Discurso - Anúncio de Investimentos e Inauguração de Obras com Recursos do FUMEFI - 20123006

De Infogov São Paulo
Revisão de 15h00min de 16 de julho de 2012 por Biacotrim (discussão | contribs) (Criou página com ''''Transcrição do discurso do Anúncio de Investimentos e Inauguração de Obras com Recursos do FUMEFI''' '''Local: Carapicuíba - Dat…')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso do Anúncio de Investimentos e Inauguração de Obras com Recursos do FUMEFI

Local: Carapicuíba - Data: 30/06/2012

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Vice-prefeito Salim Reis. Vereador Alexandre Pimentel, presidente da Câmara. Saudando as vereadoras, os vereadores. Deputados estaduais. Marcos neves e o Isac Reis. Edmur Mesquita, nosso secretário adjunto do Desenvolvimento Metropolitano. Respondendo aqui pela pasta. O Widerson Anzelotti, o nosso secretário executivo do Funef. O Carlão Camargo, prefeito da nossa Cotia. Dr. Marcelo Prado, delegado Titular. Coronel Ricardo Gambaroni, comandante da Polícia Militar. O nosso comandante da guarda, o Edmilson Fernandes. O Marcos Paulo, secretário municipal de Obras. Saudando todos os secretários. O Joel Garcia, diretor da faculdade Nossa Cidade. O Walter Santana, diretor da Fatec. A Silvia Queiroz, diretora da Etec. Carlos Eduardo Ventura Campos, da Frente Popular das Favelas. Os presidentes de associações de moradores. Associações comunitárias, líderes da comunidade, amigas e amigos. Hoje faltam, dia 6 é o último dia para a gente assinar convênio e poder lançar as obras, em razão da eleição, estamos aqui que nem o Romarinho, marcando gol no ultimo minuto, né? E um belo gol. Um gol que vai trazer muita alegria para a população. Primeiro entregando aqui uma grande obra, que é o sistema viário da lagoa. Nós fizemos aqui o contorno e uma obra muito bonita, feita com recursos aqui do Estado, da Funef e executada pela Prefeitura. Depois, além de entregar essa grande obra, iniciando outras grandes obras que é a obra do centro de Carapicuíba, o Mario covas, que vai tirar os semáforos do centro, melhorar o trânsito. Trânsito é apertado, não é? Até minha cidade que é menorzinha, Pindamonhangaba. Sábado, trava o centro, ninguém passa. Aquilo trava. Então vai ajudar muito o trânsito. Tirar todos os semáforos. Vai ajudar Barueri, vai ajudar Itapevi, Jandira, Osasco, Santana do Parnaíba. Vai ajudar Cotia, vai ajudar a cidade e a região. Diz que aparelho de som é igual a gerente de banco, viu? Quando a gente mais precisa ele pifa, né? E depois vai ter o Boulevard. Vai melhorar o acesso à estação de trem, ao ônibus, trazer mais segurança, evitar atropelamento. Mais segurança, e melhorar muito o centro e o sistema viário de Carapicuíba. Hoje uma das maiores cidades do Brasil. Carapicuíba chegou já a meio milhão tá quase. Uma das grandes cidades do Brasil. E com o Rodoanel Mario Covas, tá na melhor esquina do Brasil, né? Uma esquina importante. Rodoanel, Castelo Branco, Raposo Tavares, ferrovia, enfim. Ela vai perto da Regis Bittencourt, o Rodoanel. Ela vai ser muito importante. E nós estamos agora, aqui tem uma Etec e uma Fatec. E logo, logo, nós vamos entregas dois novos blocos. Isso vai possibilitar quase dobrar a Fatec. O aluno pode fazer o Ensino Técnico um ano e meio e fazer inclusive junto com o Ensino Médio. Ele faz o Ensino Médio e faz o Técnico. E sai com os dois diplomas, o Médio e o Técnico. Ai já pode trabalhar conseguir um bom emprego e continua estudando, faz a faculdade que é a Fatec. Três anos, tudo de graça. A Etec, cada cinco, quatro já saem empregados. Da Fatec, de cada 10, nove já saem empregados. Nós vamos aumentar muito o número de vagas para poder atender mais estudantes, mais jovens, pra fazer o Ensino Técnico e fazer a faculdade pública e gratuita. Depois temos o trem, é a linha 8 da CPTM, estação nova. Nós estamos reformando, modernizando todas as estações com acessibilidade, pessoas cadeirantes, pessoas com deficiência pra poderem ser melhor atendidas e os novos trens. Nós compramos 106 trens. Cada trem tem quantos vagões? Tem oito vagões. Então, 106 x 8 dá: 848. Tá bom de conta, heim Sérgio. 848 carros a mais. Todos com ar-condicionado, novo, 0km. Não é trem reformado, é trem novinho. E vamos instalando, vai chegando é gente já vai pondo em funcionamento. E grande investimento na área de energia. Porque todo trem ele é energia elétrica e todos com ar-condicionado. Então quanto tá muito lotado as vezes cai a energia. Nós vamos fazer um grande reforço nas subestações de energia pra ter um sistema e reduzindo o horário entre os trens. Depois eu queria trazer uma palavra aqui também, sobre a educação. Além das Etecs e Fatecs, assinamos a Creche-Escola, não é isso, Sérgio? Estamos fazendo em todos os municípios, a Prefeitura entra com o terreno e nós damos o prédio e os equipamentos, o mobiliário. Entregamos a creche prontinha. Criança pequena precisa de cuidado, não é isso? Criança quanto menorzinha, mais atenção, mais cuidado precisa ter. Perguntaram, Marcos Neves, a uma mãe qual dos filhos ela mais amava e ela respondeu. Ela disse: O pequenino, até que cresça. O doente, até que sare. O ausente, até que volte. Pequenino até que cresça. Em quanto menorzinho mais cuidado. Então um grande programa de creches, nós estamos fazendo no estado inteiro. Aqui tivemos escolas reformadas, 17 já concluídas, 12 em reformas, duas contratadas, quatro coberturas de quadra. Enfim, todas as escolas estaduais a gente procurando melhorar para a população. E queria aqui antes de cumprimentar os nossos padres. Padre Ubirajara, padre Eduardo. Padre Carlos. Padre Raimundo. Saudar aos pastores. Trazer uma palavra sobre o Savoy. O que nós estamos entabulando junto com a Prefeitura e o Ministério das cidades. Nós temos 500 e poucas famílias. Em torno de 500 e poucas famílias, não é isso? Quase 700. Depois tem ali da lagoa, ali é quanto? 300? O que nós estamos procurando resolver? O DAE, Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado. Nós vamos colocar R$ 7 milhões para ajudar a comprar o terreno. Ai entra, no Programa Minha Casa Minha Vida. E nós vamos colocar do estado até 20 mil reais, por unidade. Então nós vamos colocar a complementação no chamado, Casa Paulista. Então, nós vamos arrumar o terreno e vamos colocar mais um dinheiro como subsídio pra poder as famílias ter acesso aos apartamentos. Tá certo? Então esse convênio tá sendo elaborado. É um convênio que vai ser assinado entre o Governo do Estado e a Prefeitura. E ele tá super bem encaminhado. Vamos ver se essa semana ainda a gente consegue assinar e resolver. Quero deixar um grande abraço aqui pra vocês. Cumprimentar o prefeito, Sérgião. Cumprimentar e agradecer os nossos deputados na Assembleia Legislativa. O Marcos Neves, grande companheiro, bom deputado. O Isac Reis da mesma forma. Agradecer ao Widerson Anzelotti, do Funef. O Edson Aparecido que tá afastado uns dias. E, portanto, tá respondendo pela Secretaria o Edmur Mesquita. Mas principalmente trazer um abraço muito carinhoso aqui pra vocês todos. Agradecer a presença nesse sábado bonito aqui em Carapicuíba. Daqui nós estamos indo para Mairiporã. Quem conhece aqui, Mairiporã? Mairiporã fica do outro lado ali depois de Guarulhos. E depois eu vou para a capital. Qual que é a capital? Não. Eu vou pra Pindamonhangaba. Um grande abraço a todos.