Coletiva RGarcia Saúde - SP repassa R$ 39,2 mi para a saúde da região de Marília e libera R$ 18 mi no Retoma SP 20212210

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva RGarcia Saúde - SP repassa R$ 39,2 mi para a saúde da região de Marília e libera R$ 18 mi no Retoma SP 20212210

Local: Marília – Data: Outubro 22/10/2021

Soundcloud

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom, nessa sexta-feira o Governo de São Paulo vem a Marília, com dois grandes propósitos. O primeiro deles, a área da saúde, fazendo a autorização do Mais Santas Casas para todos os hospitais filantrópicos de Marília e da região. Esse programa apoia esses hospitais filantrópicos, as Santas Casas, para que elas continuem atendendo bem a nossa população. E a segunda notícia, que é o Retoma São Paulo, a feira do empreendedor, que o Governo de São Paulo ajude o pequeno comerciante, aquele que sofreu durante a pandemia, a retomar os seus negócios. Um recurso do Banco do Povo, da Desenvolve SP, com cursos do Sebrae, do Via Rápida, e também com as frentes de trabalho, apoiando aquele trabalhador que hoje está desempregado.

REPÓRTER: Vice-governador, a gente sabe que [ininteligível] acontece hoje com vários serviços, né? Isso porque o impacto da pandemia na economia, para o emprego, foi muito grande. Como é que é a avaliação e até a estatística que o Governo do Estado tem do impacto disso e como espera recuperar ou pelo menos ajudar nessa recuperação?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, nós cruzamos todos os setores econômicos que mais sofreram durante a pandemia: bares, restaurantes, feiras e eventos naturalmente são aqueles setores que sofreram um impacto maior. Para esses setores, nós temos várias linhas de crédito especiais, com juros zero, com apoio inclusive de formação profissional, para que eles retomem as suas atividades. Além disso, uma série de outros programas, para a gente ativar a economia de São Paulo. São Paulo está crescendo bem mais do que o Brasil, as ações que foram feitas no estado, elas estão dando resultado. Durante a quarentena, o Plano São Paulo, foi fundamental para que a gente pudesse ter uma quarentena heterogênea, fechando e abrindo aquilo que era necessário naquele momento. Isso se mostrou viável, tanto é que São Paulo retoma a economia antes do que os outros estados. E agora é hora do governo ajudar, do governo apoiar esses comerciantes que sofreram tanto.

REPÓRTER: Governador, com relação ao Corujão da Saúde, você mesmo citou que a população quer que a saúde volte mais fortalecida, né? Como é que vai funcionar esse Corujão? Esse aporte de dinheiro também vai ajudar nisso?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: A saúde é prioridade, nós estamos ampliando o atendimento dos hospitais estaduais, o HC aqui de Marília recebe mais recursos esse ano para poder conseguir fazer esses atendimentos. Além desses, nós estamos fazendo o apoio às Santas Casas, para que elas também tenham condições de apoiar a saúde. Mais Santas Casas é dinheiro para pagar o salário do profissional, para comprar remédio, para comprar insumo, e também o Corujão da Saúde, que tem o objetivo de diminuir as filas que foram criadas durante a pandemia. Durante a pandemia, nós focamos no Covid-19 e muitas doenças ficaram de lado. Agora é hora de, em pouco tempo, a gente tentar retomar cirurgias, retomar os exames, e o Corujão da Saúde em Marília já começou. As mais variadas especialidades, a população que está na fila aguardando por seu exame vai receber um comunicado do governo, um agendamento, para que rapidamente a gente possa diminuir essas filas.

REPÓRTER: Rodrigo, e o nosso AME aqui? Uma demanda antiga, o AME, o AME Cirúrgico. A prefeitura inclusive já tem até um imóvel aí preparado, que pode abrigar. Quando sai o nosso AME?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, essa questão da saúde, ela é prioridade. Junto com a prefeitura, junto com os nossos órgãos de saúde, nós temos que avaliar dentro da assistência à saúde em Marília as necessidades. Então, nós estamos em um diálogo permanente com o HC, com o prefeito Daniel, para avaliar o que mais o estado pode ajudar. O AME é um programa de sucesso, um ambulatório de especialidades, mas também nós temos que investir muito na alta complexidade, que é onde a população, infelizmente, vem a óbito, né? Então, conciliamos todas essas expectativas para que Marília possa ter uma saúde cada vez mais fortalecida. Ela já é referência e continuará sendo cada vez mais fundamental para o atendimento à região.

REPÓRTER: Mas está nos planos para o AME--

REPÓRTER: [ininteligível]

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Então, o AME já é um sonho antigo da cidade, o Estado de São Paulo apenas concluiu aqueles AMEs que estavam em andamento, e agora, junto com o HC e junto com a prefeitura, avaliar se e como nós podemos ampliar o atendimento à saúde. O AME pode ser uma alternativa, assim como a ampliação do HC, do Hospital da Mulher, outras alternativas.

REPÓRTER: Dá para a gente prever, ou pelo menos estimar uma retomada, essa reação da economia, com essas facilidades, enfim, com essas intervenções do governo? Vocês têm essa estimativa já?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, a retomada já ocorreu. Nós estamos num momento importante da economia. Mas muitas vezes esse pequeno comerciante não está conseguindo avançar por falta de crédito. E o Banco do Povo, a Desenvolve, emprestando um capital de giro, emprestando um dinheiro para investimento, o comerciante fica mais preparado para aproveitar esse bom momento. Nós vamos ter, talvez, o melhor Natal da história do Brasil. Nós queremos rapidamente ajudar esse comerciante, para que ele já usufrua dessas compras de Natal e possa retomar o seu negócio.

REPÓRTER: Mesmo com a inflação? Mesmo com a inflação, com a alta de tudo? O melhor Natal, pode ser?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, essa é a expectativa, até pelo represamento do consumo que houve no Brasil. Nós tivemos uma queda de 4,5% do PIB no Brasil o ano passado, e nosso estado, mesmo com a pandemia, cresceu 0,5%. Esse ano, nossa expectativa é crescer 7,5%. Então, o Natal será um bom Natal, a população, com a esperança de um futuro melhor, e nós queremos ajudar os comerciantes para aproveitar esse bom momento.

REPÓRTER: Rodrigo, nosso parque tecnológico... última pergunta.

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, o parque tecnológico será realidade aqui em Marília. Um sonho antigo da cidade. Eu ainda na época de secretário de Ciência e Tecnologia, agora com o planejamento que o prefeito Daniel Alonso tem feito, nós vamos estudar, e junto com a prefeitura avançar passo a passo num planejamento, para que o parque tecnológico possa representar o que Marília já tem, uma cidade que premia a tecnologia, a inovação, uma sede de startups da região, e o parque tecnológico pode talvez ser o único local a abrigar tudo isso, e além de outras atividades que a prefeitura tem pensado para aquele local. O prefeito vai contar com o Governo de São Paulo nesse desafio.

REPÓRTER: Temos alguma novidade hoje sobre isso?

RODRIGO GARCIA, VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Hoje, nós vamos anunciar recursos para infraestrutura, e na sequência nós vamos discutir a questão do parque tecnológico.