Discurso - Alckmin - Inauguração do 21º Polo Regional da Escola de Moda da Associação Assistencial Comunitária Azarias - 20123010

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Inauguração do 21º Polo Regional da Escola de Moda da Associação Assistencial Comunitária Azarias

Local: Capital - Data: 30/10/2012

LOCUTOR DESCONHECIDO: Recebendo a entrega dos certificados e também ao desfile, vamos ouvir o pronunciamento do governador do nosso Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Boa tarde a todas e a todos. Dizer da alegria de voltar aqui, estar aqui na Azarias, estar junto com o pastor Elias, na Assembleia de Deus, ministério aqui de Perus, vir acompanhar a Lu, que é preciso do Fundo Social de Solidariedade. Cumprimentar nosso pastor Elias Cardoso; a Missionária Lígia Cristina Cardoso, presidente das Azarias; deputado Celino Cardoso; o Márcio Schettino, prefeito de Franco da Rocha; o Eliseu Leite Moraes, subprefeito de Perus; a Geiza Cristina Marins Cardoso, gestora do polo regional da Escola de Moda Azarias; as monitoras do Polo De Moda, a Rosângela Toledo Barbosa e a Clarice Maria de Castro Cruz; formandos e alunos e alunas aqui do Polo De Moda; entidades comunitárias, amigas e amigos. Está tendo em São Paulo, lá no parque Villa-Lobos, o São Paulo Fashion Week, então essa semana o mundo todo tá olhando aqui para São Paulo e toda hora sai na televisão os desfiles de moda. Essa é uma indústria que gera muito emprego e muita renda, porque todo mundo precisa de roupa. Então não é difícil vender roupa, todo mundo precisa comprar roupa, precisa ter uma roupa. Então a Lu, através do Fundo de Solidariedade, montou da outra vez e continua as padarias, porque pão a gente come todo dia, pão precisa. Então é o pão e a roupa, e a igreja o espírito. Não é pastor? Completa aqui o trabalho. E hoje tá sendo entregue aqui o 21º Polo da Escola de Moda. Então, daqui, da Azarias, saem as escolas de moda. E hoje falta costureira, falta bordadeira, falta pilotista, falta modelista, falta tudo. Há uma grande falta desse tipo de mão de obra, de pessoas. Então as pessoas vão poder ou arrumar um emprego ou gerar renda, costura para vender. Monta uma cooperativa, faz sozinha, faz com os amigos, enfim, muitas oportunidades. E não é difícil, eu, por exemplo, já aprendi a pregar um botão. Se cair o botão, já me viro. Então eu queria deixar um abraço muito carinhoso, todos nós queremos ver aqui a diplomação, hoje é dia de formatura, desfile de moda, os Perus vai ficar mais elegante ainda, não é pastor Elias? E a Lígia, abraçar a Lu, que faz com muito carinho esse trabalho, já são 49 polos, 21 na capital e 28 no interior. 49 Polos De Moda. E dizer o seguinte, que dezembro, antes no Natal, se Deus quiser, também com o pastor Elias Cardoso e a Missionária Lígia em Azarias, nós deveremos estar inaugurando o primeiro restaurante Bom Prato, aqui no bairro, aqui no Perus. Parabéns a todos!