Conversa com o Governador - Via Rápida Emprego, Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, Creche Escola e incentivo ao uso de bicicletas 20130204

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

ÂNCORA: Começa agora mais uma edição do programa Conversa com o Governador, o nosso encontro de todas as semanas com o governador Geraldo Alckmin. Governador, tudo bem com o senhor? Passou bem de Páscoa?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Passei bem, graças a Deus. Foi bom pra ficar com a família, rever os amigos e recarregar as energias. Foi muito bom.

ÂNCORA: Perfeito, governador. Bom, a semana foi de muito trabalho, embora tivemos aí o feriado da Páscoa. E pra começar o programa, vamos falar de uma ação que deixou muitas famílias felizes lá pelos lados de Paraisópolis. Que medida foi essa governador Alckmin?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, nós entregamos 172 apartamentos novinhos, realizando um grande sonho de 172 famílias aqui do lado, na comunidade de Paraisópolis, que estavam em área de risco, receberam as chaves das suas novas casas. Habitações com toda a qualidade, piso cerâmico, esquadrias de alumínio, 2 dormitórios, ligação individualizada de luz, de água, área de lazer. Enfim, obras muito bem feitas, um residencial muito bacana. E tem mais por vir lá mesmo em Paraisópolis. Nós vamos entregar mais 116 apartamentos agora em julho e mais 112 até janeiro do ano que vem. Com as 775 que nós já entregamos desde 2011, nós estamos chegando aí a quase 1.000 apartamentos de um total de 1.582 só pra reurbanização lá da comunidade de Paraisópolis. Feitas com recursos do Governo do Estado por intermédio da CDHU e também parceria com o Governo Federal.

ÂNCORA: É isso aí. A CDHU tem trabalhado bastante em todo o estado de São Paulo, né, governador?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Exatamente. Só de 2011 até agora, nós já entregamos em dois anos, 27 mil casas e apartamentos, mais de 2 bilhões de investimento. E neste momento, estamos com mais de 40 mil unidades em construção em 239 municípios, um investimento de mais R$ 2,5 bilhões. E cada casa ou apartamento, ele gera três empregos. A indústria da construção civil, ela tem uma cadeia produtiva muito longa. Então, quando a gente fala que estamos construindo hoje 40 mil habitações pra quem não tem casa e pra famílias de menor renda, nós estamos falando em 120 mil empregos, ajudando a economia de São Paulo e ajudando a aquecer a economia brasileira.

ÂNCORA: Isso é muito bom, moradia e emprego. Agora, tem mais um avanço aqui na área de capacitação técnica para o emprego, não é mesmo, governador?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Exatamente. Estive lá em Ermelino Matarazzo, na zona Leste, lá com o Padre Ticão. E tivemos a formatura de 356 alunos do programa Via Rápida Emprego. Nós estamos completando 87 mil formandos em todo o estado pelo programa Via Rápida Emprego. São jovens e adultos, a maioria desempregados, que precisavam se capacitar e se reciclar, reciclar os seus conhecimentos para conseguir uma vaga no mercado de trabalho. E o resultado é muito positivo, muitos já saem empregados, e outros conseguem um emprego pouco tempo depois ou montar o seu negócio, viram pequenos empreendedores. São mais de 100 opções de cursos. No máximo, de um mês ou dois meses: confeiteiro, pizzaiolo, ajudante de cozinha, copeiro, camareira, recepcionista de hotel, eletricista, pedreiro, azulejista, costureira, cabeleireiro, pedicure e muitos outros cursos em áreas que hoje falta mão de obra, a demanda é muito grande. Especialmente, eu destacaria construção civil, costura, hotelaria, turismo, gastronomia. Portanto, é muito importante as pessoas já saem praticamente empregadas ou, através do Banco do Povo Paulista, conseguem um financiamento e montam o seu negócio.

ÂNCORA: Agora, governador Alckmin, o que é preciso para fazer o curso? Tem que ter algum diploma, existe alguma exigência?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Não, não tem que ter nenhum diploma, não tem vestibular, quem quiser pode fazer. E quem está desempregado, ainda recebe uma bolsa de R$ 220,00 e mais R$ 110,00 de transporte, o que dá R$ 330,00 durante aquele um mês que ele faz o curso, se ele não estiver recebendo o seguro desemprego. E terminado o curso, ele ainda pode recorrer os empréstimos do Banco do Povo pra montar o seu negócio. Então, montar um salão de beleza, corte e costura em casa, comprar uma máquina, enfim, pra ele poder ter uma renda. E quem tiver, então, interessado em fazer o curso, quiser fazer uma nova qualificação profissional pode procurar então as informações no site: www.viarapida.sp.gov.br. Vou repetir: www.viarapida.sp.gov.br. Lá você vai ter as informações sobre os cursos, as datas dos cursos, os locais de inscrições e poder tirar todas as suas dúvidas.

ÂNCORA: Muito bom. Governador, a semana trouxe moradia, educação pra emprego e também novidades na área dos esportes. Eu gostaria de saber dessas novidades, por favor.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Exatamente. Nós já liberamos os recursos da lei paulista de incentivo ao esporte. Foram beneficiados 63 projetos em 43 municípios. Agora com esta certificação, estas entidades vão atrás das empresas, porque é um estimulo, é um incentivo através da lei de benefício fiscal. Então, eles vão atrás das empresas, o que é mais fácil, porque a empresa ao invés de pagar o imposto, o ICMS, ela então passa o recurso pra essas entidades. Vem da renúncia fiscal do ICMS, são R$ 33 milhões e nós demos prioridade ao esporte social.

ÂNCORA: Esporte social, governador, como assim?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, o esporte social é o seguinte, são as escolinhas de futebol nos bairros, de ginástica, de tênis, de todas as áreas esportivas que direcione o seu trabalho para crianças e jovens de comunidades carentes de bairros da nossa periferia, na Grande São Paulo, no interior, que dê muita atenção as pessoas com deficiência, que também atenda as pessoas com deficiência. Então, como nós temos muitos projetos e o dinheiro é limitado, nós procuramos priorizar o esporte social, aquelas entidades que trabalham em áreas mais carentes com crianças e jovens, e que trabalhem também com pessoas com deficiência. Isso vai ajudar muito as crianças e os jovens na escola. Vai melhorar a sua saúde, vai afastar da droga, vai ajudar na formação da nossa juventude.

ÂNCORA: O senhor tem toda a razão.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, e eu aproveito aqui para agradecer os nossos bons parceiros e suas excelentes iniciativas para a promoção do esporte, da saúde, da integração e da qualidade de vida por todo o nosso estado.

ÂNCORA: Bom, o senhor tá falando de atendimento social, né, governador? Agora tem uma outra ação que está se ampliando pelo estado que é o programa Creche Escola, que eu gostaria que o senhor fizesse o comentário sobre isso.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, hoje, as mulheres, a grande maioria trabalha. E as mulheres precisam trabalhar, querem trabalhar, querem ter o seu recurso, querem ter a sua autonomia. E, às vezes, tem dificuldade com criança, porque não tem a mamãe ou a vovó, não tem avó, não tem uma tia, não tem alguém pra ficar com a criança. Uma creche particular é muito cara, então nós precisamos aumentar as creches. Creches bem feitas, com segurança, com equipes bem capacitadas. Essa é uma responsabilidade das prefeituras, o município é que é responsável pelo ensino infantil, aquele que vai de zero a cinco anos e 11 meses, que é a creche e a EMEI, a Escola Municipal de Ensino Infantil. Mas nós estamos ajudando. Então, 627 municípios paulistas estão sendo beneficiados com o nosso programa chamado “Creche Escola”. Até o final de março agora que passou, nós liberamos a construção de 627 creches. Cada uma tem capacidade pra atender 70 crianças, nas cidades menores até 150 crianças. Em média, dá aí em torno, as creches maiores, de 150 crianças, R$ 1,5 milhão. Fica para o município a responsabilidade de oferecer o terreno e depois de manter a creche. Até o momento, já repassamos 275 milhões para a construção de 180 creches.

ÂNCORA: Governador Alckmin, agora esse processo todo, ele é rápido, é demorado?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, ele é rápido, mas o prefeito precisa aderir ao programa e precisa apresentar o terreno e os documentos pra formalizar o convênio com a Secretaria da Educação. Todos os municípios, ninguém ficou de fora. Então, a prefeitura que quiser, procura as Secretaria da Educação, já faz o termo de adesão, nos providencia o terreno, o terreno é aprovado pela secretaria. O terreno deve ter no mínimo 2 mil metros quadrados, murado, com rede de água, esgoto, energia, telefone e a documentação. Providenciado o terreno, assina o convênio e o Governo do Estado constrói a creche.

ÂNCORA: Ótimo. E o senhor recebeu um troféu pelas ações em benefício aos ciclistas, não é verdade, governador?

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, eu fiquei muito feliz com esse gesto carinhoso da Associação Brasileira de Ciclistas, que me deu a honra de troféu Governador Amigo da Bicicleta.

ÂNCORA: Parabéns, viu, governador. Merecido.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Olha, eu fico muito feliz, porque a minha infância inteira foi só de bicicleta. Meu pai era veterinário, nós morávamos na fazenda lá em Pindamonhangaba onde meu pai trabalhava. E eu pra ir a escola ia de bicicleta todo o dia. Então, a bicicleta foi uma boa companheira para eu poder estudar. Bicicleta é um meio de transporte importante e nós temos que ampliar a ciclovias, porque antigamente não tinha tanto carro. Então, você podia andar de bicicleta tranquilo nas cidades, nas estradas, hoje é perigoso. Então é preciso ter a ciclovia. Nós já estamos fazendo rodovias todas elas com ciclovia, as novas rodovias Sorocaba-Itu, na Baixada Santista, então procurando ter ciclovia nas rodovias. E fazendo também em obras urbanas, estamos liberando recursos aqui em São Paulo na marginal do Rio Pinheiros. Em Santos, tanto as obras do VLT, quanto o túnel ligando Santos a Guarujá terão também ciclovia. E na rodovia Tamoios, lá em Paraibuna, passando pela área urbana, a rodovia terá ciclovia. Enfim, a gente procura fazer o máximo aí de ciclovia para que as pessoas possam ir trabalhar de bicicleta e estudar de bicicleta e também fazer o seu lazer, fim de semana, com bicicleta totalmente separado dos caminhões, dos ônibus, dos carros através das ciclovias.

ÂNCORA: Perfeito. Mais uma vez parabéns pelo troféu Governador Amigo da Bicicleta.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Muito obrigado.

ÂNCORA: E o programa chega ao final. Governador, boa semana pro senhor, bom trabalho, bastante trabalho. E que na edição da semana que vem no nosso programa muitas novidades positivas para os ouvintes. Abraço, governador. Até semana que vem.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Se Deus quiser. Boa semana pra todos. Muito obrigado.

Conversa com o Governador
201120122013201420152016201720182019

Ver também


Links externos