Discurso-Inauguração de ETE e descerramento de placa da marginal de acesso na Rodovia Governador Ademar de Barros-20121304

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso de Inauguração de ETE e descerramento de placa da marginal de acesso na Rodovia Governador Ademar de Barror

Local: Santo Antônio da Posse - Data: 13/04/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Boa tarde a todas e a todos. Estimado prefeito, prefeito anfitrião, nosso prefeito Betinho [ininteligível], Norberto de Oliveira Júnior; a Marta Olivério, presidente do Fundo Social de Solidariedade; presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, cidadão aqui de Santo Antônio da Posse, deputado Barros Munhoz; vice-prefeito, Reco; Guilherme Campos, deputado federal; deputados estaduais: Cauê Macris e o Rogério Nogueira; Rogério Menezes, nosso secretário-adjunto de Saneamento; prefeito de Mogi Mirim, o Carlos Nelson Bueno; de Conchal, Orlando Calef Júnior; ex-prefeito, Valdemar [ininteligível]; Osmar Adorni, delegado titular aqui do município; coronel [ininteligível], Comandante do 26º; doutor Alceu Segamarchi Júnior, superintendente do DER; familiares de Guilherme Augusto Furtado Simón, que dá nome aqui a alça de acesso aqui a cidade; sua esposa, Maria Aparecida; seu filho, Augusto; Roberto Calício, preside a [ininteligível]; Teodoro Almeida Pupo Júnior, responsável de investimentos da Artesp; a Banda Municipal aqui do município, saudando o regente Luciano; saudar aqui os nossos jovens; nossas crianças; nossos alunos; professores; grupo da melhor idade; lideranças comunitárias. É uma alegria, prefeito, vir a Santo Antônio da Posse, no dia aqui de trabalho entregarmos algumas obras e iniciarmos outras. A primeira, a inauguração da estação de tratamento de esgoto. Prefeito Norberto teve como compromisso seu, na sua plataforma de governo e saneamento básico. Todo mundo quer asfaltar, não é isso? Mas asfalto é administrar para o automóvel, administrar para o ser humano é água na torneira, água de qualidade, água tratada e esgoto sanitário, coletado e tratado. E, às vezes, mas isso não aparece, porque fica tudo enterrado, não é? Então, a cidade de Santo Antônio da Posse será, ao final do mandato do Norberto ela será 300%. O que é uma cidade 300%? É 100% de água tratada, 100% de esgoto coletado e 100% de esgoto tratado. Então hoje com a...nós estamos inaugurando a estação de tratamento de esgoto. O esgoto era lançado in natura e agora passa a ser 100% tratado, limpando o córrego Jequitibá e Ressaca. Ajudando a bacia hidrográfica do Piracicaba, do Capivari e do Jundiaí. Então, 100% de tratamento de esgoto. Nós estamos chegando em uma das grandes cidades da região de Campinas que tem 50% de coleta. E vai chegar, quando terminar lá as obras que nós lançamos hoje, a 75%. Em Santo Antônio da Posse, faltam dois bairros para chegar a 100%, o bairro Pedra Branca e o bairro Ressaca. Então, nós vamos autorizar o seiscentos e oito mil reais, aí você completa os 100%, todos os bairros [ininteligível]. A população, ela sabe escolher, ela sabe priorizar. Eu me lembro, Barros, eu e o Barros fomos colegas juntos de prefeitura. Há alguns anos, já, pouquinho tempo. Naquela época, eu era prefeito na minha cidade natal, Pindamonhangaba, e eu fazia, como médico, anestesia. Então me chamaram um sábado lá de madrugada, pra fazer uma cesariana. Eu fui à Santa Casa e fiz uma rack, anestesia, essa que faz aqui nas costas, uma picadinha de nada, não dói nada e a anestesia da cicatriz umbilical para baixo. Então, a paciente fica acordada durante a cirurgia. Eu quietinho ali, prefeito da cidade, com máscara, gorro, quietinho ali, acompanhando pulso, perfusão, pressão. A hora que estava terminando a cirurgia, ela virou para mim e falou: “Doutor, e no bairro de Jardim Resende, quando é que o senhor vai colocar esgoto?”. Então, ela pediu rede de esgoto. Porque a população sabe que não ter rede de esgoto é fossa entupida, é esgoto na valeta, e a criança gosta de pôr a mão nas coisas e acaba se contaminando. Então, esgoto tem que tirar, coletar e tratar. E também despoluir a bacia hidrográfica. Então parabéns a Santo Antônio da Posse, uma cidade que se preocupa com a saúde da população e com o meio ambiente. 100% agora, com Pedra Branca e Ressaca, 100% de esgoto coletado e esgoto tratado, que é uma grande notícia. A questão da água, o Barros Munhoz, que é um amigo de Santo Antônio da Posse, já liberou os recursos para os três poços artesianos, que é muito importante para garantir abastecimento de água permanentemente. A gente esquece de tomar água. Esquece. Nós temos que tomar no mínimo dois litros de água por dia, oito copos. Me lembro do meu tempo de médico que tinha uma caso de uma paciente que tinha muita enxaqueca, só que era falta de tomar água. Desidratada. Só melhorando a hidratação reduziu a sua enxaqueca. Quantos por cento do corpo humano é água? Quantos por cento, 10, 15? 65% é água. Um bebê quando nascer quase 80% é água. A gente vai ficando mais velho, vai ficando mais enxuto. Um bom consolo, não é? Mas é uma alegria também vir hoje aqui. Nós temos duas fontes da Casa Militar, prefeito. Que bairro que é mesmo? Vila Esperança. Duas fontes também foram entregues, a Marginal aqui de acesso a SP 340, uma obra de quase R$ 3 milhões. Implantação das Marginais de acesso aos bairros Recreio, Campestre e Vila Alegre. Nós temos uma grande obra que nós estamos terminando o projeto executivo que é o desvio da rodovia, grande obra. É uma das grandes obras do estado. Concluído o projeto executivo ela vai ser licitada, vai ser muito bom para Santo Antônio da Posse. Temos uma creche aqui já assinada, não é isso, Noberto? Uma creche já assinada. Nós estamos liberando R$ 1,2 milhão para cada cidade para fazer creche, escola. Pode ser creche ou creche e pré-escola, 150 vagas. Prefeitura entra com o terreno, nós fazemos a obra ou passamos o dinheiro para o município e ele faz a obra. Então o programa ‘Creche Escola’ também está incluído o município. Eu vou verificar esse caso de vaga de terapia intensiva, isso precisa hospital de retaguarda, hospital grande porque precisa de intensivista, precisa ter banco de sangue, precisa ter aparelhagem. Secretário [ininteligível] está vindo aqui na região para poder reunir os prefeitos todos para a gente hierarquizar o sistema de saúde. Mas hoje eu vou pedir para o Giovanni Cerri te ligar na segunda-feira para verificar como é que a gente pode agilizar todas essas questões, e o prefeito também pediu para ele terminar ai o asfalto do bairro Bela Vista, não é isso. Qual que é o valor, prefeito? Um milhão, para você ver que não é pouco, não é. Como ele é bom prefeito, bom administrador, econômico, ele já dá um apertinho lá e já baixa para 900 mil. Ai, cadê o Rogério Nogueira? Vem aqui Rogério. Rogério Nogueira já ajuda mais 100 mil. Cadê o Macris. Cadê o Cauê? Cauê já ajuda com mais 100 mil. O governador põe mais 200, vai para 400. O presidente da Assembleia põe mais meio milhão, ai vai para 900. É, já está resolvido. Então, ai termina o [ininteligível], olha só, termina o município. Mas, mais importante do que o 100% de asfalto é o 100% de água e esgoto. Área Urbana, lógico. Então, parabéns ai ao Noberto, Conte com agente. Deixar aqui um grande abraço a população. Dizer que é nosso dever trabalhar por São Paulo com honestidade, com dedicação, com eficiência e com parceria. Agora pouco lá em Hortolândia, alguém lembrou José Saramago que dizia que uma grande obra é resultado de muitas mãos. A gente não faz nada sozinho. Temos bons parceiros, o Poder Legislativo, o espírito público do Barros Munhoz e dos deputados daqui como Cauê Macris e o Rogério Nogueira. Dos nossos secretários como Rogério Menezes aqui presente e todo o secretariado. E do nosso prefeito, do Noberto, do nosso vice-prefeito, o Reco, e dos vereadores, e principalmente aqui da população.

Contem conosco, parabéns Santo Antônio da Posse.