Discurso - Entrega da balsa para travessia Santos/Guarujá 20132303

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Entrega da balsa para travessia Santos/Guarujá

Local: Santos - Data: 23/03/2013

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Geraldo Alckmin!

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Bom dia a todas e a todos! Na minha colinha aqui eu somei e deu 11 boas notícias: é uma homenagem ao Neymar, não é? Mas, saudar o nosso prefeito anfitrião, Paulo Alexandre Barbosa; a Maria Inês, presidente do Fundo Social. Vereador Sadao; deputado federal Márcio França; deputado federal Beto Mansur, que aqui falou em nome do seu colega; deputados estaduais, Luciano Batista, Celso Giglio e a esposa; a Associação Paulista de Municípios, agora na primeira semana de abril vai fazer o seu congresso em Santos. Então, Celso Giglio, muito obrigado, Celso Giglio! Corruíra, nosso constituinte, amigo; Nossos secretários Bruno Covas, Sílvio Torres, Carlos Ortiz, Quadrelli, David Zaia, Edmundo Mesquita, Cláudio Valverde; Prefeita Ana Preto, a Maria Antonieta, o Orlandini, a Márcia Rosa, que estava aqui conosco, o Billy, o Marco Aurélio, o nosso ex-prefeito João Paulo Tavares Papa. Secretário Nacional de Transporte e Mobilidade Urbano, Júlio Eduardo dos Santos; Vice-presidente da ANFAVEA, João Alecrim; também o Alexandre Bernardes; o Norival de Almeida Silva..., cadê o Norival? Que preside a Federação dos Caminhoneiros Autônomos de Carga do estado de São Paulo; o Davi Santos de Lima, presidente do Sindicato dos Caminhoneiros aqui da Baixada e do Vale do Ribeira; Dr. Milton Luís, presidente da Agência Desenvolve São Paulo; Marcelo Bueno, diretor executivo da GEM; o José Paulo Gomes do Amaral, superintendente regional da Caixa Econômica Federal; Tirso Meirelles, diretor da FAESP, amigas e amigos. É uma grande alegria... Lideranças aqui da comunidade: O caminhão exerce um fascínio. O caminhão, eu tenho verdadeiro fascínio desde criança, e esses caminhões novos..., é impressionante a tecnologia, a segurança, conforto. Só que é caro! Custa R$ 270 mil em média, um caminhão. Pode até mais. Só o cavalinho, só o cavalinho. R$ 270 mil. Então, nós iniciamos aqui em Santos, Norival, quando estive aqui ano passado e fui procurado pelos caminhoneiros em frente à prefeitura aqui de Santos, lá na Pastelaria do Carioca, que o pessoal estava com o caminhão muito velho. Aliás, o Adalberto, eu perguntei para o Adalberto: Seu caminhão tem quantos anos? E ele falou: 53 anos. Então está na hora de trocar, não é? Então a Agência Desenvolve São Paulo está colocando R$ 270 milhões. Dá então, para comprar mil caminhões, mil caminhões. 96 meses para pagar. 6meses de carência e 96 para pagar. Juro zero. Então nós estamos colocando R$ 30 milhões do Tesouro para não ter juros, para zerar. Então a pessoa só vai pagar o principal, para possibilitar a renovação da frota. E com o compromisso que aquele caminhão com 30/40/50 anos, saia de circulação, que é para preservar o Meio |Ambiente, porque a maior causa de poluição é combustível fóssil. Então a gente fica muito feliz de darmos aqui o primeiro passo, entregar os primeiros caminhões do Renova São Paulo, renovando a nossa frota, dando os parabéns aos caminhoneiros por essa grande conquista! A segunda boa notícia é na área da habitação. O Paulo Alexandre está aqui. Nós estamos fazendo um grande programa habitacional aqui na Baixada. Hoje são 6 mil unidades, 6 mil famílias que vão realizar a casa própria, o sonho de poder ter seu apartamento, sua casa. E agora 1.800 em Santos, que nós estamos entrando com R$ 54 milhões para poder ter habitação de interesse social. Quem ganha 1 salário, 2dois salários, 3 salários, famílias de menor renda, poderem ter acesso à casa própria. Então, mais 1.800 unidades aqui em Santos no Programa Casa Paulista, cumprindo aí a etapa da complementação. Depois, a terceira boa notícia é o Banco do Povo. Está aqui conosco o Ortiz, nós vamos liberar o microcrédito, juros de 0,5% ao mês, dá quanto por ano? Dá 6% ao ano. Quanto foi a inflação o ano passado? Foi de 6,5 a 8, depende do índice. Então, no caso do Banco do Povo, não é nem juro zero, é juro negativo, porque ele é menor do que a inflação. Então, as famílias - nós estamos começando pelos mutuários do CDHU, mas queremos ampliar este programa - podem pegar empréstimo de R$ 200,00 até R$ 7,5 mil. Pintar a casa, fazer mais um cômodo, arrumar a parte elétrica, acabamento, telhado, enfim, para dar uma arrumada na casa. A quarta boa notícia é o emprego, é a ETEC. Aqui tem uma bela FATEC e nós vamos recuperar o prédio da Hospedaria dos Imigrantes, para ter aqui uma nova FATEC e hoje assinamos a terceira escola técnica. Nós temos 281 mil alunos, entre Ensino Médio, Técnico e Tecnológico. E todo ano, 2 vezes ao ano, porque o curso é semestral, os 500 melhores alunos da Paula Souza, cadê a Laura? Vem aqui, Laura. E os 100 professores, vão, ficam quantas semanas fora? Ficam 1 mês, por conta, tudo pago, e ainda recebem 400 dólares para aquelas pequenas despesas, mas tudo pago. Um mês, estudando inglês para se aperfeiçoar no inglês, nos Estados Unidos, na Inglaterra e agora, na Nova Zelândia! Então, todo semestre, os 500 melhores alunos e 100 professores passam um mês, tudo pago, ainda tem uma ajudinha de 400 dólares, antigamente era só Estados Unidos, agora é Estados Unidos, Inglaterra e Nova Zelândia. E o principal: esses nossos alunos tem altíssima empregabilidade. Então, mais uma ETEC aqui para Santos. Vamos também ter em toda a região aqui a ampliação das ETECs e FATECs. A sexta boa notícia é o Zoneamento Ecológico Econômico. Se não tem segurança jurídica, não tem investimento. Quem vai investir onde não tem segurança? Então, esse trabalho do Bruno Covas ao longo de todo esse período e hoje a assinatura do Decreto, é uma grande conquista para a Baixada Santista. Dividiu em 5 zonas: a zona 1, que é a mais restritiva, até a zona 5, que pode ter investimentos maiores em todas as áreas de atividade econômica. Depois, entregamos agora uma nova balsa, a 4ª balsa que nós entregamos na travessia Santos-Guarujá. Em abril chega a 5º balsa. Cada balsa novinha, zero quilômetro, 60 veículos. Em abril chega também mais uma lancha; a lancha atual transporta 150 passageiros, as novas, 350 passageiros. Uma lancha nova em abril, uma lancha nova em maio e mais duas no segundo semestre. E ampliamos os atracadouros, as gavetas, investimos 30 milhões em Santos, 30 milhões no Guarujá e estamos investindo 28 milhões na Bertioga, para melhorar a qualidade da travessia, enquanto terminamos o projeto executivo para fazer a ligação seca, o túnel entre Santos e Guarujá, que é a solução definitiva. Na área educacional, nós vamos ter uma base permanente do Via Rápida: Não tem vestibular, não precisa ter diploma, qualquer pessoa pode fazer curso. Curso de 30 dias, 60 dias; se estiver desempregado ainda ganha uma bolsa de R$ 330,00 para poder se manter naquele mês do curso. Vai desde chapeiro, pizzaiolo, confeiteiro, pedreiro, eletricista, soldador, tem mais de 100 tipos de cursos diferentes. Desde o via rápida até a USP, que veio para cá, trazendo a Engenharia da Poli, com o curso de Petróleo e Gás, da Escola de Engenharia Politécnica. Assinamos também aqui o Creche-Escola, com a Prefeitura de Peruíbe, de São Vicente, de Bertioga, de Santos, Cubatão e Guarujá. E todas as prefeituras estão incluídas no Programa Creche-Escola. Aqui estão as principais estâncias turísticas do estado. Márcio França, que fez um grande trabalho; Claudio Valverde, está respondendo pela Secretaria, nós já estamos liberando o DADE, já desse ano para ganhar tempo: 97 milhões vão ser investidos pelo DADE aqui nas estâncias turísticas. Eu estou vindo do Guarujá e a Antonieta ia me mostrando: “Olha uma obra do DADE. Olha outra obra do DADE. Olha outra obra do DADE.” Aí cheguei aqui, o Paulinho, o Papa, me mostraram: “Olha outra obra do DADE”, que é a Arena Santos. Então, tudo isso aqui são investimentos que o governo do estado passou o dinheiro para as prefeituras, para elas melhorarem os equipamentos públicos para a população. E, finalmente, a 11ª para homenagear o Neymar: nós já temos um Poupatempo aqui em Santos; vamos ter mais dois Poupatempo. Cadê o David Zaia, está aí? [palmas]. David, dá um pulinho aqui. O David Zaia já assinou, lá em Praia Grande. Então nós vamos ter mais um Poupatempo no Guarujá e agora estamos indo para a Praia Grande, para começar um grande viaduto na Rodovia Manoel da Nóbrega. E, em seguida, vamos fazer os dois grandes viadutos para tirar os semáforos de São Vicente, isso será agora em seguida. Hoje começa Praia Grande, o grande viaduto, em seguida, provavelmente dentro de algumas semanas, começaremos São Vicente. Então, mais dois Poupatempos E no Poupatempo novo vem o Detran junto, a nova Ciretran, facilitando a vida dos motoristas, dos proprietários de veículo, para ganhar tempo. Então, o Poupatempo novo no Guarujá, Poupatempo novo na Praia Grande. Mas eu quero dizer da alegria de estar aqui com vocês, agradecer a presença nesse dia chuvoso, Paulinho, nesse dia chuvoso! Vocês todos saíram de casa para trazer aqui a alegria das suas presenças, tão carinhosas! Santos é a capital da hospitalidade! Cumprimentar o Paulo Alexandre, cumprimentando todas as prefeitas, prefeitos, vereadores, deputados, nossos companheiros de governo, secretários de estado. Vamos trabalhar juntos! Um ajuda o outro. Um ajuda a buscar as melhores soluções em benefício da população e para servir a nossa população. Nós temos o dever de honestidade, não deixar ter desperdício, acordar cedo, dormir tarde e trabalhar em benefício da população. E quem vai ganhar com isso é o povo de São Paulo. Parabéns à Baixada Santista!