Discurso-Inauguração de unidades habitacionais da CDHU-20121003

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso de Inauguração de unidades habitacionais da CDHU

Local: Álvares Machado - Data: 10/03/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Prefeito de Álvares Machado, Dr. Juliano. Dra. Renata, Presidente do Fundo Social de Solidariedade. Vereador José Cláudio Bressan, que é o Presidente da Câmara de Vereadores. Temos também aqui a Francis, Vereadora Francis. Vereador Mauro Cadete, Vereador Festo, Vereador Carlito. Meu sonho era ter um cabelo igual o do Carlito. Abraçar o Vereador Carlito. Deputado Sílvio Torres, Secretário de Estado da Habitação. Coronel Gervásio, Secretário-Chefe da Casa Militar. Deputado Mauro Bragato, Deputado Ed Thomas, deputados aqui da região. Deputado Tadashi Kuriki. O Prefeito de Presidente Prudente, Tupã, de Ribeirão dos Índios, o José Amauri, de Alfredo Marcondes, o Celso. Presidente Epitácio, Furlan. Osvaldo Cruz, o Valtinho, que preside a Associação dos Municípios. Teodoro Sampaio, o Ademir Infante, que preside a União Unipontal. Takashi, ex-prefeito aqui do Município. O Dr. Valmir Geraldi, Diretor do DEINTER. Marcos Penido, Secretário-Adjunto da Habitação. Mauro Villanova, que preside a CDHU. Dr. Nelson Bugalho, CETESP. Frei Afonso e Frei Roberto. Vice-prefeitos. Moradores que vão, daqui uns dias, estar morando no novo conjunto.


Amigas e amigos, uma alegria, são 117 apartamentos novinhos em folha. Quanto é o aluguel de uma casa ou de um apartamento aqui em Álvares Machado, mais ou menos? R$ 200,00? R$ 300,00? É um dinheiro sofrido, não é isso? Porque vai e desaparece. E muita insegurança. Então vocês vão pagar muito menos para serem donos do aparamento. Apartamentos novinhos, o conjunto do condomínio com toda infraestrutura, água, esgoto, luz, pavimentação, área de lazer, área de uso comum. Mas quero dizer da alegria, são 117, nós vamos entregar mais 370 apartamentos até o mês de maio. E temos em construção mais 470 casas aqui em Álvares Machado. Dá quase mil, mil casas e apartamentos. Tente imaginar cada casa ou apartamento cinco pessoas, é uma cidade de quase cinco mil pessoas que realiza o sonho da casa própria, que sai do aluguel e realiza o sonho da casa própria. São Paulo, o Estado de São Paulo, não deixa ninguém para traz. Então, quem ganha um salário mínimo aqui tem acesso à casa própria, ou apartamento ou casa, porque nós colocamos um grande subsídio. Então nós vamos entregar hoje 117. Tem apartamentos para os idosos, tem apartamentos para famílias que têm pessoas com deficiência, apartamentos adaptados. Tem apartamentos para policiais, ajuda também na segurança. E todos para quem não tem casa. Por isso quero reafirmar o que foi dito aqui. Tem muita gente esperando, então é para morar no apartamento. Quem já tem casa, já resolveu o seu problema. Aqui é para quem não tem. E quem tiver amigo, parente, funcionário público do estado de São Paulo, pode dizer para se inscrever no nosso programa ‘Casa Paulista’, se inscrever para poder comprar sua casa. Se tiver o terreno, nós financiamos também a moradia para funcionários ou aposentados, que ganhem até R$ 3.100,00. A gente sempre procura ajudar aqueles que precisam mais. O prefeito Dr. Juliano deixou aqui dois pedidos: um, para o Parque do Pinheiro, não é isso? Parque Pinheiro, para fazer lá galerias de águas pluviais, saneamento e infraestrutura. Pediu R$ 600 mil, nós vamos liberar tudo da seguinte forma: R$ 300 mil está liberado aqui, aí você pede para os deputados mais um pouquinho, dá os R$ 600 mil. E a praça – e também cumprimentar a vereadora Cecília Katsutani – e a praça, que era a antiga área de expurgo da Secretaria da Agricultura, já está liberada. Faço um decreto, já pode utilizar lá.


Eu quero deixar um grande abraço, não há nada que dê mais alegria para a gente do que poder ser instrumento da população para realizar o sonho das pessoas. Diz que a obra-prima do estado é a felicidade das pessoas, essa é a obra-prima do estado. E a gente fica feliz de podermos, juntos aqui, comemorarmos a entrega desses apartamentos, novinhos, caprichados, feitos aqui para a população. A gente vive de sonho, não é isso? Quando é criança, sonha com a bola de futebol, as meninas com a boneca. Eu vejo a minha netinha, quando vai dormir, leva uma boneca, duas bonecas, o ursinho, aquela coleção, é o sonho da criança. O sorvete, a paçoquinha, o chocolate. O sonho do jovem com a namorada, com o namorado, os filhos, os netos. E o sonho da família é o teto, é você poder ter um teto, você poder ter a segurança do seu apartamento ou da sua casa. E não é fácil, porque a entrada é muito alta, a prestação é muito cara, é muito difícil para quem ganha menos. Para quem é rico, não falta casa; mas para quem ganha menos é difícil. Então, o nosso programa se destina exatamente às famílias de menor renda. Nós colocamos, por ano, do orçamento, perto de R$ 1 bilhão só para o programa habitacional. E cada apartamento, três empregos diretos e indiretos. A gente faz 500 apartamentos, são 1.500 empregos. É engenheiros, motoristas, secretária, pedreiro, auxiliar, carpinteiro, marceneiro, fábrica, todo mundo trabalhando. Então, gera muito emprego a construção civil. Quero cumprimentar aqui o prefeito ‘Pirapozinho’, Marcos Brambilla. Cadê o Marcos? Acabou de chegar aqui o Marcos. Agradecer ao deputado Ed Thomas, nosso parceiro lá na Assembleia Legislativa, tem nos ajudado muito, é o líder do seu partido, o PSB. Agradecer ao Mauro Bragato, que foi secretário da Habitação, grande companheiro. Nós fomos deputado juntos, fui liderado pelo Mauro Bragato na Assembleia Legislativa, excelente parlamentar também. Agradecer ao Sílvio Torres, está fazendo um belíssimo trabalho na Secretaria da Habitação. Cumprimentar toda a sua equipe, cumprimentar o prefeito, meu colega e esposa, Dr. Juliano e a Renata, aqui pelo trabalho do município. E, especialmente, abraçar as famílias que daqui a pouquinho já estão mudando para a casa própria. Que a casa nova traga muita alegria para vocês. Parabéns.