Conversa com o Governador - Manutenção nos preços dos pedágios 20132406

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

VINHETA DO PROGRAMA: “Conversa com o Governador”

RONI, ÂNCORA: Começa agora mais uma edição do programa “Conversa com o Governador”, o nosso encontro de todas as semanas com o governador Geraldo Alckmin. E o governador tem uma importante notícia para todos os ouvintes do programa. Fique à vontade, Governador!

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Agora, dia primeiro de julho é o reajuste que é dado na área das concessões no estado de São Paulo. Isso envolve 19 concessionárias, perto de quase seis mil quilômetros de rodovias no estado de São Paulo. O reajuste seria, se fosse pelo IGP-M, 6,2%; pela IPCA, 6,5% Então, poderia ser IPCA, 6,5; IGP-M, 6,2. Nós sempre temos adotado o menor índice. Então, seria 6,2%, o IGP-M. E esse reajuste será zero, não haverá nenhum reajuste. Nós vamos manter os contratos, mas conseguimos, em um esforço bastante grande, equacionar este problema para não ter nenhum ajuste e não onerar o usuário do sistema. Então, o que nós queremos divulgar é que não haverá nenhum reajuste, nós estamos trabalhando desde o início no sentido de melhorar as concessões, ter ganhos ai, importantes de eficiência, incentivamos a cobrança eletrônica. Nós tínhamos uma empresa que era o “Sem Parar” e hoje nós temos três empresas, quebramos o monopólio e vai entrar agora uma quarta empresa para prestar serviços na chamada cobrança eletrônica e implantamos o Sistema Ponto a Ponto. Nós tínhamos problemas sérios na rodovia Santos Dumont, na região ali de Indaiatuba, com a implantação do Sistema Ponto a Ponto, caiu para a metade, o valor do pedágio; tínhamos problema em Jaguariúna, implantamos também o Sistema Ponto a Ponto em Itatiba, implantamos também o Sistema Ponto a Ponto...

RONI, ÂNCORA: Portanto, o governador Geraldo Alckmin cancela o reajuste dos pedágios e anuncia mais investimentos para a área e enumera as obras:

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: As novas obras que estamos fazendo, os contratos de São Paulo são da década de 90, onde a TIR era de 20%,21%, a chamada Taxa Interna de Retorno e conseguimos, estamos fazendo obras hoje, seja lá em Cubatão, no chamado “Trevão”, que é da Anchieta, o anel lá de Cubatão, da Anchieta com a Cônego Domenico Rangoni e também a ampliação da Cônego Domenico Rangoni, hoje com TIR de 9,1%. E em Ribeirão Preto, grande “Trevão” de Ribeirão Preto, que integra todas as autoestradas que chegam à Ribeirão, com TIR de 8.2%, 8,2%. Então são trabalhos importantes e esse é resultado de mais um trabalho que a ARTESP, Agência Reguladora do Estado e a Secretaria de Logística e Transporte estão fazendo.


RONI, ÂNCORA: O governador Geraldo Alckmin enfatizou que não é uma suspensão do reajuste e sim, um cancelamento:

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Este reajuste que seria feito agora – o reajuste é sempre anual, isso é do contrato – agora, esse reajuste, ele não está sendo adiado por um ano, ele está sendo eliminado. Nós estamos assumindo com inúmeras medidas, este custo.

RONI, ÂNCORA: Então, o governador Geraldo Alckmin anuncia oficialmente que foi cancelado o reajuste programado para entrar em vigor no mês de julho para os pedágios nas estradas no estado de São Paulo e disse também que a medida vale para a travessia das balsas e que os caminhoneiros poderão utilizar o eixo suspenso, como já acontece nas estradas federais. São boas as notícias e o programa “Conversa com o Governador” fica por aqui. Na semana que vem, mais boas notícias com o governador Geraldo Alckmin. Um abraço, muito obrigado!

VINHETA DO PROGRAMA: “Conversa com o Governador”

Conversa com o Governador
201120122013201420152016201720182019

Ver também[editar]

Links externos[editar]