Discurso - Abertura do Viva a Mata 2013 20132305

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Abertura do Viva a Mata

Local: Capital - Data:23/05/2013

ORADORA NÃO IDENTIFICADA: Geraldo Alckmin, por favor. E também queria registrar a presença do deputado estadual Roberto Tripoli que também está aqui. Governador, por favor. Muito obrigada.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Sua esposa, a Mariangela, os filhos; o Pedro Passos, a Márcia, a família; o secretário do Meio Ambiente, deputado Bruno Covas; deputado Roberto Tripoli que preside a Comissão do Meio Ambiente da Assembleia; vereador da capital, Ricardo Young; José Olímpio da Veiga Pereira; a vice-presidente de Florestas; a Márcia Hirota e o Mário Mantovani, diretores; João Paulo Capobianco, presidente do IDS; a Cláudia; presidentes de associações e entidades governamentais; amigas e amigos. Dizer da alegria, hoje nós ficamos muito felizes, essa é uma das mais importantes instituições da sociedade civil, 26 anos, né, enorme credibilidade, Sr. Roberto, 250 mil filiados. Então a gente fica muito feliz aqui de participar, o Roberto Klabin fez um trabalho maravilhoso, aliás, quero aqui me associar às homenagens que ele fez ao Walter Feldman, que foi constituinte, o Fábio Feldman, que foi constituinte junto comigo na Assembleia Nacional Constituinte em 88; o Rodrigo Mesquita, aliás, o seu pai, o Dr. Rui, através do Jornal da Tarde, teve um papel importante também na divulgação, no debate dos temas e das questões ambientais, a Rádio Eldorado também, especialmente ao Roberto Klabin que é um pioneiro, um guerreiro combativo, um homem inteligente. Aliás, se é dos mares, né, só podia ser torcedor do peixe, e passa o bastão para um outro presidente também santista, essa é uma boa dobradinha, né? Se fosse o Mário Covas, Bruno, eu diria: isso é Coutinho e Pelé, né? Dois craques. E eu tenho certeza de que o Pedro Passos e a equipe toda, e todo time aqui vão fazer um belíssimo trabalho em beneficio da nossa sociedade. Quando nasceu a Fundação SOS Mata Atlântica em 1986, poucos anos depois na Rio 92, o estado de São Paulo tinha 13,5% de cobertura vegetal. Agora na Rio+20 chegamos o estado de São Paulo a 17,5% de cobertura vegetal. E a meta pra 2020 é chegarmos a 20% de cobertura vegetal no estado de São Paulo, então temos um compromisso de trabalharmos juntos aí, em beneficio da sustentabilidade do meio ambiente. Mas, quero deixar um grande abraço, cumprimentar o Roberto Klabin por esse extraordinário trabalho; Pedro Passos; José Olimpo, toda a equipe, eles dão um belo exemplo, Cláudia, de que na vida não basta viver, é necessário conviver e participar. Bom trabalho!