Discurso - Entrega de 160 moradias da CDHU em Pardinho 20160801

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Entrega de 160 moradias da CDHU em Pardinho

Local: [[]] - Data:Janeiro 08/01/2016

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SP: Bom dia a todas e a todos, cumprimentar o nosso prefeito, prefeito de Pardinho, Dito Rocha, dona Neli, presidenta do Fundo Social de Solidariedade, vice-prefeito Luiz Geraldo Benfica, presidente da Câmara, vereador Cristiano Camargo e quero agradecer aqui aos vereadores o título de cidadão pardinhense, muito obrigado. Deputado federal Rodrigo Garcia, secretário da Habitação, deputado federal Silvio Torres, ex-secretário da Habitação que começou aqui esta grande obra, deputado Fernando Cury, nosso prefeitos, Cesário Lange o Ramiro, Areiópolis, o Amarildo, Iaras o Chico, para onde nós estamos indo agora em seguida, Torre de Pedra o Emerson, Itatinga o Paulo Apolo, Pratânia o Roque, Bofete o Tourão, Botucatu, o João Cury, Avaré Dr. Cunha Novaes, Major Amaro comandante da região, capitão Cleber comandante aqui da companhia também da região, o Dr. Carlos Julião que responde pela delegacia de polícia, meu xará, José Geraldo Garcia, da CDHU, a Sueli Tameline da área social, o engenheiro Mário Pardini, da nossa Sabesp, os familiares do Jaime da Rocha Camargo que dá nome aqui ao conjunto habitacional, saudando a dona Helena e sua filha a Rita e o Rildo, o Dirceu Antônio Leme de Melo, presidente da Condepol - Confederação Nacional dos Delegados, o Djalma Bordignon, amigo de Laranjal Paulista e vice-presidente da Abimaq. Em especial moradoras e moradores, as famílias que vão receber a chave e daqui a pouquinho já estão mudando aqui para a casa nova. É uma alegria, dito Rocha, entregarmos hoje, o conjunto está caprichado viu? Não tem no Brasil, um programa habitacional com a qualidade do estado de São Paulo. Casas com dois e três dormitórios, com piso cerâmico, esquadrias de alumínio, azulejo nas áreas úmidas, aquecedor solar, quem olhar ali no telhado vai ver uma placa de energia solar, aquilo custa mais de R$ 1.500. O quê que faz gastar a conta de luz? A conta de luz é muito cara e aumentou muito, a energia elétrica aumentou mais de 70% no Brasil. O que gasta muita energia é chuveiro. Então vai poder esquentar a água através do aquecedor solar, da energia do sol, da energia solar, então é bom pro meio ambiente que evita construir grandes hidroelétricas, a gente faz energia solar e vai reduzir muito a conta de luz, vocês vão ver que a conta de luz vai ser muito mais barata com a energia solar. Residencial com muro, calçada, água, esgoto, iluminação, asfalto, quadra poliesportiva, praça, três quadras, enfim, caprichado, coisa de qualidade. Então a gente fica muito feliz, quero aqui cumprimentar o Silvio Torres que começou aqui esse trabalho e cumprimentar o Rodrigo Garcia, dois craques, eu acho que é Neymar e Messi né? Dois craques aí e, em nome deles abraçar todo o time da CDHU. Nós somos o único programa que faz casas em cidades com menos de vinte mil habitantes, se não fosse o CDHU não existiria, porque os demais programas habitacionais são sempre pras cidades maiores e São Paulo não deixa ninguém pra trás, então, onde mais precisa, a gente está presente e faz o empreendimento. Aqui nós também temos o número de casas pra famílias que tem alguém com deficiência, então a casa ela já está toda equipada, ela tem toda a acessibilidade pra pessoa com deficiência, também a gente não esquece dos idosos, tem o número de residência para os idosos, tem o número da residência para policiais ou agente penitenciários, também é importante e para o conjunto da nossa população. Vocês vão mudar a partir de quando? Quando é que vocês vão mudar? Um dia desses, Dito Rocha, eu fui entregar as casas. Aí a hora que eu entreguei a chave, perguntei pro marido: quando é que vocês vão mudar? Ah, é só o senhor ir embora que nós já... Aí eu falei, mas você tá com pressa hein! Ele falou, não doutor, é que eu moro com a sogra né? Homenagem as nossas sogras, elas são ótimas. Mas, estamos hoje com grande alegria entregando um belíssimo conjunto. O Dito Rocha é um trabalhador, trabalhador, nós temos aqui um belo programa do Fundo de Interesse Difuso, 3,7 milhões de reais do FID, 1,2 milhão já foi repassado para a reforma e adequação do centro comunitário da cidade e também a revitalização do Rio Pardo, com a implantação do parque linear. Está andando direitinho?

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Tá andando.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SP: Tá andando bem. Aliás, o nome da cidade Pardinho, vem do Rio Pardo, não é isso? Então vai ser revitalizado aqui, o Rio Pardo, matas ciliares, parque linear, centro comunitário, um trabalho grande e bonito, um recurso vultoso aqui para a cidade. Aqui foi também entregue uma belíssima creche, nós estamos também procurando apoiar às prefeituras no ensino infantil, que é a criança de zero a cinco anos de idade, a creche, é a EMEI, a pré-escola, estamos fazendo um estado inteirinho, já entregamos 82 e estamos com 380 em obra e mais 150 pra começar de creche-escola. Eu vou autorizar dois ônibus aqui pra você.

[aplausos].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SP: Novo, zero quilômetro, mas daí você tem que devolver o emprestado hein. E também vamos acelerar aqui as emendas aí que você solicitou e outras parcerias que o prefeito, o Dito Rocha, nunca pede pra ele, ele pede pra cidade, pede pra população em benefício da população. Tempos difíceis que o Brasil está vivendo. Um dia desse eu estava verificando, um economista dizendo o seguinte: errei em tudo, porque se alguém dissesse o ano passado, o Brasil vai ter inflação de mais de 10%, iam dizer, tá louco né? E chegou a quase 11%. Se alguém dissesse o PIB vai cair 3,5%, o mundo está crescendo 3,2, vai cair 3,5 ninguém podia imaginar. E é evidente que quando isso acontece, o quê que acontece com os governos? Se a economia cai três, a sua arrecadação cai seis. Por quê? Ontem nós perdemos num dia, 290 milhões de reais de arrecadação de ICMS, só no dia de ontem, aí bom, vamos correr atrás. Aí fomos verificar, o quê que parece, hoje que nós vamos confirmar. Uma empresa grande, aliás, o setor elétrico, uma e empresa grande ela simplesmente deixa de pagar o imposto, ela não paga, é entra no REFIS, entra no parcelamento pra pagar em dez anos, deixa de pagar e depois pede parcelamento em X anos. Então é um problemão, a empresa se financia não pagando imposto, esse é um problemão, então você perde pela retração da atividade econômica, porque está vendendo menos, está fabricando menos, está consumindo menos e perde pela inadimplência aí desaba a arrecadação. Aí você abre o jornal: Minas Gerais não paga salário, Rio de Janeiro não paga salário, Rio Grande do Sul não paga salário. Não paga não é porque não querem, não paga porque não tem recurso. Então, nós lançamos pra manter obra, manter investimento que gera muito emprego, quantas casas nós estamos fazendo hoje Rodrigo, ao todo? Casa Paulista e CDHU?

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Cento e dez mil.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SP: São 110 mil casas e apartamentos. Cada unidade habitacional gera 1,2 empregos diretos, então nós estamos gerando 121 mil empregos diretos, na construção civil. Segurar o emprego, manter o emprego, criar emprego esse é o importante e obra gera muito emprego, trabalha pedreiro, eletricista, engenheiro, secretária, motorista, encanador, enfim, emprego de forma intensiva. Também queria aqui agradecer aos nossos deputados o Silvio é o Fernando Cury, já sei que está uma sucesso o Bom Prato lá no Hospital das Clínicas lá de Botucatu, eu almocei, no Réveillon, no dia 31 de dezembro, no Bom Prato da 25 de Março, é um capricho também, então é arroz, feijão, salada, uma carne, uma fruta de época, um suco e um pãozinho. Tudo R$ 1,00, extremamente saborosa, nós já distribuímos, atendemos 150 milhões de refeições. Quase, daqui a pouquinho nós vamos chegar a 200 milhões é um Brasil atendido. E uma sugestão João Cury, fazer de manhã é o café da manhã, na hora do almoço é o almoço, à tarde a escola de gastronomia. Então abrir uma escola, conversar lá o pessoal abrir uma escola de gastronomia, então se forma pizzaiolo, padeiro, cozinheiro, barmen, chapeiro, que falta mão de obra, então aproveita as instalações, conversa lá com pessoal do Bom Prato, aproveita as instalações e faz curso de formação na área de gastronomia também pra região aproveitando lá as instalações. Mas eu quero deixar um grande abraço a todos vocês que vão entrar aqui na casa nova caprichadíssima aí. Diz que na vida a gente vive de sonho, quando é criança, você sonha com brinquedo, eu vejo lá os meus netinhos, eles querem é brincar, a paixão deles são os brinquedos, depois você sonha com a namorada, sonha com o namorado, depois sonha com os filhos, sonha com os netos e o sonho da família é a casa própria, é você ter um teto, um teto próprio, poder ter segurança no seu teto e não é fácil, a gente vê na televisão, jogador de futebol, artista de novela, aí compra casa de dez milhões, cinco milhões, mansão, mas quem vive de salário, não é fácil, você fazer poupança, prestação cara é muito difícil, então o Governo de São Paulo trabalha pra quem mais precisa, quem mais precisa é aquele que não tem casa e que tem dificuldade pra ter acesso à casa própria. E quero agradecer à câmara de vereadores aqui de Pardinho, pelo título de cidadão. Pra mim é uma grande honra, essa é a maior honra que uma cidade pode oferecer, eu poder chamar vocês de meus concidadãos, meus irmãos aqui de Pardinho. Aumenta a minha responsabilidade.

[aplausos].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SP: O João e o Fernando Cury que são nossos brimos(F). Há uma historieta árabe, que perguntaram a uma mãe, qual dos filhos ela mais amava e ela respondeu, ela disse: O pequenino até que cresça, o doente até que sare, o ausente até que volte. Então, nascendo hoje pra cidadania aqui pra Pardinho e estando, até por força de trabalho, mais ausente do que presente aqui com vocês, tenho certeza de que vou ter a torcida, as orações de vocês, para que a gente possa fazer o máximo em benefício da nossa população. Muito, muito obrigado.

MESTRE DE CERIMÔNIA: Pode a aplaudir mais forte, no novo cidadão pardinhense. [[]]