Discurso - Entrega de 40 casas da CDHU 20142311

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Entrega de 40 casas da CDHU

Local: Região de Araçatuba - Data:Outubro 23/10/2014

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom dia a todas e a todos. Dizer da alegria de estarmos juntos aqui no Distrito de Juriti, aqui em Glicério. Cumprimentar o nosso prefeito, o Itamar Chiderolli; a Maira, presidente do Fundo Social de Solidariedade; o vice-prefeito, Antônio Gonçalves, que é irmão do João Gonçalves, que dá nome aqui a esse conjunto, é um homenageado. Vereador Nelson Chiderolli, presidente da Câmara, saudando todos os vereadores. Marcos Penido, secretário da Habitação; Clodoaldo Pelissioni. Nós saindo daqui estamos indo a Clementina, depois a Bilac, e até Araçatuba. A SP-463, ela está sendo inteirinha recuperada, acostamentos, duplicada, lá em Araçatuba. E vamos entregar tudo até o ano que vem até o Rio Tietê. E estamos licitando até Jales, vai chegar até lá em cima, na Euclides da Cunha. Cumprimentar o deputado Dilador Borges, faz um bom trabalho na Assembleia Legislativa. Muito obrigado Dilador. Os prefeitos, prefeito de Penápolis, o Célio de Oliveira. Nós estamos vindo agora lá de Penápolis. O mês que vem já vai inaugurar o Poupatempo aqui em Penápolis para facilitar a vida da população. Vamos ver também, vamos falar com o Clodoaldo. A vicinal de Penápolis que vem também aqui para Glicério, a gente ajudar a recuperar. Cumprimentar o prefeito de Birigui, o Pedro Bernabé. De Coroados, o Tuti Barbosa, o João Boi. Santópolis do Aguapeí, Osanias. Lavínia, o Mário Yamashita. Brejo Alegre, o Adriano. De Clementina, o Gilson que é prefeito em exercício e a prefeita Célia, que nos alegra aqui com a sua presença. De Alto Alegre, a Helena Berto. De Luziânia, o Rogério. Turiúba, Zé Antônio. De Promissão, o Amilton. Ex-prefeitos aqui de Glicério; o Enéas Xavier da Cunha, o Wagner de Pádua Marotta. Coronel Wilson Botero, comandante da região. Tenente-coronel Jaime Gardenal, comandante do Batalhão, o Laerte Rocha da CDHU, Jair Rosseto da Erplan, Ildo Gaúcho, os familiares do homenageado, D. Lucilene Gonçalves, a sua filha a Lilian Gonçalves, os netos: o Caio e a Manuele; Secretários Municipais futuros, moradores aqui do conjunto, as famílias, professores e alunos, que nos alegram aqui com a presença, amigas e amigos, uma palavra breve, mas uma grande alegria. O Penido colocou bem, casa caprichada! Caprichada! Daqui sessenta dias vai ser instalado o aquecedor, a energia solar, então, o que gasta energia, conta de luz na casa é? Chuveiro, então a água vai ser aquecida pela energia solar. Então economiza a energia para o Brasil, é sustentável, é energia do aquecimento solar, e conta de luz 30% mais barata! Então, vocês vão ver que aqui no conjunto a conta de luz vai ser bem mais barata, e vocês não vão pagar nada pelo sistema de aquecimento solar. Quanto custa, mais ou menos, isso, ô Penido?

MARCOS PENIDO, SECRETÁRIO DE HABITAÇÃO: Em torno de R$ 2.400,00.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Custa em torno de R$ 2.400,00 cada sistema em cada casa, e é uma economia que faz permanentemente, para vida toda para ajudar as famílias também a melhorar a sua renda. O conjunto completo, né, aqui o conjunto: água, esgoto, energia elétrica, iluminação pública, asfalto, calçada, arborização, perfeito o conjunto. Então casa de primeira, caprichada e o conjunto habitacional, conjunto residencial também caprichadíssimo, aqui! Nós estamos entregando quarenta, e estamos autorizando mais setenta; vinte aqui no Distrito de Juritis e cinquenta lá em Glicério. A prefeitura já nos conseguiu o terreno daqui, e está viabilizando o terreno de lá. A segunda boa notícia, na entrada lá da Marechal Rondon e o acesso para Glicério. Nós temos ali um acesso perigoso. Então o Clodoaldo, nós já paramos lá para verificar, por isso que atrasou um pouco também. Já vai verificar a rotatória do acesso de Glicério com a Avenida Sargento Osvaldo. Vai fazer uma grande rotatória lá. E aqui no Distrito... Aqui no Distrito nós passamos em uns buraquinhos aí na rua, né? Então, nós vamos autorizar um recape aqui para as ruas aqui. Eu fiz um, fiz um levantamento rápido aí. Tem muito prefeito e prefeita aqui. Recape sai quanto o metro quadrado?

MARCOS PENIDO, SECRETÁRIO DE HABITAÇÃO: 25.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: 25, muito caro.

MARCOS PENIDO, SECRETÁRIO DE HABITAÇÃO: 20.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: 20. Dá para ver com 22 mais ou menos. A rua aqui tem quanto? Uns sete metros de largura? Mais ou menos, né? Então um quilômetro de recape, mil metros vezes sete, dá? Sete mil metros quadrados. Se for 20, vai dar 140, 150 mil, vamos ser justo. Então nós vamos liberar 300 mil reais. Você faz dois quilômetros, dois quilômetros de recape aí. Depois trazer um agradecimento a Glicério, aqui ao Distrito e a toda a região, pela grande manifestação de confiança. Aumenta a minha responsabilidade. Então é humildade, trabalho, transparência, servir a nossa população. Vamos trabalhar de manga arregaçada Aí! E trazer um abraço carinhoso pras famílias que hoje estão recebendo as chaves da casa. Diz que na vida a gente, eu me lembro, não é fácil no Brasil você comprar uma casa. Não é fácil, né? Você precisa ter uma poupança muito grande, prestação muito alta. Eu me lembro do meu pai, que era veterinário, funcionário público, então nós morávamos na fazenda do governo, na casa do governo, no Instituto de Zootecnia. O meu pai trabalhou 42 anos. Quando ele aposentou tinha que sair da casa, porque morava na casa do governo, ele não conseguiu em 42 anos, sendo médico veterinário, comprar uma casa. Nós fomos morar na casa da minha vó, que era sogra dele. Morar na casa da sogra não é uma coisa simples, né? É brincadeira, viu. As sogras são muito, muito queridas, né? Mas eu digo isso, porque não é fácil. Então nós somos o único estado do Brasil, o estado de São Paulo, que põe 1% de ICMS só para moradia. O orçamento da secretaria da Habitação e da CDHU o ano que vem deve dar R$ 1,7 bilhão, para quem ganha um salário mínimo ter acesso à casa própria. Quem ganha dois salários, três salários, então, para quem realmente não tem casa e tem renda menor poder viabilizar o sonho da casa própria. Bem feita, qualidade, conjunto com toda a infraestrutura, para família poder realizar o seu sonho. Eu dizia; a gente quando a gente é criança, o sonho é o brinquedo, as meninas a boneca. Depois quando é jovem, sonha com a namorada, sonha com o namorado. Depois sonha com os filhos, sonha com os netos. E o sonho da família é a casa. É você ter um teto, sair do aluguel e poder realizar o sonho da casa própria. Então a gente fica muito feliz de hoje entregar aqui as chaves e que Deus traga muita alegria, muita benção aí para todas as famílias. Quero deixar um abraço para o Itamar, nosso prefeito, parceiro de todas essas boas realizações, ao Dilador, que tem nos ajudado muito na Assembleia Legislativa, ao secretário Marcos Penido, ao secretário Clodoaldo Pelissioni, daqui nós vamos ver as rodovias aí da região. E muito especialmente a cada um de vocês que nos alegrou aqui com suas presenças. Muito obrigado. Um abração! Região de Araçatuba