Discurso - Anúncio de investimentos do DADE para a região de Marília 20131602

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Anúncio de investimentos do DADE para a região de Marília

Local: Campos Novos Paulista - Data: 16/02/2013

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Boa tarde a todos e a todas! Quero cumprimentar a prefeita, a Verônica, prefeita de Campos Novos Paulista, a Sandra, vice-prefeita, o vereador, Gordinho, o Éder, presidente da Câmara, saudando aqui todos os vereadores e vereadoras da cidade e da região. Deputado Mauro Bragado, prefeita de [ininteligível], São Pedro do Turvo, Zé Carlos, Cândido Mota, o Zacarias, Xavantes, o Osmar, Palmital, a Ismênia, Assis, o Ricardo, Tarumã, o Jairão, que preside o Civap, Quatá, a Lu, Cocal Sul, a Alessandra, o ex-prefeito, o Tinho, o Valter Tinho aqui de Campos Novos Paulista, a Carmem, também ex-prefeita aqui do município, a Elizabeth Correia, diretora DADE, da Secretaria do Turismo, Coronel Milton Roberto Dudas, comandante da região, o amigo Edson Rogatti, diretor presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos. Vou pedir ao Edson que dê uma entradinha aqui, Edson, que faz um trabalho muito bonito. Eu já marquei o Edson. Nós descemos lá em Ourinhos, então, eu já combinei com a Belps, que em abril nós vamos inaugurar o AMB e fazer uma visita à Santa Casa e também lá, o prefeito de Ibirarema, o Thiago, ex-prefeito, secretários municipais, presidentes de associações, lideranças comunitárias, amigas e amigos. Uma grande alegria. Campos Novos Paulista é uma instância turística, então, nós estamos entregando um conjunto de obras, algumas já concluídas, outras, em andamento. Aqui, nós tivemos um recapeamento asfáltico na cidade, com recursos do DADE, obras do complexo turístico do lago, pista de “cooper", portal da cidade, anfiteatro, reurbanização de praças e para este ano, nós estamos liberando para a prefeita Verônica, R$ 2,172 milhões para aplicar aqui, para a cidade. Vai gerar muito emprego aqui, no município. Também ficou pronta a ampliação da delegacia de polícia. Está praticamente pronta, a reforma e a ampliação da delegacia e também está autorizada a reforma do terminal rodoviário aqui, do município de Campos Novos Paulista, e também, a creche-escola. É só providenciar o terreno. Nós temos o programa para fazer creches e centros de educação infantil a ENEM, junto com os prefeitos. A gente libera aí, de R$ 1 milhão a R$ 1,3 milhão por creche por município, dependendo do tamanho da creche, para poder atender as mamães, poderem deixar os seus filhos com segurança e não ter risco de nenhum acidente. Tem muito acidente doméstico, porque criança se a gente não ficar atento, ela acaba se machucando. Vindo para cá de Ourinhos com a prefeita Verônica, ela falou da necessidade de alargamento de duas pontes em estradas vicinais. Nós vamos ampliar a ponte da vicinal ligando Campos Novos Paulista a Ibirarema. Esta o valor é de R$ 240 mil. E vamos ampliar a ponte da vicinal de Campos Novos a Ribeirão Sul. Queria também dizer aqui, aos prefeitos todos, todo mundo quer entrar nesse clube do DADE, não é? Então, nós estamos fazendo a partir desse ano, o seguinte: nós colocamos um valor a mais no orçamento. Então, nós temos 67 municípios de instância turística. Sessenta e sete. Mas nós vamos ter mais de 200 municípios de interesse turístico, que já vão ter 20% do conjunto dos recursos. E agora vai ser que nem o Paulistão, ou o Campeonato Brasileiro, ou escola de samba, não é? Os quatro últimos caem e o quatro primeiros sobem. Ou seja, criar um estímulo para a gente poder valorizar a atividade turística. E teremos mais de 200 municípios de interesse que não vão receber um recurso tão grande, mas que vão receber recursos para poder melhorar o turismo, que gera bastante emprego, né? O setor de serviços, ele é fortemente empregador. Nós temos aqui na região, vamos ter daqui 60 dias, dois ótimos AMBs. Em Ourinhos, um AMB com mais de 20 especialidades médicas e em Assis, um AMB com mais de 20 especialidades médicas e os leitos de UTI como retaguarda pra região. O deputado Mauro Bragato, cadê o Bragato? Tá aqui atrás. Colocou uma questão muito importante, que é a gente ajudar o pessoal do crack, os dependentes químicos. O Brasil não conhecia o crack até 1990, não conhecia, em 23 anos, e virou uma epidemia, epidemia, crianças com 12 anos de idade já dependente químico. Então, nós precisamos ajudar as mães, ajudar os pais, nós internamos só durante o carnaval 47 dependentes químicos, e impressionante as famílias como estão procurando, a mãe não desiste, né, o pai não desiste. E também vale o inverso, uma moça, o pai com 62 anos de idade, dependente químico, morando na rua, ela levou pra casa, deu um calmantezinho lá pra ele, ele deu uma cochilada, ela pôs no carro, levou no Cratod e nós internamos; e ele tá ótimo, tá ótimo. A gente sabe que não é uma doença fácil, que ela é uma doença crônica e recidivante. Mas, nós vamos, São Paulo, dar um exemplo de que nós não podemos nos omitir frente a um quadro de caráter epidemiológico. Quem é que não conhece alguém, amigo, alguém da família, que tá passando pelo drama de um jovem com problema de dependência química, droga e álcool, não é só droga, droga e álcool. Isso é doença, como é apendicite, como é pneumonia, precisa tratar. Então, nós estamos dobrando o número de leitos e queremos em cada região, os prefeitos nos ajudando com o CAPS-AD, que é o ambulatório de álcool e droga, tem o CAPS-AD pra fazer a parte ambulatorial, e nós vamos fazer a retaguarda, que são as comunidades terapêuticas e os leitos de retaguarda. Eu tenho certeza de que muito jovem vai se recuperar, vai ter um novo plano de vida, vai voltar a trabalhar, vai voltar a estudar, a família precisa ajudar pra gente fazer esse trabalho. E nós vamos ter aqui dois grandes AMEs aqui na região, exatamente pra dar essa retaguarda além da retaguarda hospitalar. Também autorizamos dois Poupatempos, Ourinhos e Assis, pra atender a região, vamos ter mais dois Poupatempos aqui na região. Estamos ampliando as ETECs e as FATECs aqui na região, a Unesp também, tudo de graça, escola técnica de graça, faculdade de graça, universidade de graça, o Via Rápida Emprego também, estamos expandindo bastante, são cursos rápidos, não precisa fazer vestibular. Eu tô indo agora a noite ser patrono da primeira turma da FATEC de Pompeia. Estava vindo aqui pra cá e comentando no carro, de um lado tinha cana, do outro lado tinha laranja, não é isso? Aqui tem bastante cana e laranja. E depois, mais a frente eu vi um pouco de soja, então eu estava comentando: “Olha, a cana é uma gramínea, a soja é uma leguminosa. A gramínea tira, suga, tira o hidrogênio do solo, a leguminosa, feijão, soja, ela incorpora nitrogênio no solo”. Então, você tem que fazer votação de cultura pra não enfraquecer muito o solo. E o que é caro? O caro é produto químico, é nitrogênio, fósforo e potássio; isso é uma fábula na verdade, é caríssimo. E se você não tiver esses nutrientes você só tem o gesso, só tem o gesso, terra e gesso, só pra manter a planta de pé, o que precisa ter são os nutrientes. E o que nós vamos inaugurar agora à noite na FATEC de Pompeia? O primeiro curso de tecnólogo por superior, faculdade, em mecânica de agricultura de precisão. O que é agricultura de precisão? É exatamente você corrigir o solo; hidrogênio, fósforo, potássio, PH, acidez, direitinho, sem desperdiçar dinheiro, e recuperando recursos naturais e ao mesmo tempo com alta produtividade. Esse curso só tem em Oklahoma nos Estados Unidos e aqui na região, aqui em Pompeia, e de graça [ininteligível]. A Verônica, prefeita, me falou na viagem da hipótese da gente ter aqui uma classe descentralizada de ETEC. A ETEC mais perto aqui é Palmital, Palmital tem ETEC. Então, nós às vezes temos dificuldades de professor, porque você precisa trazer o professor pra cá, mas se a gente não tivesse dificuldades, é só arrumar aqui uma escola com sala ociosa, que a gente faz aqui, traz a ETEC pra cá ao invés do aluno [ininteligível]. Eu quero agradecer ao nosso secretário de turismo, aqui representado pela nossa diretora do DAT, que é o Claudio Valverde, ele é o primo daquela moça Ísis Valverde. É isso mesmo? Eu tenho uma tia que... lá em Guaratinguetá tem muito Alckmin, né, pessoal de Minas Gerais, a família é mineira. Então, a minha tia, Jamira, lá, alguém falou: “Fulano, Alckmin aí é seu parente?”. Ela falou: “Como é que é o rapaz?”. “Ah, é um moço muito honesto, muito trabalhador”. “Esse é primo, viu?”. Ela deu uma investigada. Então, cumprimentos aí ao Claudio Valverde, a toda a equipe de turismo, agradecer ao Bragato. Vocês tem na região aqui um grande deputado, viu? Sério, trabalhador, [ininteligível], grande deputado. Esse é primo! Esse é primo! Cumprimentar aqui todos os prefeitos, prefeitas, cumprimentando a prefeita Verônica, desejando a ela um ótimo mandato, conte com a gente, pra gente trabalhar juntos no exercício da coletividade; o vereador “Gordinho”. Nós temos um slogan, que é dos carecas que elas gostam mais. Deixar um grande abraço. Muito obrigado!

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Vamos aplaudir [ininteligível]. Igual aos nossos agradecimentos, ao governador Geraldo Alckmin, demais [ininteligível] e aqui a todos aqui que vieram, está encerrada esta cerimônia. Obrigado a todos os nossos paulistas.