Discurso - Encontro Estadual Acelera São Paulo - 20123005

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso do Encontro Estadual Acelera São Paulo

Local: Santos - Data: 30/05/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Muito bom dia a todas e a todos. Autoridades aqui já nominadas; lideranças aqui da comunidade; amigas, amigos. Onze boas notícias. Onze, homenagem ao Neymar. A primeira, a primeira boa notícia eu quero aqui agradecer ao reitor da Universidade de São Paulo, João Grandino Rodas, a USP é um orgulho de São Paulo, orgulho, melhor universidade do Brasil, melhor universidade da América Latina entre as 20, e das melhores universidades do mundo; e a USP veio para Santos, já está funcionando aqui a escola de Engenharia Politécnica, a Poli com curso de Engenharia e Petróleo e Gás. A USP, novamente, nossa parceira, João Grandino Rodas, junto a Fapesp que hoje, exatamente hoje completa 50 anos. E quero aqui agradecer ao seu presidente, o nosso chanceler Celso Lafer e o seu diretor científico, Brito Cruz. E hoje dois navios: um navios que foi entregue agora, o navio Alpha Crucis, grande navio para pesquisa na área oceanográfica, biodiversidade marinha, Pré-Sal, toda área de pesquisa no mar. Eu lembrei com muita saudade do meu pai, que meu pai dirigiu aqui em Santos o Instituto de Pesca Marítima. E chegando um outro navio novinho, que é o Alpha Delfini, um navio um pouco menor. Então dois navios para a área de pesquisa oceanográfica, uma grande parceria, 11 milhões de dólares da Fapesp e uma importante parceria com a Instituto Oceanográfico e a Universidade de São Paulo. Uma segunda boa notícia: Nós temos aqui os recursos do Dade. Quero agradecer o secretário Márcio França. Só o ano passado e este ano são 54 milhões para Santos, 28 milhões para o Guarujá, 20 milhões para Praia Grande, 15 milhões para São Vicente, 10 milhões para Itanhaém, 9 milhões para Peruíbe, e 9 milhões para Bertioga. São 145 milhões para as prefeituras investirem no turismo: infraestrutura, orla da praia, centro turístico, centro de convenções, ciclovia. Cada município escolhe a sua prioridade. A terceira boa notícia quero agradecer aqui ao secretário Rodrigo Garcia, nós estamos entregamos daqui a pouquinho porque está chegando a hora do almoço, o segundo Restaurante Bom Prato aqui em Santos, o segundo na zona noroeste. E este Restaurante Bom Prato é almoço a um real, com controle do Instituto de Tecnologia de Alimentos, então um grande programa social. Quero aqui também destacar, da última vez que estive em Santos eu recebi o pessoal dos caminhoneiros autônomos e eles falavam da necessidade da renovação da frota, tem caminhão com mais de 10 anos, 20 anos, até quase 30 anos. E, me lembrava bem o secretário Bruno Covas, de que uma das principais efeitos de gás de efeito estufa é diesel, é caminhão, então a renovação da frota vai dar mais segurança, os caminhoneiros terem caminhões zero quilômetro, novinho, e ao mesmo tempo ajudar o meio ambiente, nós estamos autorizando hoje, Dr. Milton Melo, que é o presidente da Nossa Caixa Desenvolvimento a financiar mil caminhões novos zero quilômetro para os caminhoneiros autônomos aqui que trabalham em Santos, no porto de Santos, e na região. Hoje, nós vamos assinar, daqui a pouquinho, lá no restaurante Bom Prato, a liberação de recursos para o Hospital dos Estivadores. A Prefeitura de Santos, o prefeito Papa, comprou o hospital dos Estivadores e nós estamos assinando, hoje, liberando R$ 25 milhões, assinando contrato aditivo para ajudar na reforma, nos equipamentos desse hospital, que vai ser muito importante para a cidade e para a região. Outra notícia boa é o CRAVI, está aqui conosco a Cristiane Pereira, que é coordenadora do CRAVI, que é a inauguração do centro de referência do apoio à vítima de violência. Nós só tínhamos o CRAVI em São Paulo, então a segunda cidade a ter o CRAVI, o centro de referência de atendimento à vítima de violência, que é da Secretaria da Justiça, será o município de Santos, e será também inaugurado hoje. Temos aqui o Via Rápida, quero agradecer aqui ao Paulinho, a Paulo Alexandre Barbosa, aliás, quero dizer da alegria de ter aqui a sua filha, a Gabriela, a sua esposa Vanessa, a sua mãe a Marinês, dizer que estamos muito alegres com a presença da família, e o Via Rápida que vai ter um dos principais polos de formação profissional, é curso 80 horas, 100 horas, 200 horas, rapidinho, e já a pessoa consegue um emprego, vai desde chapeiro, padeiro, cozinheiro, costureira, encanador, eletricista, e quem tiver desempregado, recebe R$ 330 de bolsa para fazer o curso. Se for um mês, ganha R$ 330 para ele se manter, se for dois meses, R$ 660, nós pagamos para ele poder fazer o curso e se capacitar e para o mercado de trabalho. E estamos liberando R$ 10 milhões para o parque tecnológico aqui em Santos, é um prédio que vai ter, onde vai ter incubadora de pequenas empresas, e toda parte estrutural, laboratórios, é ó núcleo central do parque tecnológico, inclusive com incubadora de empresas, de pequenas empresas, para que elas possam crescer e prosperar aqui em Santos, principalmente na área portuária, na área de petróleo, na área do turismo, nas várias áreas aqui de interesse da região. Quero agradecer ao Paulo Alexandre, aliás, como o Paulo Alexandre deve daqui uns dias deixar a Secretaria, quero destacar o excelente trabalho que fez frente a Secretario de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, importantes conquistas aqui para a região. Quero também aqui dizer da... Nós temos também a plano estratégico metropolitano que foi lançado, o Edson Aparecido, que tem feio um extraordinário trabalho, como secretário de Desenvolvimento Metropolitano, e hoje nós estamos liberando os recursos para fazer todo o estudo aqui da metrópole, envolvendo os municípios da região metropolitana, quero agradecer ao secretário Bruno Covas, o santista. Eu tive um grande professor, que foi o Mário Covas, um homem de caráter, um estadista verdadeiro, e o Bruno herdou todas as qualidades do avô, tem uma vocação de servir, quero agradecer ao Bruno Covas. Quero aqui também destacar as obras importantes, estruturantes aqui para a região, e a primeira delas é o túnel. Quem ganhou a licitação aqui do túnel foram consultores que compõem esse consórcio, que fizeram o maior túnel do mundo, na China, e o túnel ligando a Suécia à Dinamarca. Nós estamos aqui com o que há de melhor, em termos de engenharia, para fazer essa que vai ser a mais e desafiadora e importante obra metropolitana do Brasil. Hoje, foi assinado o contrato, vai estar em torno com o licenciamento ambiental, quarenta e poucos milhões de reais. Em 18 meses tudo pronto, todo o projeto, mas nós pretendemos já no 12º mês abrir o processo licitatório, iniciar o processo da obra. Então no segundo semestre do ano que vem começa a licitação, e se não tiver nenhum interregno jurídico, nós começaremos ainda no final do ano que vem essa grande obra ligando aqui o Porto de Santos e São Vicente com Vicente de Carvalho, com Guarujá, com Bertioga, enfim, integrando a região metropolitana. O túnel previsto para as pessoas passarem a pé, de bicicleta, motocicleta, carro, ônibus e se quiser caminhão, e inclusive o trem, o VLT já tudo previsto nessa grande ligação seca, histórica, aguardada a mais de meio século que é a ligação de Santos/Guarujá. E quero aqui agradecer ao Secretário Saulo de Castro Abreu Filho fazendo um trabalho exemplar na Secretaria dos Transportes e o Laurence Casagrande presidente da Dersa. Temos uma outra obra importante que nós estamos anunciando a um grande gargalo para ir para Cubatão lá na Anchieta na SP-150 com a Rodovia Cônego Domenico Rangoni. Nós autorizamos depois uma longa negociação, quero agradecer também a Dra. Karla Bertocco que preside a Artesp uma longa e dura negociação com a concessionária, com a Ecovias, mas nós autorizamos, então são 328 milhões de obras numa grande ampliação do trevo na Anchieta e uma ampliação do trecho inicial da Rodovia Manoel da Nóbrega, e mais 8 km de duplicação da Rodovia Cônego Domenico Rangoni, então são obras importantíssimas lá para a região. Eu quero saudar aqui os empresários do importante Polo Petroquímico, mas finalmente depois de muito acerto conseguimos resolver. São 328 milhões e a obra já está autorizada e acertada. Finalmente queria colocar, também, a questão do trem, do Veículo Leve Sobre Trilhos pra integrar a região metropolitana aqui de Santos, está aqui o Joaquim que preside EMTU essa também é uma obra metropolitana, e nós teremos a publicação do Edital, hoje já foi assinado será publicado amanhã para a compra de 22 trens, o Veículo Leve Sobre Trilhos, e nós teremos o primeiro deles, trem, vai ser entregue em 18 meses. 18 meses, é o governo que está comprando, não tem PPP, não tem nada, nós estamos fazendo a obra, nós estamos comprando os trens e vamos colocar em operação o Veículo Leve Sobre Trilhos. E esse primeiro trecho é o trecho do porto Barreiros até Conselheiro Nébias, [ininteligível] o primeiro trecho é Barreiros - Porto e a obra física mesmo, nós teremos em julho a publicação do Edital da obra até agosto. No máximo setembro a contratação da empresa e em seguida o início das obras, esperamos inaugurar no primeiro semestre de 2014 o VLT já percorrendo aqui a região. Mas eu quero é agradecer, dizer que é sempre uma alegria estar aqui nessa nesta capital do desenvolvimento, eu quando cheguei aqui, falaram, “olha nesse terminal aqui, o ano passado passaram 1,100 milhão’ é impressionante a pujança, a força da região. E mais Paulinho, ontem lá em São Bernardo já iniciamos a obra, em 12 meses fica pronta, uma ampliação na Imigrantes entre o 40 km até a entrada do Rodoanel, a quinta faixa mais 3,5m e 1m de proteção, vamos ampliar duas pontes e dois viadutos. E nesta ampliação, quatro obras de arte já prevendo a sexta faixa da Imigrantes, e esta uma região, o sistema Anchieta‑Imigrantes é dos dois importantes, com o porto, com petróleo e gás, Polo Petroquímico, Centro de Logística, indústria, turismo, Construção Civil, enfim, um movimento gigantesco, nós estávamos ontem lá iniciando as obras, não parava, caminhão e carro, aquilo não para, não é feriado, não é fim de semana, mas impressionante o movimento, e agora, mais do nunca, necessária a rápida ampliação porque o Brasil inteiro vai querer ver os shows, na Vila Belmiro, um grande abraço.