridades, do prefeito Edinho Araújo. Caso aconteça de o governador João Doria não conseguir ser candidato pelo PSDB, isso muda alguma coisa na sua candidatura a governador?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: O João Doria vai ser escolhido candidato a Presidente da República pelo PSDB no próximo domingo, ele é governador de São Paulo, percorreu o Brasil nos finais de semana, angariou a simpatia da maioria absoluta dos tucanos, e vai ser homenageado pré-candidato a Presidente no domingo. Assim como no domingo também teremos as prévias para governador de São Paulo, que vão se realizar pela manhã, e, portanto, homologando o meu nome como candidato a governador do PSDB em São Paulo, também no domingo antes das prévias nacionais. Agora, nós temos muita expectativa que após as prévias, e no ano que vem, a possa discutir o futuro de São Paulo e o futuro do Brasil, pactuando com a sociedade que vive hoje um momento muito delicado, e que tem a esperança de com novos governos melhorar e ter mais oportunidades para a sua vida.

REPÓRTER: Como que o senhor vê a aproximação do ex-governador Alckmin com o ex-Presidente Lula?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Olha, posso falar por mim, eu sou antagônico ao PT, eu sempre fiz campanha contra o PT e continuarei fazendo contra o PT. Isso não significa que eu não respeito o PT, não significa que eu possa dialogar, mas estar juntos em uma campanha, não.

REPÓRTER: R$ 27 milhões nesse programa de retomada, mas qual que é o total de investimento em todo o estado?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Olha, são mais de R$ 500 milhões, esses investimentos estão distribuídos em empréstimos, e aí não o é o valor do empréstimo, é o valor do subsídio que o estado paga para os juros, muitos dos empréstimos tem juros zero, então a gente paga isso com orçamento público. Está dividido também nas bolsas, seja na Bolsa Trabalho, seja no Bolsa Empreendedor, a gente identificou principalmente mulheres que faziam bolo em casa, que faziam pequenos comércios, elas não conseguiam pegar o dinheiro e retomar a sua atividade. Aí a Patrícia teve uma ideia de nós darmos um dinheiro a fundo perdido, para que ela pagasse as suas contas, e esse dinheiro que é o Bolsa Empreendedor, faz com que essas mulheres, principalmente, e pequenos produtores tenham acesso a esse dinheiro a fundo perdido, possam fazer um curso de qualificação, e na sequência possam ter dinheiro de empréstimo para o seu negócio. Então são mais variados programas que aqui nós estamos prevendo R$ 27 milhões de investimentos. SE precisar de mais o governo de São Paulo vai ampliar esses recursos.