Discurso - Autorização para reconstrução de ponte 20132006

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Autorização para reconstrução de ponte

Local: Sarutaiá - Data:20/06/2013

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Senhoras e senhores, vamos ouvir palavras do governador de todos os paulistas, Geraldo Alckmin.

[palmas]

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde a todas e a todos, quero cumprimentar o prefeito anfitrião, prefeito de Sarutaiá, o Irineu Ramos, cumprimentar Dona Neuza, presidente do Fundo Social de Solidariedade, o vice-prefeito, João da Tapera, o vereador Djalma, Bernardina, presidente da Câmara, prefeita de Ourinhos, presidente da UMES, a [ininteligível], o prefeito de Timburi, Luizão, veio comigo, nós estamos saindo lá de Timburi, prefeita de Ribeirão do Sul, a Eliana; o prefeito de Riversul, o Vicente; Tejupá, o Mota; Chavantes, o Osmar, prefeito de Óleo, o Jordão; Bernardino de Campos, o Armando, e Manduri, o Paulo Roberto, com quem assinamos também o convênio do Água Limpa para tratamento de esgoto. Saudar aqui o ex-prefeito, o Ismar, o ex-prefeito de Timburi, o Paulo, o capitão Marcos de Paula Barreto, da defesa civil, capital Amaral, aqui da região, Dr. Gabriel Fernandes Pires, delegado de polícia, Marly Rinaldi, diretora aqui do departamento social, o Padre Rinaldo Rosa, os representantes de associações, lideranças aqui da comunidade, dizer da alegria de vir aqui a Sarutaiá, Irineu, para assinarmos a autorização do convênio para a ponte, aqui teve um problema na vicinal Sarutaiá Usina Boa Vista, uma ponte de 4,30 por 10 metros de comprimento, investimento de 162 mil reais, então, nós estamos autorizando aí a defesa civil e está aqui o nosso capitão da defesa civil, e aí o Irineu vai receber os recursos para poder fazer, reconstruir a ponte porque teve problema aí na época do verão. Depois também queria, Irineu, trazer aqui uma boa notícia, você já colocou, nós estamos fazendo um programa com todas as prefeituras de creche escola, então, aqui nós vamos ter creche escola, eu acho que você já até tem o terreno, não é isso? Já tem o terreno, então nós vamos liberar aqui o recurso, 1,2 milhões de reais para construir uma nova creche aqui para a cidade.

[palmas]

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Temos também a reforma da escola estadual Edgardo Cardoso, que o término é agora no próximo mês, uma reforma da escola, e a cidade vai receber também um ônibus escolar. Quero um ônibus zero quilômetro, inclusive com elevador para pessoas com deficiência, aqui também nós autorizamos 250 mil reais para o centro de convivência dos idosos, então, São Paulo é um estado amigo do idoso, então, nós queremos nos 645 municípios o Centro de Convivência do Idoso. É um salão, para festa, programas de geração de renda, programas sociais, Centros de Convivência, salão de baile, enfim, é um centro de convivência dos idosos. Também o município vai receber uma ambulância zero quilômetro, só não é aquela do filme de cinema, né, aquela do cinema você abre a porta da ambulância e sai uma morena e uma loira de dentro, né, mas vai receber uma ambulância novinha. Também, o município vai receber um caminhão basculante zero quilômetro, tem também 100 mil reais para um asfaltozinho para ajudar aí na [ininteligível], eu vim aqui pela SP 303, não é isso? SP 303, e Timburi para cá, então, nós vamos recuperar e fazemos refazer, recapeamento, acostamentos de Sarutaiá até Timburi, inclusive, nós vamos licitar a obra em setembro. Mas eu vim no caminho aqui e vindo para cá tem um buraco grande ali perto da divisa e que é perigoso, então eu já liguei para o superintendente do BR, ele vai fazer imediatamente por emergência, então já faz ali a parede ali, faz a proteção com gabião, e depois, em setembro, licita a estrada inteira, que vai ser refeita, com acostamento, segurança, enfim, para a população. A rodovia SP 287 vai para Fatura e vai para Piraju, vai para a Raposo Tavares, essa já deve estar em obra, né, já está em obra, nós vamos fazer farturas, Satutaiá, Piraju, Manduri até Óleo, então, vai ser inteirinha refeita e ampliada essa rodovia. E a Raposo Tavares, né, essa vai ser uma das grandes obras [ininteligível] do interior de São Paulo, são 207 quilômetros entre Ourinhos até Itapetininga, então, nós vamos estar licitando no comecinho do ano que vem, é uma obra de mais de 300 milhões de reais, recapeamento, acostamento, terceiras faixas, trechos de duplicação, então, vamos ter uma auto estrada, uma auto estrada indo para Ourinhos e indo para Itapetininga. E de Itapetininga até Sorocaba, inteirinha duplicada, vamos entregar agora em julho do mês que vem já o trecho de capela do auto até Araçoiaba da Serra, e até o meio do ano que vem, toda ela duplicada, de Itapetininga até Sorocaba. E o trecho de Itapetininga-Ourinhos, nós mesmos vamos fazer, porque não vai ter pedágio, então não é concessão, o próprio DR, o próprio estado vai licitar, isso vai gerar muito emprego, né, isso vai gerar milhares de empregos aqui na região na construção civil, só a obra que nós começamos hoje, lá em Fartura, de Fatura, Taguaí, Taquarituba, são 150 empregos diretos, fora os empregos indiretos, eu não tenho dúvida de que a nova Raposo Tavares vai dar um grande impulso, Sarutaiá vai voltar a crescer forte, né, a região aqui vai voltar a crescer forte para a população.

[palmas]

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Você já comprou o terreno? Já comprou, já tá comprado? Em novembro? Setembro? Um alqueire mais ou menos você comprou? Um alqueire. É, tá bom, um alqueire está ótimo, cada um alqueire dá mais ou menos setenta casas, são setenta famílias que passam a sair do aluguel, né, realizar o sonho da casa própria. E cada casa são três empregos, nós estamos falando de 210 empregos também na construção civil, além dos empregos indiretos. O prefeito deixou conosco uma, já vi a listinha ali, nós vamos fazer outras parcerias, outros convênios, conte com a gente, viu, Irineu? Para a gente trabalhar em benefício aqui da população, quero deixar um grande abraço a Sarutaiá, o que quer dizer Sarutaiá? Macaco da cauda grande. É uma cidade, ele relatou bem a questão do café, e a gente nunca deve, eu sou de uma região, do Vale do Paraíba, que no século XIX se dizia “o Brasil é o café, e o café é o Vale do Paraíba”, então, a região era riquíssima, a prefeitura onde eu fui prefeito cabia a prefeitura dentro do prédio, com o departamento, administração, jurídico, gabinete do prefeito, chefe de gabinete, consultoria jurídica, planejamento; no porão, tinha toda a parte de saúde, que era muito grande, e em cima era toda a Câmara Municipal, o gabinete do presidente era funcionado, em cima a Câmara, embaixo a prefeitura, isso era a casa do Barão de Itapeva, que era cafeicultor, a casinha dele cabia tudo lá, né, para ver como é que era o tempo do café, mas, realmente, sempre que a gente tem uma monocultura, você tem risco, é preciso diversificar a atividade econômica, né, você ter o café, a fruta, você ter leite, você ter corte, você ter comércio, você ter serviços, você ter a indústria, então, nós temos lá uma agência de desenvolvimento para apoiar os municípios, para gerar emprego, para gerar crescimento, com uma agência de investimento, que é a Investe São Paulo, e a agência de fomento, que é financiamento, inclusive, para poder financiar o setor produtivo nas várias áreas, e temos o microbacias 2 aqui da região, associação, cooperativa, que nós, não é empréstimo, é fundo perdido, é dinheiro que não precisa pagar, por exemplo, nós assinamos segunda-feira com a cooperativa de laticínios de Avaré, um milhão e meio, metade do governo, a fundo perdido, e metade da cooperativa, que ao invés de vender o leite, vamos agregar valor, vamos vender doce de leite, vamos vender queijo, vamos vender iogurte, vamos vender requeijão, agregar valor. Então, nós podemos apoiar associações de agricultores, cooperativas de agricultores, assentamentos agrícolas, pequenos agricultores, melhorando a renda do agricultor aqui da região. Mas quero deixar um abraço aqui para o Irineu, cumprimentar aqui a Câmara de Vereadores, os prefeitos aqui da região, e especialmente vocês aí pelo carinho da presença. Posso dizer que Sarutaiá é a capital da hospitalidade. Muito obrigado!

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Essas foram as palavras do nosso governador Geraldo Alckmin, a todos, o nosso muito obrigado pelas presenças, encerramos assim mais um evento do governo do estado de São Paulo. Tenham todos uma ótima tarde.