Discurso - Entrega de obras em Sarapuí 20132007

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Entrega de obras em Sarapuí

Local: Sarapuí - Data:20/07/2013

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Palavras do nosso governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde a todas e a todos. Diz que aparelho de som, Fábio, é igual a gerente de banco, quando a gente mais precisa ele falha, né? Uma alegria estar com todos vocês, cumprimentar o nosso prefeito, o Fábio; a Dinorah. Olha que beleza de Nossa Senhora. Agradecer a Dinorah que preside o Fundo Social de Solidariedade; o vice-prefeito, Levi; vereadora, Rosilene; presidente da Câmara; deputado federal Missionário José Olimpio; deputado Rodrigo Moraes; deputado Edson Giriboni, secretário de Saneamento; presidente da Sabesp, Dilma Pena; prefeitos aqui da região; a Maria Vicentina de Piedade; o di Fiori, de Itapetininga; o Hudson, acabamos de sair de Alambari; a Janete de Pilar do Sul; o Júlio Fernando de Capão Bonito; o José Barbosa, prefeito em exercício de Boituva; o Carlão, de Quadra; o Antônio Del Ben Júnior de Cerquilho; o Erinaldo de Votorantim e o Santelmo de Salto de Pirapora. Queria cumprimentar também o ex-prefeito, o Celso Holtz; Dr. Agnaldo Ramos, delegado de polícia; o Dr. Ivan Sobral, superintendente da Sabesp; nosso padre André Luiz Garcia, nosso pároco; os pastores aqui presentes; a presidente do grupo de dança folclórica Querência Amada, de Ozélia Albuquerque; saudar a todos. Os funcionários da Sabesp, da prefeitura; amigas e amigos. Nós estamos vindo lá, o prefeito de Conchas, o Odirlei Reis, nós estamos vindo lá da Raposo Tavares, hoje o acesso a Sarapuí ele é em nível, então é perigoso porque atravessar ali a rodovia em nível pode ter acidente. Então nós estamos começando hoje uma grande obra, podem marcar, vai ser inaugurada em julho do ano que vem. Então daqui onze meses ela vai estar pronta, quase 6 milhões de reais, a duplicada Raposo Tavares até Itapetininga e duplicada até Sorocaba e aqui na Entrada de Sarapuí um grande viaduto para não ter risco de ter acidente e todo o mundo ter segurança. Essa é a primeira boa notícia, começamos a obra lá. A segunda, o acesso à Sarapuí. Nós viemos pela, o acesso rodoviário que é da década de 74, 1974, o governo Laudo Natel, há 39 anos, as mulheres todas aqui não tinham nem nascido ainda, né? Então nós vamos recapear, fazer acostamento e deixar uma entrada da cidade caprichada, e com o viaduto novo também. Depois, Sarapuí vai receber uma ambulância zero quilômetro, um ônibus zero quilômetro, um caminhão zero quilômetro. A van é para transporte dos pacientes, para atender a saúde, e o caminhão é compactador de lixo, para coleta do lixo. O programa Creche-Escola vai receber uma creche novinha aqui, é 1 milhão e 800 mil reais. É uma grande creche, programa Creche-Escola, o Centro de Convivência dos Idosos vai ter as festas mais animadas aqui da região, e nós estamos aqui com a Sabesp, Sarapuí vai ser uma cidade 300%. 100% água tratada, abriu a torneira, pode beber a água, água de qualidade e fluoretada, então as crianças têm menos cárie nos dentes do que nós, mais velhos, porque agora a água tem flúor, então protege os dentes. Esgoto coletado. Aliás, eu verifiquei aqui, aqui tem um programa pra área rural, eu vi aqui tem 600, não, R$ 459 mil, programa “Água é vida”, não foi gasto um centavo até agora, então Geriboni não tem que estar ajustando, isso foi assinado em maio do ano passado, faz 15 meses, ou cancela ou gasta o dinheiro, R$ 459mil. Esse programa é pra atender a zona rural, pra atender a zona rural. E tratamento de esgoto, Sarapui trata zero por cento, nada, nada, nada, todo esgoto vai pro Rio Sarapui e para o rio... Tem outro aqui. Não, o Sarapui é afluente de Sorocaba, mas tem um outro rio aqui da cidade. Como é que chama? Fazendinha. Fazendinha. Então vai limpar o Rio Sarapui e vai limpar o Rio Fazendinha. Com isso ajuda a limpar o Rio Sorocaba que desagua no Tietê, então nós estamos limpando a bacia aqui do médio Tietê. Saúde... Tem, no Rio Sarapui tem peixe ou não? Tem? Vai ter. Mas já tem alguma coisa? Ele falou que tem mais Corinthians do que peixe, né? Mas, Sarapui é um peixe, não é? Então, aqui todo mundo gosta do peixe, né? Mas nós vamos, quando é que fica pronto, Dilma? Então, outubro de 2014 inaugurada, operando, a mais moderna estação de tratamento de esgoto aqui da cidade, são R$8 Milhões. O prefeito fez alguns pedidos quando nós estávamos vindo pra cá, então um pedido, o acesso da cidade, nós vamos fazer inteirinho, inclusive a entrada da cidade, o trecho urbano também pra recuperar. Tem uma estrada rural, nós vamos fazer o “Melhor Caminho”, a gente inclui no Programa Melhor Caminho. São quanto, 10km? Dez quilômetros de melhor caminho. E eu vi o distrito industrial, os países europeus e mesmo muitas cidades já brasileiras, Sorocaba é um bom exemplo, tem bastante ciclovia, então se você tem uma distância de 20km é duro fazer de bicicleta, embora o meu pai era veterinário, a fazenda era 8km da cidade. Pra faculdade, eu ia e voltava de bicicleta, todo dia para ir estudar, mas aqui o Distrito Industrial é um quilômetro e meio, então eu fiz a conta, cada quilômetro pra você fazer a ciclovia com proteção e iluminada para o pessoal poder andar a noite também, dá R$ 200 mil, então, nós vamos liberar R$ 300 mil, dá pra fazer um quilômetro e meio! Então o pessoal vai poder sai da cidade, ir até o Distrito Industrial e voltar de bicicleta, de ciclovia. E o prefeito ganhou uma academia de ginástica, porque ele falou que vai instalar na entrada ali da cidade na Vila São João, para o pessoal fazer ginástica e nós vamos mandar um representante aqui, para fazer ginástica aí, viu o Fábio! Mas, eu quero é deixar um grande abraço aqui para todos vocês, dizer da alegria, Fabio, de vir aqui a Sarapuí. Pedir licença, hoje encerra o padre André, a Pré-Jornada Mundial da Juventude, então tem uma missa lá no Campo de Bagatelle, lá em Santana, e o meu pai me ensinou que a gente em missa, culto evangélico ou serviço em sinagoga, não se chega atrasado, tem que chegar antes do padre. Então, nós vamos pegar estrada aí, para estar presente lá na missa. Mas dizer da alegria de estar aqui com vocês, agradecer a Dra. Dilma, o Edson Giriboni, toda a equipe da Sabesp fiscalizem a obra, em quinze meses tem que está pronta a estação de esgoto. Temos a obra da escola ali também, R$ 484 mil uma escola tradicional aqui da cidade, toda ela restaurada. Vamos deixar a entrada aqui, de Sarapuí, zero quilômetro; um viaduto o Fabião, né, lá na Raposo, caprichado! A ciclovia para o pessoal poder ir trabalhar, voltar e lazer também, pode fazer aí a ciclovia. Para a área rural, o prefeito estava me dizendo que hoje tem búfalo, leite, estufa, né, agricultura, grãos, então dez quilômetros aí de Melhor Caminho, para deixar em boas condições as estradas e o apoio aqui para os equipamentos da prefeitura: caminhão, ônibus, van zero quilômetro para prefeitura gastar menos aí, com custeio e ajudar o município. E eu estava vendo também, Sarapuí, quanto foi o ICMS, quanto foi? Você lembra? Acho que foi duzentos e... Nós fizemos um.. Um programa de parcelamento de dívida, e todos nós estamos com o cinto apertado, a economia está meio divagar, então nós fizemos o parcelamento. Então Sarapuí recebeu quase R$ 300 mil a mais de ICMS, Itapetininga deve ter recebido uns dois, três milhões... três milhões a mais, Alambari R$135 mil, Sorocaba recebeu R$18 Milhões a prefeitura, a mais de ICMS. A prefeitura de São Paulo recebeu quase R$300 milhões a mais, foi um sucesso o parcelamento e os prefeitos que estão aí apertados vão poder fazer um pouco mais de obra em benefício da população. Mas agradecer aos deputados, missionário José Olímpio, que trabalha muito lá em Brasília ajudando aqui em São Paulo, muito obrigado. O Rodrigo, cadê o Rodrigo? Rodrigo Moraes que é deputado estadual trabalha lá na Assembleia Legislativa de São Paulo, agradecer aqui todas as lideranças, e em especial deixar um abraço aqui para o Fábio e dizer que conte conosco para a gente trabalhar em benefício da população. Muito obrigado a vocês!