Discurso - Assinatura de convênios com municípios 20161105

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Assinatura de convênios com municípios

Local: [[]] - Data:Maio 11/05/2016

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Boa tarde. Cumprimentar o nosso secretário, chefe da Casa Civil, deputado federal Samuel Moreira, Dr. Fabrício Cobra, secretário adjunto da Casa Civil, os deputados aqui presentes que nos alegram com a presença, Maria Lúcia Amary, deputada estadual. Cumprimentar os deputados André do Prado; Carlos César; Chico Sardelli; Davi Zaia; Edmir Chedid; Dr. Jooji Hato; Orlando Bolçone; Dr. Pedro Tobias que está chegando do Líbano. Cadê o Pedro?

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Chegou afiado, hein!

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: O Ramalho da Construção; o Roberto Massafera; o Welson Gasparini; os prefeitos de Buritama, o Izair; de Cajamar, Ribas, Paula Ribas, não é, de Cajati, Luiz Koga; Cesário Lange, o Ramiro; Colina, o “Mi”; General Salgado, o Leandro do Correio; Iperó, Vanderlei; Itapuí, o Amantini; Jaboticabal, Raul Girio; Lourdes, o Odécio; Mineiros do Tietê, o Zé Vendramini; Monções, o Douglas; Ouro Verde, o Henrique; Pardinho, Dito Rocha; Perdeneiras, Daniel Camargo; Rafard, o César Moreira; de Santo Anastácio, o Alaor; de Tapiraí, o Todesco; de Turiúba, o Zé Antônio; de... Aqui está Turmila, mas deve ser Turmalina, não é? Turmalin a, a Fernanda; de Vitória Brasil, a Ana Lúcia; pastor Cláudio Geribelo, da Conferência Nacional das Igrejas Evangélicas, vice-prefeitos, vereadores, secretários, amigas e amigos. Hoje um dia ótimo, acabamos de sair da formatura de 2.811 soldados para a Polícia Militar. Amanhã já estamos distribuindo. A maior formatura da Escola de Soldados, 2.811, 12% deles com nível superior. Impressionante, não é? E a gente viu ali, Samuel, a alegria das famílias, devia ter umas 10 mil pessoas lá no Sambódromo onde foi a formatura. Então já começam a trabalhar a partir de amanhã, capital, região metropolitana, interior, bombeiros, Polícia Rodoviária, enfim, reforçando aí a segurança. E agora a uma hora, o nosso convênio que é sempre o momento mais importante do dia, não é? Se eu pudesse eu assinava, assinava todo dia, não é, se pudesse. E faz parte das comemorações do campeonato do Santos. Vai ser um mês de festividades e comemorações, festa, convênio. Agradecer aos nossos deputados estaduais e federais, pessoal... bancada estadual aqui presente. Grandes parceiros, Assembleia Legislativa de São Paulo. Eu fui deputado estadual, aliás, eu só fui candidato a federal porque era constituinte, se não fosse Assembleia Nacional Constituinte eu tinha continuado na Assembleia Legislativa, uma Casa excepcional, você está muito perto da região, ou das lideranças que você representa, é um papel extremamente importante no desenvolvimento do nosso estado, na participação aqui de São Paulo. Ontem eu fui visitar o Pezão, governador do Rio de Janeiro que foi para fazer um tratamento quimio terápico, então fomos lá quatro governadores dar um abraço, dar um entusiasmo nele, levar uma mensagem de solidariedade, está se recuperando, e o que é que a gente ouvia ali é a crise, não é? Tem o pessoal que está pagando agora salário no décimo quinto dia útil, quer dizer, está pagando na segunda quinzena do mês, e outros que nem pagaram estão pagando. Como diz o prefeito de Campinas, o Jonas Donizette, um dia deles eu fui lá, Maria Lúcia, tomei um café com ele e eu falei: Ô, Jonas, como é que está? Eu fui lá no Campo Grande, um bairro lá de Campinas perto de Viracopos, e perguntei, não é? Como é que estão as coisas aí? “Ih, doutor, quem não pagava não está nem comprando, não é?”. Mas vamos trabalhar que vai melhorar. Mas são emen das parlamentares, não é, que as prefeituras escolhem, dão infraestrutura urbana, revitalização de áreas de uso comum, praças, recape, iluminação pública, alambrados, área de esporte, praça da juventude, centro de esportes, piscina, enfim, cada um vê a sua... velório, não é? Tudo o que a população de uma cidade necessita, não é, que precisa. Cumprimentar aqui os prefeitos, eu acho que a economia devagarinho ela vai se recuperar, não vai ser em 24 horas, mas deve se recuperar, e nós estamos trabalhando para aprovar lá no congresso duas PECs, uma PEC que foi aprovada no Senado e foi para Câmara que prorroga de 2020 para 2025 o pagamento precatório, dá mais dez anos a partir de 2015. Então vai até 2025, é importante. E a outra PEC que aí é ao contrário, foi aprovado na Câmara e foi para o Senado que permite levantar até 40% dos depósitos judiciais privados, não públicos, mas privados, público já foi votado. Aí está se buscando lá o entendimento, o pessoal achou que 40% é muito, talvez reduza para 20%, mas também tudo o que vale pro estado vale também para as prefeituras municipais. E nós estamos fazendo também um trabalho de junto aos grandes devedores do estado para gente dar uma melhorada aí na arrecadação, e tudo o que a gente arrecada, 25% vai para as prefeituras. Agradecer aqui ao Samuel, Fabrício, toda a equipe, a Leia também e toda a equipe que o Dr. Rubens Cury que também nos ajudou muito nesse período todo, deixar um abraço aqui aos deputados e em especial prefeitas, prefeitos aí, nós já vamos depositar a primeira parcela imediatamente ap&oacu te;s o convênio que com isso independentemente do ano eleitoral, o convênio pode ser executado. E convidá-los aí para um cafezinho. Muito obrigado. [[]]