Coletiva RGarcia SJRPreto - Governo de SP destina R$ 18 milhões para ativação do Hospital de Rio Preto 20211009

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva RGarcia SJRPreto - Governo de SP destina R$ 18 milhões para ativação do Hospital de Rio Preto 20211009

Local: São José do Rio Preto – Data: Setembro 10/09/2021

Soundcloud

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Uma sexta-feira de muito trabalho aqui em São José do Rio Preto, fazendo, em nome do governador João Doria, a autorização de recursos para que o prefeito de São José do Rio Preto, Edinho Araújo, possa concluir o novo hospital municipal aqui na zona Norte. Serão R$ 18 milhões investidos em parceria com a prefeitura, para que esse equipamento possa atender a população de São José do Rio Preto, a partir do ano que vem. Além disso, o anúncio das estradas vicinais, três importantes artérias aqui da cidade de Rio Preto, que liga Rio Preto com Schmitt, com Mirassolândia, com a Vila Azul, para que elas possam ser melhoradas e ampliadas, obras que serão licitadas agora nessa próxima semana, no valor de R$ 47 milhões. E também o grande anúncio do evento agropecuário da aquicultura no ano que vem, e Rio Preto vai sediar esse grande evento. Ao lado disso, várias outras ações em parceria com a cidade de Rio Preto, que é sede da nossa região metropolitana, e com várias cidades da nossa região. Dia de muito trabalho aqui em Rio Preto.

REPÓRTER: Qual a importância desses investimentos agora, com a região metropolitana aqui de São José do Rio Preto?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Olha, naturalmente Rio Preto, como sede da região metropolitana, vai conseguir articular com os outros municípios a priorização de novos investimentos, esses investimentos que já estavam programados, vão preparar ainda mais a região metropolitana de Rio Preto para o seu crescimento. Quando você investe em saúde, quando você investe em infraestrutura, você está dando melhor condição de vida e qualidade de vida à população. E o grande esforço é que a região metropolitana possa melhorar a qualidade de vida de quem vive aqui na região de Rio Preto.

REPÓRTER: Governador, o senhor está cotado para ser candidato a governador, e aparece em 5% nas intenções de [Ininteligível]. Como o senhor vê essas intenções no cenário?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Olha, nós vamos falar muito sobre campanha o ano que vem. Eu agradeço aqueles que já me conhecem, mas no ano de 22, vamos tratar da democracia brasileira, das eleições, que são fundamentais para a manutenção dessa democracia. Até lá muito trabalho, muita dedicação na condição de vice-governador de São Paulo.

REPÓRTER: Rodrigo Garcia, de acordo com o centro de monitoramento de secas do Brasil, a nossa região vive a pior crise hídrica. O que o governo do estado tem feito para apoiar essas cidades que estão passando por racionamento nesse momento?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Olha, ao lado do nosso governador João Doria, no mês de outubro, nós lançaremos o maior programa de apoio a recursos hídricos do estado de São Paulo, muitas dessas cidades tem autonomia no seu departamento de águas e esgoto, e, portanto, tem o seu planejamento, mas ela vai contar com apoio fundamental do governo do estado, para investimento em perfuração de poços profundos, para a captação de águas de superfície. Eu conheço aqui o projeto de São José do Rio Preto, para a captação de água do Rio Turvo, e tantos outros. Nós temos oito comitês de bacias no estado de São Paulo, todos eles foram chamados pelo nosso governo, para que eles priorizem os projetos e investimentos, e eles vão contar com apoio do estado. A gente sempre planeja o futuro olhando o que aconteceu no passado, mas com o clima não pode ser mais assim, as mudanças climáticas são grandes, e naturalmente nós temos que ter mais segurança para que não falte aquilo que é o bem essencial da vida, que é a água para as pessoas.

REPÓRTER: O que o senhor achou do recuo do Bolsonaro depois do protesto de 7 de setembro?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: O Brasil precisa de paz, harmonia e de trabalho, e de cuidar de problemas reais das pessoas, é isso que nós estamos fazendo aqui em São Paulo.

REPÓRTER: Sobre a questão do hospital municipal, o hospital de Mirassol, que o prefeito disse que as obras estão paradas, e as obras são do governo do estado, eu gostaria de uma palavra do senhor.

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: As obras são da organização social, que recebeu um aporte de mais de R$ 15 milhões do governo do estado, esse dinheiro já está liberado, e a organização social agora deve ter uma estratégia de execução. Os recursos para a conclusão do hospital de Mirassol estão assegurados, e o convênio já foi assinado com a organização social.

REPÓRTER: Rodrigo, como que o senhor considera a questão da polarização do ano que vem entre Lula e o Bolsonaro, o senhor acha que o PSDB vai ser a terceira via?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR: Nós vamos buscar a melhor via para o ano que vem, e não é um dos extremos da direita, e nem o extremo da esquerda. REPÓRTER: Secretário, posso fazer uma perguntinha? Secretário, São José do Rio Preto já aguarda há alguns dias uma nova remessa de vacina para dar continuidade na imunização dos adultos com mais de 18 anos, tem alguma previsão para o envio dessas doses?

JEAN GORINCHTEYN, SECRETÁRIO DA SAÚDE: Nós já entregamos na semana passada 74 mil doses de vacinas, nos próximos dias mais 16.200 mil vacinas serão disponibilizadas, nós temos ainda não aportados no nosso sistema Vacivida, 19 mil doses de vacina. Então muito possivelmente essas doses não devam ter sido aplicadas. Então dessa forma as áreas técnicas estão aguardando esse posicionamento para ver a necessidade de se incrementar um maior envio ou não de doses para a região.

REPÓRTER: O município diz que tem feito esse pedido semanalmente para o estado, como que está a situação? Não tem então nenhuma previsão, por enquanto?

JEAN GORINCHTEYN, SECRETÁRIO DA SAÚDE: É muito importante que todos os municípios reflitam e relatem essas doses ministradas no sistema Vacivida, é esse sistema que dá a condição da própria Secretaria de Saúde de implementar alguma condição em uma ou outra região, baseado no dispositivo e no repositório de vacinas. Então é importante tanto os prefeitos, secretários municipais de Saúde, que reforcem, que nas Unidades Básicas de Saúde onde estão sendo ministradas as vacinas sejam registradas essas doses que foram administradas.

REPÓRTER: Queria aproveitar só para fazer uma última pergunta para o senhor, a adesão do público de mais de 90 anos pela dose adicional, a terceira dose, ainda está muito baixo aqui em São José do Rio Preto. Qual que é a importância dessas pessoas serem imunizadas, tomarem esse reforço, secretário?

JEAN GORINCHTEYN, SECRETÁRIO DA SAÚDE: É muito importante, é importante porque normalmente os idosos, assim como pacientes que são imunossuprimidos eles produzem menos anticorpos, que são as células de defesa. Quando eu tenho o passar dos meses, esses anticorpos tendem a declinar, tendem a cair, e o resultado disso acaba sendo uma fragilização, uma exposição ainda maior. Principalmente quando hoje nós falamos na variante Delta, lembrando que a variante Delta está em São Paulo, são mais de 1.400 mil casos, nós temos 19 deles aqui na região de São José do Rio Preto. Então é muito importante que as pessoas realmente se protejam. E a proteção é uso de máscaras, e também a vacinação. Usem, se façam valer da terceira dose, que essa é a única forma que nós temos de proteger essas pessoas, que são muito mais frágeis, como disse, do ponto de vista imunobiológico.

REPÓRTER: Obrigada, secretário.