Discurso - Assinatura de acordo de cooperação com o Instituto para o Desenvolvimento do Varejo para reforçar o combate ao roubo e furto de celular 20160411

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Assinatura de acordo de cooperação com o Instituto para o Desenvolvimento do Varejo para reforçar o combate ao roubo e furto de celular

Local: [[]] - Data:Novembro 04/11/2016

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Muito boa tarde a todas e a todos, quero cumprimentar o Dr. Mágino Alves Barbosa Filho, secretário do Estado de Segurança Pública, Dr. Helcio Tokeshi, secretário do Estado da Fazenda, Luiza Helena Trajano, presidente do IDV, Instituto para o Desenvolvimento Varejo, presidente do Conselho do Magazine Luiza, deputado fe deral, Gilberto Nascimento, delegado de polícia, o vice-presidente do IDV, o Flávio Rocha, nosso sempre deputado, presidente da Riachuelo, o Antônio Carlos Pipponzi, presidente do conselho da Raia Drogasil... Ah, olha aí. Parabéns! Fernando de Castro, ex-presidente do IDV, Fabíola Xavier, executiva, Dr. Youssef Abou Chahin, delegado geral de polícia, tenente-coronel Higino, comandante do grupamento do Corpo de Bombeiros, membros do conselho aqui da Polícia Civil, membros do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo, amigas e amigos. Nós temos três atos aqui, Luiza, fruto da boa audiência, da boa conversa com o IDV. Primeiro saudar o IDV, o campeão dos empregos, né, no setor privado, o maior empregador brasileiro. É isso o que nós precisamos, né, criar emprego, manter emprego, melhorar a renda da população. Há uma mudança grande no mundo, f ruto dos avanços da tecnologia, e hoje o e-commerce, né, o comercio.com, ele vem crescendo. Então, nós estamos, hoje assinamos o decreto, Dr. Tokeshi fez lá um bom trabalho com a sua equipe, possibilitando que não haja acúmulo de crédito de ICMS, porque a própria empresa.com passa a ser o polo da substituição tributária. Com isso nós estamos aí facilitando o comércio eletrônico aqui em São Paulo, evitando que empresas saiam de São Paulo e fortalecendo um setor que cresce bastante. O segundo é o da segurança, a questão do roubo e furto de aparelho celular, e aí assinamos um protocolo onde os empresários nos comunicam rapidamente, o IMEI, e a polícia imediatamente já pede o cancelamento do IMEI. Então, com isso a gente não vai acabar, mas vai desestimular e resolver grande parte do problema, hoje, de roubo e furto de celular. Vamos dar uma ampla divulgação a esse trabalho, até para desestimular esse tipo de ação. E aproveitando o prestígio aqui do IDV, isso aqui é um pleito que faz meses e meses que nós estamos lá raspando o fundo do tacho, né? Porque eu já vi crise, fui prefeito na década de 70, no século passado, então já faz algum tempo, mas crise como essa não é para qualquer um. Então, raspamos aí o fundo do tacho, e hoje nós estamos a pedido do Dr. Mágino, do Dr. Youssef, das nossas delegadas, estamos então autorizando, já passaram por concurso público, viu, Gilberto? Então nós vamos nomear mais 80 delegados de polícia, 35 médicos legistas, 25 peritos criminais, 387 escrivães de polícia, 120 investigadores, 25 fotógrafos policiais, 50 auxiliar es de necropsias, 20 técnicos de laboratório e 93 oficiais administrativos, dando um total de 835 novos policiais civis e da polícia civis e da polícia técnico científica. A gente sabe que precisaria até mais, mas é o que a gente conseguiu fazer nesse momento já autorizando a nomeação imediata pra reforçar aí o trabalho de polícia investigativa, polícia judiciária e toda a parte técnico científica. Deixar um abraço aqui para todos vocês, saudar a nossa queridíssima Luíza. Hoje também pela manhã, Gilberto, nós lançamos aqui o primeiro edital de concessão de rodovia, vai desde lá do Paraná, lá em Florínea, passando por Assis, Marília, vai até Ribeirão Preto, 3,9 bilhões de investimento no estado, licitação internacional, em presas aí do mundo todo, 200km de rodovias vão ser duplicadas, aonde já é pedagiada que é a região de Ribeirão Preto, nós imaginamos uma queda, uma redução de 19% no valor do pedágio na nova licitação, mais 5% obrigatório de redução no caso de ter o TAG. Nós queremos que todo mundo tenha o TAG, ninguém precise parar no pedágio para troco, pagar, tudo eletrônico. Então, lançamos aí também, primeiro do país de pedágio flexível, concessionário pode em alguns horários dar um estímulo para melhorar a fluidez de tráfego, enfim, um avanço aí importante. E ontem, estive em Buenos Aires, aliás, aprendi com o Macri, que eles estão abolindo a gravata lá, né, nós queremos que o varejo venda bastante gravata, mas estive l&aacut e; e fizemos uma rodada de negócios, foram 115 empresários, 115, pra gente fortalecer exportação, a nossa agenda, Agência Investe São Paulo, área têxtil, calçado, química, farmacêutica, mecânica, agronegócio, pra até a hora que... Hoje ia continuar, até a hora que eu saí ontem de lá, já estava em mais de cem milhões de negócios, ou seja, a gente fazer um esforço aí pra não apenas vender dentro do Brasil, mas também conquistar novos mercados, criar uma cultura, né, nas empresas, a gente também avançar aí em novos mercados pra poder aumentar o emprego. Mas quero deixar um grande abraço aqui e convidá-los pra um café.

Muito obrigado. [[]]