Discurso - Aerodromo - Harpia 20132507

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Aerodromo - Harpia

Local: Capital - Data:25/07/2013

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde a todas e a todos. Quero cumprimentar o ministro-chefe da Secretaria da Aviação Civil da Presidência da República, ministro Moreira Franco; Major-Brigadeiro do ar, José Geraldo Ferreira Malta, comandante do IV Comar; deputado federal Arnaldo Farias de Sá~; o diretor presidente da ANAC Marcelo Guaranys; Dr. Saulo de Castro Abreu Filho secretário de Logística e Transporte; Paulo Skaf presidente da FIESP; Guilherme Ramalho secretário executivo do Ministério; os nossos empreendedores, o André Skaf e o Fernando Augusto de Arruda Botelho; sócios da Harpia Logística; empresários, presidentes de associações, entidades e de classe; amigas e amigos! É um dia bastante feliz para todos nós! Eu comentava com o ministro Moreira Franco que o modal que mais cresce hoje no Brasil é o modal aereoviário, não é? Eu tenho um amigo que diz que antigamente as cidades para crescerem, precisavam estar à beira-mar. O primeiro município brasileiro, São Vicente, veja Santos, Rio de Janeiro, Salvador; Depois, precisavam estar na beira dos rios, São Paulo, Piratininga, né, antigo Rio Tamanduateí, Tietê, Pindamonhangaba - minha cidade -, Rio Paraíba, Piracicaba, tudo na beira do rio, as bandeiras; Depois a ferrovia. Araraquarense, Sorocabana, a ferrovia teve um papel importante; Depois, as autoestradas. A Dutra, a Castello Branco, Bandeirantes, as grandes railways. E hoje é a aerovia. Há até um livro interessante chamado “Aerotrópolis”. Só o aeroporto de Cumbica é uma cidade, tem mais de 30 mil pessoas que trabalham lá. A segunda maior cidade do Estado é Guarulhos e a terceira, é Campinas. É não é por acaso, não é?

Então é importantíssimo para nós já no presente, quanto mais no futuro, ampliarmos aí os nossos aeroportos, novos aeroportos e próximo da população. A pessoa usa avião para ganhar tempo e nós estamos na terceira maior metrópole do mundo. A grande Tóquio tem 36 milhões de pessoas; Nova Délhi, na Índia 26 milhões e a grande São Paulo tem 22 milhões de habitantes.

Nós temos 42 milhões de habitantes no estado, metade em 250 mil quilômetros quadrados e a outra metade, 22 milhões, aqui na região metropolitana, em 8 mil quilômetros quadrados, que é exatamente onde o novo aeroporto deve se localizar e com o rodoanel metropolitano sendo fechado, nós vamos terminar agora em abril o trecho leste do rodoanel e o norte, estamos com oito frentes de trabalho e aí nós vamos fechar os 178 quilômetros de rodoanel metropolitano e interligando as 10 autoestradas que chegam à São Paulo.

Quero aqui agradecer ao ministro Moreira Franco, tem sido um grande parceiro aqui do nosso Estado, através do PROFAA, na infraestrutura, nas concessões e hoje trazendo a iniciativa privada. E é muito positivo, é só a gente verificar Cumbica o quanto, de maneira mais rápida, avançaram as obras depois que foi concessionado o aeroporto. Tanto Cumbica quanto Viracopos, quer dizer, outro aeroporto, é impressionante a velocidade do setor privado! E dizer ao André que seu pai, que é um grande líder empresarial, certamente está extremamente feliz com o filhão, um jovem empreendedor, é isso que o Brasil precisa! E ao Fernando, à Rosana, e o seu pai que era um apaixonado pela aviação, tinha uma paixão pela aviação e essas coisas que a gente herda da família. Aliás, eu vi o filhão, já vi o Fernando e tenho certeza de que vão estar abençoando esse belo empreendimento que vai beneficiar São Paulo, Brasil, naquilo que nós mais precisamos, que é investimento, logística, infraestrutura para poder crescer.

Já que o papa está aqui no Brasil, é sempre bom lembrar o Papa Paulo VI, que dizia que o desenvolvimento é o novo nome da Paz. Não há paz onde não tem emprego, onde não tem progresso, onde não tem desenvolvimento. E quem cria emprego não é o governo, quem cria emprego são os empreendedores, é a iniciativa privada. Então tudo o que o país precisa é investimento. Então queremos aqui saudar os empreendedores, dizer que contem com São Paulo! Muito obrigado!