Discurso - 11ª Formatura da Escola de Qualificação Profissional do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo - Escolas de Beleza e Construção Civil 20130908

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - 11ª Formatura da Escola de Qualificação Profissional do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo - Escolas de Beleza e Construção Civil

Local: Capital - Data:09/08/2013


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Palavras dele, que é o governador do nosso estado de São Paulo, que muito nos alegra aqui com a sua presença, governador Geraldo Alckmin!

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom dia! Dizer da alegria, dizer para vocês, o seguinte: nós já tivemos muita formatura aqui no auditório, mas essa é a turma mais animada, parabéns, viu! Olha, vocês alegraram a casa aqui, e nós estamos muito felizes! Cumprimentar a Lu, presidente do Fundo Social de Solidariedade; professora Laura Laganá, que dirige o Centro Paula Souza; coronel Alécio da Silva Junior, chefe de gabinete do Fundo Social; cumprimentar os professores e professoras; coordenadores, coordenadoras; colaboradores do Fundo; saudar aqui todas as formandas e formandos; os seus familiares. Cumprimentar os três oradores aqui da turma, o Gil Mário de Araújo, a Juliana Rodrigues e a Marina Guanaes, e dar os parabéns! Dois meses de estudos, dedicação, curso caprichado, e hoje recebem o diploma, e continuem a estudar, viu! A gente sempre deve se aprimorar, então, outras oportunidades, continuem. Duas áreas importantíssimas que faltam recursos humanos, construção civil, hoje é o que falta muita qualificação. E a área da beleza, que envolve aí múltiplas atividades, e para vocês já começarem a atividade de trabalho, o kit também para quem quiser e puder já ir exercendo a atividade. Quero deixar um abraço muito afetivo aqui aos professores, coordenadores, a todos vocês, em especial aqui aos formandos, às formandas! Hoje é dia de festa, dia de alegria, dia de formatura e dizer que a Juliana, que falou aqui, a Juliana e Marina, elas têm razão: Deus esqueceu a porta aberta, um anjo escapou do céu, e eu sou apaixonado por esse anjo, viu, que é a Lu!